Brasil Brokers aprova aumento de capital social

LinkedIn

O conselho de administração da Brasil Brokers aprovou um aumento de capital social.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:BBRK3) nesta quinta-feira (27).

O montante mínimo é de R$ 39 milhões de reais e máximo de R$ 100 milhões de reais, mediante a emissão, para subscrição privada, de ações ordinárias, correspondentes a, no mínimo, 38.613.861 ações e, no máximo, 99.009.901 ações, a um preço de emissão R$ 1,01.

“O aumento de capital tem por razões o fortalecimento da estrutura de capital e a melhora da sua liquidez para atender a execução do seu plano de negócios e sua estratégia de transformação digital. Os recursos obtidos permitirão à companhia melhorar sua posição de caixa para dar continuidade em seus investimentos em tecnologia, visando o seu crescimento”, explicou a companhia em um fato relevante.

Segundo a companhia, os titulares de ações da Brasil Brokers de acordo com a posição acionária do fechamento do dia 1º de fevereiro de 2022 poderão exercer o direito de preferência para a subscrição das novas ações no período de 2 de fevereiro de 2022 (inclusive) a 3 de março de 2022 (inclusive), à proporção de até 1,270312132850 ação para cada ação de sua titularidade, bem como poderão ceder o seu direito de preferência, observados os procedimentos estabelecidos pela Itaú Corretora de Valores S.A., agente escriturador das ações de emissão da companhia, e pela Central Depositária de Ativos da B3.

As ações adquiridas a partir do dia 2 de fevereiro de 2022 (inclusive) não farão jus ao direito de preferência pelo acionista adquirente, sendo negociadas ex-direito de subscrição.

Informações FinanceNews

Deixe um comentário