Ações da DocuSign (D1OC34) despencam na sexta-feira após os resultados do 4T22

LinkedIn

As ações da DocuSign (NASDAQ:DOCU) despencaram na sexta-feira (11) depois que seus ganhos do trimestre de janeiro atingiram as estimativas e a receita superou as visualizações. A orientação fiscal de 2023 para as ações do DOCU ficou bem abaixo das expectativas, pois seus ganhos relacionados a Covid-19 estão se dissipando.

As ações DOCU caíram 22,3% para 72,93 às 14h05 (horário de Brasília). A DocuSign, com sede em São Francisco, divulgou os resultados do quarto trimestre após o fechamento do mercado na quinta-feira.

A DocuSign também é negociada na B3 através do ticker (BOV:D1OC34).

As ações D1OC34 despencaram -21,3% ou menos R$ 5,01 reais, a um último preço de R$ 18,49 reais. O mínimo de 52 semanas é de R$ 18,35 reais. O máximo de 52 semanas é de R$ 82,50 reais.

“O fim da história de crescimento da DocuSign continuou quando o garoto-propaganda do trabalho em casa apresentou bons resultados em janeiro, que foram mais do que compensados ​​por orientações muito fracas e preocupantes que falam de alguns dias mais sombrios à frente”, disse Daniel Ives, analista da Wedbush, em um relatório.

Desempenho do 4T22

Os lucros da DocuSign chegaram a US$ 0,48 centavos de dólar por ação em uma base ajustada, um aumento de 30% em relação ao ano anterior, disse o fabricante do software de assinatura eletrônica. A receita aumentou 35%, para US$ 580,8 milhões, disse a empresa.

Um ano antes, os ganhos da DocuSign foram de US$ 0,37 centavos por ação em vendas de US$ 431 milhões.

A demanda por produtos DocuSign aumentou durante o início do surto de coronavírus, mas muitas empresas estão retomando as reuniões presenciais.

Além de acomodar assinaturas eletrônicas, o software da empresa também automatiza o arquivamento de contratos pela internet.

Analistas que seguem as ações da DocuSign esperavam que a empresa reportasse lucro de US$ 0,48 centavos por ação sobre vendas de US$ 561,6 milhões.

O faturamento no quarto trimestre aumentou 25%, para US$ 670,1 milhões, superando as estimativas de crescimento de 22%.

Orientação

Para o ano fiscal de 2023, a DocuSign previu receita em uma faixa de US$ 2,47 bilhões a US$ 2,48 bilhões, faltando estimativas. Analistas projetavam receita de US$ 2,61 bilhões.

Programa de recompra de ações DOCU

Além disso, a DocuSign anunciou um programa de recompra de ações de US$ 200 milhões.

“Acreditamos que a DOCU está enfrentando desaceleração do crescimento, diminuição dos ventos a favor da Covid-19, problemas de execução de vendas e margens de contratação, o que não é uma boa combinação”, disse Rishi Jaluria, analista da RBC Capital, em um relatório. “Dito isso, acreditamos que ainda há uma oportunidade de mercado significativa pela frente”.

Até agora, em 2022, as ações do DOCU recuaram 35%.

Com informações de Investor’s Business Daily

Deixe um comentário