Odontoprev (ODPV3): lucro líquido de R$ 87,2 milhões no 4T21, alta de 4,3%

LinkedIn

A Odontoprev registrou lucro líquido de R$ 87,2 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 4,3% em relação ao mesmo período de 2020. Entre janeiro e dezembro do ano passado, o lucro líquido somou R$ 380,3 milhões, alta de 5,3% ante o ano anterior.

A receita líquida somou R$ 469,3 milhões no 4T21, alta de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado cresceu 9,6% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 139,7 milhões. Já a margem Ebitda ajustada foi de 29,8% entre outubro e dezembro de 2021, alta de 1,2 p.p. na comparação com igual trimestre de 2020.

Beneficiários

A Odontoprev atingiu 7,984.293 milhões de beneficiários, com adição líquida de 110 mil vidas no trimestre e 410 mil vidas orgânicas em 2021.

O tíquete médio consolidado da Odontoprev totalizou R$ 20,40 por vida/mês, apresentando uma retração de -1,8% em relação ao mesmo período de 2020.

O segmento de planos individuais registrou crescimento expressivo na margem de contribuição, evidenciando uma maior cobertura dos custos e as despesas fixas.

O segmento de pequenas e médias empresas teve alta de 3,3% no tíquete, para R$ 25,24, enquanto os planos corporativos tiveram tíquete médio de R$ 16,13, recuo de 3,2%. O segmento individual teve queda de 1%, para R$ 37,29.

A sinistralidade no trimestre foi de 39,6%, queda de 3,7 pontos percentuais. No acumulado do ano, o índice foi de 39,3%, 1,3 pontos abaixo do registrado em 2020.

Os resultados da Odontoprev (BOV:ODPV3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2021 foram divulgados no dia 24/02/2022. Confira o Press Release completo!

VISÃO DO MERCADO

Itaú BBA

Os resultados do 4T21 da OdontoPrev ficaram em linha com as projeções do Itaú BBA, com o lucro líquido apenas 2% abaixo da estimativa, mas 5% acima do ano anterior.

A empresa apresentou uma desaceleração nas adições líquidas em relação ao ano anterior, o que o Itaú BBA acredita ser esperado. A OdontoPrev registrou adições líquidas de 100 mil novos clientes no trimestre (vs. 200 mil no 4T20). A desaceleração é atribuída principalmente aos planos individuais.

O Itaú BBA diz que a companhia registrou adições líquidas ainda sólidas, apesar da difícil base de comparação. O preço-alvo é de R$ 14/ação (acima dos R$ 12,17 de hoje).

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário