Dow Jones e S&P 500 subiram na segunda-feira continuando o movimento de alta das últimas semanas; Nasdaq subiu 1,31%

LinkedIn

O S&P 500 subiu na segunda-feira (28), continuando o movimento de alta das duas últimas semanas, com os investidores se livrando das preocupações com a recessão e elevando as ações de tecnologia.

O Dow Jones subiu 94,65 pontos, ou 0,27%, para 34.955,89. O S&P 500 ganhou 0,71%, a 4.575,52 pontos. O Nasdaq Composite somou 1,31%, para 14.354,90, graças a um salto de 8% na Tesla. O S&P 500 atingiu sua alta da sessão com o petróleo bruto atingindo sua baixa do dia, caindo mais de 11%.

Os preços do petróleo caíram na segunda-feira após seu recente aumento devido ao conflito geopolítico. Os futuros de petróleo bruto do West Texas Intermediate (WTI) caíram cerca de 7%, para US$ 105,96. Os futuros de petróleo Brent caíram quase 7%, a US$ 112,48 por barril.

As ações de energia caíram ao lado do preço do petróleo. Chevron e Exxon Mobil caíram cerca de 1,8% e 2,8%, respectivamente.

A Tesla liderou as ações de tecnologia em alta depois que a fabricante de veículos elétricos disse que quer desdobrar suas ações para pagar um dividendo em ações. Tesla somou 8%. Outras ações de tecnologia, que como um grupo estiveram entre os piores desempenhos até agora este ano, também ganharam com a Microsoft e a Amazon em alta.

Também impulsionando o sentimento, o índice de volatilidade Cboe, conhecido como medidor de medo de Wall Street, fechou abaixo de 20 pela primeira vez desde 14 de janeiro.

Os principais índices lutaram para começar na segunda-feira, depois que uma parte da curva de juros do Tesouro se inverteu brevemente durante a noite, aumentando alguns temores de recessão. O rendimento da nota do Tesouro de 5 anos subiu para 2,6361%, enquanto o rendimento de 30 anos caiu menos de 1 ponto base para 2,6004%. O spread encerrou o dia negativo, com o rendimento de 30 anos abaixo do de 5 anos pela primeira vez desde março de 2006.

O principal spread de rendimento que os traders observam – o spread entre a taxa de 2 anos e a taxa de 10 anos – permaneceu positivo por enquanto.

As ações dos bancos caíram na segunda-feira com o achatamento da curva de juros. O JPMorgan perdeu 0,7% e o Wells Fargo caiu 1,4%.

Os investidores continuam a monitorar os desenvolvimentos na guerra da Rússia contra a Ucrânia. As negociações de paz entre as duas nações devem continuar nesta semana, com delegações de ambos os países viajando para a Turquia na segunda-feira. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse a repórteres que as discussões provavelmente serão retomadas na terça-feira.

O Dow Jones e o S&P 500 fecharam sua segunda semana consecutiva de altas na sexta-feira, apagando mais perdas desde que a Rússia invadiu a Ucrânia no final de fevereiro.

Os investidores continuam de olho no Fed. Empresas de Wall Street, do Goldman Sachs ao Bank of America, marcaram aumentos de meio ponto nas futuras reuniões do Fed este ano, depois que o presidente do banco central, Jerome Powell, prometeu ser duro com a inflação e disse que os aumentos de juros podem se tornar mais agressivos, se necessário.

A divulgação do relatório mensal de empregos acontece na sexta-feira. Economistas esperam que 460.000 empregos tenham sido criados em março e que a taxa de desemprego tenha caído para 3,7%, segundo o Dow Jones. Isso se compara às 678.000 folhas de pagamento não-agrícolas adicionadas em fevereiro e uma taxa de desemprego de 3,8%.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário