Petróleo fecha em alta, com os países da UE sem chegar a um acordo sobre se juntar aos EUA em um embargo de petróleo russo

LinkedIn

 Os preços dos contratos futuros de petróleo fecharam em alta superior a 7% com os países da União Europeia ainda sem chegar a um acordo sobre se juntar aos Estados Unidos em um embargo de petróleo russo após um ataque às instalações petrolíferas sauditas.

Os governos da União Europeia considerarão a possibilidade de impor um embargo de petróleo à Rússia por sua invasão da Ucrânia, enquanto se reúnem esta semana com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma série de cúpulas destinadas a endurecer a resposta do Ocidente a Moscou.

A União Europeia e seus aliados já impuseram uma série de medidas contra a Rússia, incluindo o congelamento dos ativos de seu banco central.

A Ucrânia desafiou uma exigência russa de rendição antes do amanhecer em Mariupol, onde centenas de milhares de civis estão presos em uma cidade sitiada.

Com poucos sinais de abrandamento do conflito, o foco voltou a ser se o mercado seria capaz de substituir os barris russos atingidos por sanções.

“O otimismo está se esvaindo sobre o progresso nas negociações para alcançar um cessar-fogo na Ucrânia e isso elevou o preço do petróleo em marcha”, afirmam analistas do IG.

No fim de semana, ataques do grupo Houthi do Iêmen, alinhado ao Irã, causaram uma queda temporária na produção de uma joint venture da refinaria Saudi Aramco em Yanbu, alimentando a preocupação em um mercado de produtos petrolíferos agitado, onde a Rússia é um importante fornecedor e global.

A Arábia Saudita disse que não seria responsável por nenhuma escassez global de petróleo após esses ataques, em um sinal de crescente frustração saudita com o tratamento de Washington do Iêmen e do Irã.

O último relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, incluindo a Rússia, conhecidos como Opep+, mostrou que alguns produtores ainda estão aquém de suas cotas de fornecimento acordadas.

Os preços do petróleo também foram sensíveis à conversa sobre Hong Kong suspender as restrições da covid-19, o que poderia aumentar a demanda, e à crescente lista de empresas norte-americanas que se retiram da Rússia – incluindo Baker Hughes, ExxonMobil, Shell e BP.

O preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para abril subiu 7,30%, cotado a US$ 112,12 o barril. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para maio avançou 7,60%, cotado a US$ 115,62 o barril.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário