Apple Pay e Google Pay se tornarão inutilizáveis ​​com cartões de bancos russos sancionados

LinkedIn

Os clientes de cinco bancos russos sancionados não poderão usar seus cartões para pagar com Apple Pay e Google Pay, informou o Banco Central da Rússia.

Os bancos em questão incluem bancos do Grupo VTBSovcombankNovikombankPromsvyazbank e Otkritie, de acordo com o anúncio. Todos os bancos foram sancionados pelos governos ocidentais após o ataque da Rússia à Ucrânia.

O anúncio acrescentou que os titulares de cartões desses bancos não poderão usá-los fora da Rússia e ao fazer compras em plataformas de comércio eletrônico “registradas nos países que apoiam as sanções”.

O banco central enfatizou que os cartões e outros pagamentos dos bancos sancionados, bem como de todos os outros bancos, continuarão funcionando normalmente dentro da Rússia.

Em Moscou, alguns moradores já estavam fazendo fila nos caixas eletrônicos ontem para sacar dinheiro, à medida que cresciam os temores de que os limites de saque fossem impostos na Rússia, informou o Wall Street Journal.

A notícia pode fornecer mais um impulso para a adoção de criptomoedas bitcoin (BTC) na Rússia e em outros lugares, à medida que os moradores aprendem sobre suas propriedades como dinheiro resistente à censura.

Google e Apple ainda não comentaram como as sanções afetarão seus serviços de pagamento. Em um discurso na quinta-feira, no entanto, o presidente dos EUA, Joe Biden, disse sobre os bancos sancionados que “todos os ativos que eles têm na América serão congelados” e o Ocidente “limitará a capacidade da Rússia de fazer negócios em dólares, euros, libras e ienes a fazer parte da economia global”.

Além dos EUA, União Europeia, Reino Unido, Japão e Austrália disseram que implementarão sanções contra a Rússia, incluindo o congelamento de ativos de instituições financeiras russas.

A UE também está em negociações para congelar os bens do presidente da Rússia, Vladimir Putin, e do ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, em resposta à invasão da Ucrânia, informou a Euronews. No entanto, o congelamento desses bens é um movimento mais simbólico do que propriamente punitivo.

Com informações de CryptoNews

Deixe um comentário