Aliansce Sonae faz nova proposta de combinação de negócios para a BRMalls

LinkedIn

A Aliansce Sonae informou que apresentou ao Conselho de Administração da BRMalls nova proposta de combinação de negócios entre as empresas, com relação de troca mais favorável aos acionistas da BRMalls. O documento dá continuidade aos Fatos Relevantes divulgados pela companhia em 14 de janeiro e 14 de março de 2022.

A nova proposta, formalizada após entendimentos mantidos entre a administração da companhia e acionistas da BRMalls (BOV:BRML3) prevê o pagamento em dinheiro no valor de R$ 1,25 bilhão e a entrega de 326.339.911 ações da companhia – o que corresponde a uma relação de substituição de 1 ação emitida pela BRMalls para 0,3940 ação da companhia.

A Aliansce Sonae (BOV:ALSO3) informou, ainda, que a administração da BRMalls sinalizou, em reunião realizada na segunda-feira, 18, que, após o recebimento da nova proposta, realizará nesta terça-feira, 19, uma reunião do Conselho de Administração para avaliar os termos ajustados, bem como para deliberar sobre as medidas necessárias para submeter a combinação de negócios aos acionistas da BRMalls, reunidos em Assembleia Geral Extraordinária a ser convocada.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

Os termos da nova proposta que a Aliansce Sonae fez devem estar alinhados com o desejo dos principais acionistas da BR Malls, diz o Bradesco BBI, destacando as conversas recentes da operadora de shoppings centers. O banco aponta que isso cria uma perspectiva positiva para um acordo.

Os analistas Bruno Mendonça e Pedro Lobato escrevem que os novos termos implicam em um prêmio de 13% sobre o último preço de fechamento das ações da BR Malls. Se os termos forem aprovados, a atenção se voltará sobre as sinergias da combinação dos negócios.

Eles estimam que a nova empresa seria negociada a um múltiplo de 9,4 vezes o valor sobre o Ebitda de 2022, sem contar sinergias, atrativo e um desconto de 27% sobre a Multiplan.

Citi

A nova proposta de combinação de negócios que a Aliansce Sonae enviou a BR Malls aumentam as chances de aprovação, diz o Citi. O banco agora vê uma possibilidade maior de aprovação do que de rejeição.

Os analistas André Mazini e Renata Cabral escrevem que os novos termos reduzem a parcela em dinheiro para R$ 1,51 por ação, mas aumentariam a participação dos acionistas da BR Malls para 55% da nova empresa, recebendo R$ 8,35 por ação.

O banco destaca que a nova proposta assume um prêmio de 13% sobre o último preço de fechamento da BR Malls, contra prêmio de 3,3% na proposta que foi rejeitada em março, que continha uma parcela em dinheiro maior.

Citi mantém recomendação de compra com preço-alvo a R$ 10,00…

Aliansce Sonae tem recomendação neutra e preço-alvo em R$ 23,00…

Informações Broadcast

Deixe um comentário