Petrobras aprova venda de ativos no Polo Norte Capixaba por US$ 544 milhões

LinkedIn

O conselho de administração da Petrobras aprovou a venda da totalidade de sua participação em ativos do Polo Norte Capixaba no Espírito Santo. As quatro concessões de campos de produção terrestres, com instalações integradas, foram adquiridas por até US$ 544 milhões pela SPE Norte Capixaba, subsidiária integral da Seacrest Exploração e Produção de Petróleo.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta terça-feira (22).

Do montante total da transação, US$ 35,85 milhões serão pagos na data de celebração do contrato, US$ 442,15 milhões no fechamento da transação e até US$ 66 milhões em pagamentos contingentes previstos em contratos, a depender das cotações futuras do Brent. Os valores não consideram os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes, incluindo a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

“Essa operação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor e maior retorno à sociedade”, segundo o fato relevante divulgado há pouco pela estatal. A Petrobras complementa que segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultraprofundas.

O Polo Norte Capixaba compreende quatro campos terrestres: Cancã, Fazenda Alegre, Fazenda São Rafael e Fazenda Santa Luzia. O Terminal Norte Capixaba e todas as instalações de produção contidas no ring fence das quatro concessões também fazem parte do Polo,além da titularidade de alguns terrenos.

A produção média do Polo Norte Capixaba em 2021 foi de aproximadamente 6,5 mil barris de óleo por dia (bpd) e 52,2 mil m?/dia de gás natural. A Petrobras é a operadora nesses campos, com 100% de participação.

Informações Broadcast

Deixe um comentário