Lojas Renner: direito de recesso encerrou em 10 de janeiro de 2022

LinkedIn

Lojas Renner afirmou que, em referência ao direito de recesso conferido aos acionistas dissidentes da deliberação da Assembleia Geral Extraordinária realizada em 04 de novembro de 2021, que aprovou a alteração do objeto social (artigo 3º do Estatuto Social) da companhia.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:LREN3) nesta quarta-feira (12). Confira o documento na íntegra.

Assim, o prazo para exercício do direito de recesso, que teve início em 10 de dezembro de 2021, encerrou-se em 10 de janeiro de 2022.

Não há acionistas que tenham optado pelo exercício do direito de recesso e, portanto, a faculdade prevista no parágrafo 3º do artigo 137da Lei nº 6.404/1976 não é aplicável, diz a empresa.

Deixe um comentário