Cerca de 5% do dinheiro institucional é o suficiente para levar o Bitcoin para US$500 mil, diz Cathie Wood

LinkedIn

Falando à CNBC em 9 de dezembro, a CEO da Ark Invest, Cathie Wood, afirmou que as criptomoedas ainda representam um percentual pequeno nos portfólios institucionais, mas que “as instituições estão avançando” no Bitcoin e ativos semelhantes.

A executiva afirmou que as criptomoedas são uma nova classe de ativos com uma “correlação muito diferente em comparação com outras classes de ativos”, semelhante aos imóveis.

Segundo Cathie:

“Os gerentes institucionais precisam olhar para novas classes de ativos que estão evoluindo e que têm correlações baixas. Essa é a chave para a diversificação e o Santo Graal em termos de alocação de ativos. ”

Segundo a CEO, se as instituições mudassem para o BTC alocando cerca de 5% em suas carteiras ao longo do tempo, isso poderia adicionar US$ 500.000 ao preço do ativo.

Mercado institucional

Nos últimos meses, vimos uma série de grandes players institucionais buscando se expor ao Bitcoin. Este movimento foi liderado por Michael Saylor, CEO da maior empresa de business intelligence do mundo, a MicroStrategy, que converteu mais de 100% do seu caixa para a criptomoeda.

Após Saylor, uma série de empresas e companhias de capital aberto em todo o mundo, incluindo a Tesla e o Mercado Libre, realizaram a compra de bitcoin para se proteger principalmente da inflação.

Este movimento parece ter alcançado o topo em abril de 2021 durante a abertura de capital da Coinbase, a maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos.

Resta saber se continuaremos a ver uma entrada institucional neste ciclo de alta, ou veremos os players do mercado esperar por uma correção mais ampla durante o bear market.

Deixe um comentário