Mills emitirá R$ 300 milhões em debêntures

LinkedIn

A Mills emitirá R$ 300 milhões em debêntures, em sua 6ª emissão, com prazo de vencimento de 60 meses.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:MILS3) na quinta-feira (21).

O cancelamento de 6.197.374 ações mantidas em tesouraria, equivalente a 67,0% do saldo de ações na data, sem redução do valor do capital social.

Em função do cancelamento de ações ora deliberado, o capital social da Companhia, R$ 1.090.336.052,39 passou a ser dividido em 245.971.356 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.

Serão emitidas 300.000 mil debêntures, sendo 100.000 da primeira série e 200.000 da segunda.

Os papéis da primeira série terão remuneração de Taxa DI + 2,30% ao ano; já os da segunda, terão remuneração de Taxa DI + 2,95% ao ano.

A criação do 3º Plano de Recompra de Ações, autorizando a aquisição de ações de emissão da própria companhia para permanência em tesouraria e posterior alienação e/ou cancelamento, sem redução de capital, com o objetivo de utilizar para os Programas de Incentivo de Longo Prazo da Companhia, como instrumento de negociação com potenciais targets (M&A) e/ou para cancelamento de parte das ações recompradas para maximizar a geração de valor para os acionistas e melhorar a estrutura de capital da companhia.

A quantidade de ações que podem ser adquiridas é de até 14.917.035 ações, que correspondem a 6,06% do seu capital social atualizado, o prazo máximo para a realização da operação ora autorizada é de 18 meses; as ações serão adquiridas na B3 ao preço de mercado; e as instituições financeiras que atuarão como intermediárias são: XP Investimentos, BTG Pactual e Itaú Corretora

Deixe um comentário