Acordo da VMware com a Broadcom pode ser anunciado até quinta-feira, dizem fontes

LinkedIn

David Faber, da CNBC, informou na segunda-feira (23) que a Broadcom (NASDAQ:AVGO) estava se preparando para anunciar a aquisição da VMware (NYSE:VMW) na quinta-feira, mas a notícia pode chegar mais cedo depois que vários relatórios disseram que as duas empresas estavam em negociações.

A Broadcom e a VMware também são negociadas na B3 através do tickers (BOV:AVGO34) e (BOV:V2MW34), respectivamente.

Alguns termos materiais ainda precisam ser finalizados, e um acordo pode fracassar, disse Faber no “ Squawk on the Street ” da CNBC. Seria uma oferta em dinheiro e ações, de acordo com fontes familiarizadas com o negócio. Michael Dell detém cerca de 40% da VMware.

As ações da VMware subiram 18% na segunda-feira. A fabricante de chips, por sua vez, caiu 4%. A Bloomberg informou pela primeira vez no domingo que as duas empresas estão em negociações.

Um acordo para a VMWare, que tinha um valor de mercado de US$ 40,3 bilhões no fechamento do mercado de sexta-feira, estaria entre as maiores aquisições no setor de tecnologia, atrás dos quase US$ 69 bilhões da Activision Blizzard pela Microsoft e da compra da EMC por US$ 67 bilhões da Dell (BOV:D1EL34) em 2016.

A mudança pode ajudar a Broadcom a diversificar ainda mais seus negócios de semicondutores para software empresarial, que tem sido um foco importante. Ela seguiria suas aquisições da CA Technologies em 2018 por US$ 18,9 bilhões e da Symantec em 2019 por US$ 10,7 bilhões.

“Em particular, eles procuram software corporativo de missão crítica, com foco principal em grandes clientes da Fortune 500. E os recentes declínios nas ações de software podem facilitar esses negócios agora”, disseram analistas da AB Bernstein em nota aos investidores na segunda-feira.

Deixe um comentário