Cosmos adicionou vários recursos à medida que a atualização Hub Theta começa

LinkedIn

Uma atualização para a rede blockchain Cosmos conhecida como Hub Theta foi lançada ontem, confirmaram os desenvolvedores.

A atualização traz contas interchain, um recurso há muito aguardado pela comunidade Cosmos. Isso permite que blockchains alterem dados em outro blockchain suportado.

Outros recursos da atualização são versões atualizadas do Cosmos SDK – uma estrutura de desenvolvedor – e o protocolo Inter Blockchain Communication (IBC), que permite aos usuários transferir ativos criptográficos entre blockchains suportados.

As contas interchain permitem que os usuários dêem permissão a um aplicativo em execução em um blockchain para executar uma ação em outro. Isso exige que os blockchains configurem uma conta interchain mútua e sejam baseados no Cosmos SDK ou Tendermint, protocolos usados para replicar e iniciar aplicativos blockchain.

O recurso está um passo à frente do IBC, também uma inovação do Cosmos.

“Em uma estrutura tradicional, o usuário final faria login em uma interface representando a cadeia A e passaria um ativo para a cadeia B por meio de uma transação IBC”, explicaram os desenvolvedores do Cosmos em um post. “O usuário precisaria fazer login em outra interface, desta vez representando a cadeia B, e concluir o restante do fluxo do produto”.

“Com um modelo de produto nativo da Interchain, um usuário pode completar todo o fluxo em uma única experiência de usuário simplificada, onde as cadeias passam conjuntos de instruções e executam transações “abaixo da superfície” – tudo sem que o usuário tenha que sair da primeira interface”, eles disseram.

Embora as blockchains sejam armazenamentos de dados robustos e imutáveis, elas não podem se comunicar umas com as outras. Redes como a Cosmos trabalham nesse problema e visam permitir que os usuários acessem várias blockchains diferentes a partir de uma única interface.

O ATOM (BINA:ATOMUSDT), token nativo da Cosmos, caiu -3,20% nas últimas 24 horas, mostram dados da Binance. Os tokens perderam 7% desde a semana passada em meio a um declínio mais amplo do mercado.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário