Hospital Mater Dei adquire 99,6% do Hospital Santa Genoveva e 100% do CDI Uberlândia

LinkedIn

O Hospital Mater Dei realizou a aquisição de participação representativa de 99,6% do Hospital Santa Genoveva (HSG), e aquisição de participação representativa de 100% do Centro de Tomografia Computadorizada Uberlândia (CDI).

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:MATD3) neste domingo (21).

O HSG e o CDI são contíguos e integrados, localizados em Uberlândia, cidade estratégica e com o 2º maior PIB de Minas Gerais.

Por serem tradicionais e referência em qualidade assistencial, atraem pacientes de todo o Triângulo Mineiro, região com mais de 1,5 milhão habitantes e 650 mil beneficiários, em ampla expansão, destacou o Mater Dei.

Segundo a companhia, o Enterprise Value da operação é de R$ 309 milhões, incluindo os imóveis, levando à um múltiplo de R$ 1,5 milhão por leito, sendo que deste valor será deduzido o endividamento líquido que é de, aproximadamente, R$ 57 milhões. As Receitas Líquidas anualizadas dos ativos somam cerca de R$ 160 milhões.

Sobre o HSG

Fundado em 1975, o HSG é um hospital geral de alta complexidade, com mais de 50 especialidades, tem um corpo clínico experiente e altamente reconhecido. Além de uma gama completa de credenciamentos, possui acreditação internacional da QMentum e sua excelência em atendimento foi reconhecida por 18 anos seguidos com o prêmio Top of mind.

Atualmente, o HSG possui 204 leitos, sendo 156 operacionais, além de áreas para expansões adicionais.

Sobre o CDI

Fundado em 1978, o CDI é referência em diagnóstico por imagem na região, contando com uma infraestrutura moderna e parque tecnológico de última geração. Por estarem em um mesmo complexo hospitalar permitem a integração de fluxos e a otimização operacional, proporcionando uma melhor experiência ao paciente.

Informações FinanceNews

Deixe um comentário