Natura (NTCO3): lucro líquido de R$ 695,4 milhões no 4T21, alta de 292%

LinkedIn

O grupo Natura &Co, dono das marcas de beleza Natura, Avon, The Body Shop e Aesop,  registrou avanço de 292% no lucro líquido do quarto trimestre, para R$ 695,4 milhões.

O resultado foi impulsionado principalmente por novos ganhos com a integração da Avon, relacionados à otimização da estrutura corporativa, que por sua vez foi viabilizada pelo pré-pagamento dos bonds de 2022 da Avon, eliminando alguns covenants restritivos.

O resultado da Natura veio acima do projetado pelo consenso da Refinitiv, de lucro líquido de R$ 161 milhões e um resultado reportado de R$ 127,33 milhões.

A receita líquida somou R$ 11,643 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, baixa de 3% na comparação com igual etapa de 2020.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação – ajustado cresceu 3,9%, totalizando R$ 1,543 bilhão. Já a margem Ebitda ajustado atingiu 13,3% no período, baixa de 0,9 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

O lucro bruto totalizou R$ 7,585 bilhões no 4T21, queda de 1,7% em relação ao mesmo trimestre de 2020. A margem bruta foi de 65,1% no 4T21, alta de 0,8 pontos porcentuais em relação ao 4T20.

No ano, as sinergias somaram R$ 200 milhões, e já estão em cerca de 50% do total previsto pela companhia, quando o esperado era estar em cerca de 40% até o final de 2021, segundo projeções da empresa relatadas ao mercado.

Na linha de receita, houve queda de 3% em relação ao mesmo período de 2020, com um total de R$ 11,6 bilhões. Marques pontua que o resultado reflete ainda efeitos “desafiadores com relação a Brasil no âmbito macroeconômico. “Com retração de consumo, queda de poder aquisitivo e inflação, bem como localidades que passaram o quarto trimestre com restrições por causa da pandemia, como o Reino Unido, com o surgimento da Ômicrom”, diz.

A companhia fechou o ano com R$ 6 bilhões em caixa e vai pagar R$ 180 milhões de dividendos até o final de 2022. “Vamos pagar até o final do ano e não agora em função de toda a volatilidade que está acontecendo no mundo. Estamos sendo prudentes, mas isso já é um compromisso em função dos resultados alcançados”, afirmou.

Os resultados da Natura (BOV:NTCO3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2021 foram divulgados no dia 09/03/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário