Santos Brasil (STBP3): lucro líquido de R$ 113,8 milhões no 4T21, alta de 695%

LinkedIn

A Santos Brasil registrou lucro líquido de R$ 113,8 milhões no quarto trimestre de 2021, ante R$ 14,3 milhões do mesmo período do ano anterior. A alta foi de 695%.

A receita operacional líquida da Santos Brasil no trimestre atingiu R$ 443,5 milhões, ante os R$ 260,6 milhões registrados um ano antes, crescimento de 70,2% na comparação, impulsionada pelos maiores volumes movimentados, melhora no mix dos serviços prestados e, principalmente, da elevação do ticket-médio em todas as unidades de negócio, em especial no Tecon Santos, resultado de renegociações contratuais com clientes.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 158,2 milhões entre outubro e dezembro, crescimento de 94,1% ante o mesmo trimestre de 2020.

A Santos Brasil encerrou 2021 com R$ 1,1 bilhão em posição de caixa e aplicações financeiras que, descontada a dívida total, totalizou um caixa líquido de R$ 671,4 milhões. A posição de caixa da companhia já exclui o pagamento de R$ 126,8 milhões em dividendos intermediários realizado no quarto trimestre.

Como reportado nos trimestres anteriores, a posição de caixa e aplicações financeiras foi reforçada pela captação de R$ 790 milhões no mercado de capitais, por meio do follow-on realizado em setembro de 2020, e pela geração positiva de caixa da companhia em 2021. O índice de alavancagem, representado pela relação entre dívida líquida e Ebitda proforma dos últimos doze meses foi de -1,59x.

⇒ Investimentos

A Santos Brasil investiu R$ 56,1 milhões no 4T21 e R$ 239,8 milhões em 2021, dando continuidade à expansão e modernização de suas unidades de negócio, com o objetivo de entregar consistentemente um elevado nível de serviço aos clientes e, ao mesmo tempo, prover capacidade para atender a demanda crescente no Porto de Santos e nas demais regiões de atuação.

No Tecon Santos, foram investidos R$ 42,8 milhões no 4T21 e R$ 169,2 milhões em 2021, Capex relacionado à prorrogação antecipada do contrato de arrendamento do terminal, com destaque para a conclusão das obras de expansão, aprofundamento e adequação da infraestrutura do cais do terminal.

Em novembro/2021, a Santos Brasil inaugurou um novo trecho de 220 metros de cais, com a presença do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, com o Tecon Santos se tornando o único terminal de contêineres da América do Sul com capacidade para receber simultaneamente três navios New Panamax, com 366 metros de LOA (comprimento).

Com o fim das obras de expansão e reforço do cais do terminal e a aquisição de equipamentos realizada nos últimos anos, foi concluída a primeira fase do Projeto Executivo do Tecon Santos, que adiciona 400 mil TEUs à capacidade atual do terminal, de 2,0 milhões de TEUs. O novo berço construído estará apto a receber embarcações até o início do 2S22, após a conclusão da dragagem e a obtenção das devidas homologações e licenças.

No Tecon Vila do Conde, foram investidos R$ 9,5 milhões no 4T21 e R$ 14,9 milhões em 2021. No trimestre, foram iniciadas obras de drenagem da retroárea, com o objetivo de adequar a infraestrutura aos altos níveis pluviométricos da região Norte, investimento que faz parte do Projeto Executivo ligado à renovação antecipada do arrendamento do terminal.

Adicionalmente, foram realizados investimentos em manutenção operacional no 4T21, em especial, nos sistemas de combate a incêndio.

Na SBLog, os investimentos totalizaram R$ 2,5 milhões no 4T21, destinados à adequação da estrutura administrativa dos Centros de Distribuição e dos CLIAs, e um total de R$ 10,5 milhões em 2021. O investimento realizado nos Terminais de Líquidos (Itaqui) em 2021, no total de R$ 43,0 milhões, representa, praticamente seu total, ao pagamento da primeira parcela da outorga dos três arrendamentos vencidos em leilão em abril de 2021, equivalente a 25% do valor total das outorgas, de R$ 157,3 milhões.

Os resultados da Santos Brasil (BOV:STBP3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2021 foram divulgados no dia 11/03/2022. Confira o Press Release completo!

Teleconferência

Daniel Pedreira Dorea, CFO da Santos Brasil Participações, disse a analistas de mercado, que a empresa “espera passar as primeiras faturas” no segundo semestre de 2022, dando início às operações comerciais de dois terminais de líquidos do Porto de Itaqui (IQI03 e IQI11), em São Luís do Maranhão, adquiridos em leilões realizados ano passado pelo Ministério da Infraestrutura.

A empresa pretende começar este ano a investir na construção do terceiro terminal arrematado (IQI 12), também em Itaqui – trata-se de um projeto greenfield com início das operações previsto para 2026.

Ricardo dos Santos Buteri, diretor comercial da Santos Brasil (STBP3), disse que os volumes movimentados nos terminais portuários da empresa estão em linha com o projetado. O executivo disse que a questão do conflito Rússia-Ucrânia a companhia está sendo acompanhada de perto.

Segundo ele, “o bloqueio de importações da Rússia tem impacto reduzido em operação com contêineres”, que é o caso da Santos Brasil. “O grande impacto é com (operações de) granel”.

O executivo citou que a participação da Rússia na movimentação do Tecon Santos, um dos terminais controlados pela Santos Brasil, é de apenas 0,3%. “Relação de volumetria ínfima”, citou.

A questão maior, disse, é com os atrasos, pois há suspensão de armadores de operação no norte da Europa.
A Santos Brasil (STBP3) disse a analistas de mercado que tem interesse de participar do leilão de arrendamento do STS 10, de contêiner, um dos maiores já feitos no Porto de Santos nos últimos tempos, com investimentos iniciais previstos de R$ 2,5 bilhões e capacidade para aproximadamente 2 milhões de TEUs (contêiner padrão de 20 pés) por ano.

Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e o Ministério da Infraestrutura (Minfra) pretendem levar a leilão a nova área no complexo de Santos ainda no segundo semestre deste ano.

VISÃO DO MERCADO

Itaú BBA 

O Itaú BBA aponta que a empresa reportou bons resultados no 4T21, que ficaram acima das expectativas, sustentado por volumes elevados, bom mix e preços em alta. Isso permitiu que a Santos Brasil cumprisse seu guidance de contêineres movimentados e Ebitda para todo o ano de 2021.

Olhando para o futuro, analistas do banco esperam um crescimento sólido, tanto no faturamento quanto nos níveis de Ebitda, sustentado, principalmente, por preços médios mais altos, enquanto os volumes transportados devem apresentar crescimento moderado em relação a 2021.

Itaú BBA mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 9,80.

XP Investimentos

Na análise da XP, a Santos Brasil apresentou resultados sólidos no 4T21, com o valor do Ebtida acima de 14% projetado pela corretora. Com isso, a XP reiterou a indicação de compra das ações da empresa.

“Reiteramos nosso rating de compra para a Santos Brasil, principalmente com base em um cenário de oferta/demanda positivo e níveis de valuation atrativos”, informou o relatório da corretora que não divulgou o preço-alvo.

Para 2022, a Santos Brasil deverá iniciar as operações de dois terminais de líquidos no Porto de Itaqui – IQI03 e IQI11 – adquiridos nos leilões realizados pelo Ministério da Infraestrutura em abril de 2021, e começará a investir na construção do terceiro terminal arrematado – IQI 12 –, também em Itaqui, um projeto greenfield com início das operações previsto para 2026.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário