Via anuncia compra da startup de logística CNT

LinkedIn

A Via assinou contrato de aquisição da logtech CNT, especializada em ofertas completas para operações de e-commerce, multimarketplace e plataformas no modelo plug & play (ecossistema com interação entre produtos e serviços).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:VIIA3) nesta quarta-feira (12).

O valor da transação é composto por uma parcela fixa e uma variável (earn-out). Esta última está condicionada ao atingimento de metas de desempenho e à permanência dos principais executivos da CNT à frente do negócio. Considerando apenas a parcela fixa do preço, a transação implica em um múltiplo de cerca de 0,20x GMV (volume bruto de mercadoria) em 2021.

Segundo a Via, a aquisição da CNT possui como principal diferencial estratégico a oferta de um pacote único de soluções de logística para operação de e-commerce e deve proporcionar uma rápida e consistente melhora no nível de serviço aos clientes e parceiros do marketplace da Via, principalmente no que se refere à experiência de compra e velocidade de entrega de pedidos.

“A transação traz diluição de custos logísticos e contribui para: aumento do NPS (Net Promoter Score) da Via; elevação do valor do cliente ao longo do tempo (LTV); e redução do custo de aquisição dos novos clientes (CAC)”, afirma a companhia em fato relevante. Adicionalmente, a aquisição da CNT expande o portfólio de serviços para parceiros do ecossistema atual, gerando oportunidades de cross-sell de forma agnóstica a atuais e potenciais novos parceiros ou indústrias buscando soluções completas de e-commerce.

De acordo com a varejista, a CNT possui larga experiência no setor, com histórico de 11 anos na operação de fulfillment e quatro anos na operação de fullcommerce. Conta com dois centros de distribuição localizados em Barueri (SP) e Serra (ES). Sua carteira de clientes conta com um portfólio diversificado de marcas de renome como Café Pilão, Goodyear, Gradiente, CIMED, Jafra, Santa Lolla e Kraft Heinz.

VISÃO DO MERCADO 

Itaú BBA 

Já o Itaú BBA, que tem a recomendação para o ativo em revisão, destaca que, apesar do tamanho aparentemente pequeno desta transação, a vê como uma importante parte da estratégia para consolidar a Via como um dos grandes players de e-commerce no Brasil.

XP

aquisição da startup de logística CNT, pela Via é positiva, já que fortalece a construção da solução logística multiplataforma da companhia, um diferencial em relação a seus mais importantes concorrentes, avalia a XP.

Os analistas Danniela Eiger, Gustavo Senday e Thiago Suedt destacam que a compra da CNT deve auxiliar para a melhoria do nível de serviço aos clientes e parceiros do marketplace da Via.

Eles salientam que, ademais, a operação prevê ganhos de sinergias, principalmente na diluição de custos de armazenagem e de entregas de última milha. “E marca a entrada da Via na frente de fullcommerce [comércio eletrônico], ampliando seu mercado endereçável”, comentam.

A XP reforça que o negócio estabelece o pagamento de uma parcela fixa a ser paga em quatro anos e outra variável, condicionada ao atingimento de metas de performance a serem pagas em até cinco anos, mesmo não tendo divulgado o valor.

Para os analistas da XP, a avaliação é mantida por verem “um ambiente competitivo e agressivo no comércio eletrônico, como também um cenário macroeconômico desafiador para 2022”.

A XP tem recomendação de neutra com preço-alvo de R$ 10,00…

Informações Broadcast

Deixe um comentário