Bom dia ADVFN - Índice de preços ao produtor (PPI) nos EUA e dados sobre volume de serviços no Brasil na agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  12 de maio de 2022, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

📣  Confira as principais manchetes dos jornais de hoje 📰

Bolsas mundiais:  Os mercados mundiais recuam após dados de inflação americana acima do esperado manter viva a possibilidade de o Fed acelerar e/ou alongar o ciclo de aperto do juro americano. O preço do bitcoin caiu brevemente abaixo de US$ 27.000 pela primeira vez desde dezembro de 2020, continuando uma recente liquidação no espaço de criptomoedas em um cenário de sentimento de risco mais amplo entre os investidores.

Na Ásia, as bolsas fecharam em queda e não conseguiram se sobrepor ao mau humor de Wall Street após a queda das ações de tecnologia que fizeram com a Nasdaq tivesse baixa de mais de 3%. As bolsas americanas amargaram robustas perdas após a divulgação da inflação (CPI) reforçando expectativas de que o Fed irá elevar os juros de forma mais agressiva. Em Hong Kong, o Hang Seng caiu -2,24% e, em Taiwan, a queda do Taiex foi de -2,43%. Em Tóquio, o Nikkei perdeu -1,77% e, em Seul, o Kospi recuou -1,63%, encerrando o pregão no menor nível desde novembro de 2020. Na China, o Xangai registrou queda pequena, de -0,12% e o Shenzhen foi o único índice a registrar alta, de +0,16%. Dados recentes chineses mostram expressivo declínio no número de novas infecções por covid-19 na cidade de Xangai.

Na Europa, as Bolsas operam em baixa acentuada repetindo a mesma condição observada nos pregões de ontem dos EUA e desta madrugada na Ásia. Além disso, o Reino Unido divulgou PIB preliminar menor do que o esperado, a atividade do Reino Unido encolheu 0,1% em março, mas expandiu 0,8% no primeiro trimestre de 2022.

Nos Estados Unidos, os índices futuros operam em baixa no momento. O CPI em abril saltou 8,3%, acima do esperado e ainda perto de sua alta de 40 anos, de 8,5%. Os analistas estão confusos sobre se os dados sugerem que a inflação atingiu um pico. Nos dados econômicos, os investidores estarão atentos aos mais recentes pedidos de auxílio-desemprego, que serão divulgados às 9h30. Eles também estão ansiosos por novos dados sobre o índice de preços ao produtor, que mede os preços no atacado.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI estão sendo negociados a US$ 104,14 com baixa de 1,43%. O Brent opera em baixa de 1,39%, negociado a US$ 106,00.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 27.806,28 (-10,99%). O ouro  é negociado a US$ 1.847,11 por onça-troy (-0,37%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro:  O Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve baixa de 1,36%, a 796,00 iuanes, o equivalente a US$ 117,21.

Coronavírus

O Brasil registrou na quarta-feira, 11, novos 23.071 casos de covid-19 . A média diária de casos positivos contabilizada nas últimas 24 horas é de 16.413 , a maior dos últimos 26 dias. No total, o País acumula 30.614.065 casos da doença. Entre as 20 horas de ontem e o mesmo horário de quarta, ocorreram 121 novos óbitos decorrentes da covid-19 . A média diária de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 107 – depois de passar uma semana abaixo de uma centena. O acumulado de vítimas da doença é de 663.967. O Estado de São Paulo reportou 50 mortes por coronavírus na quarta, a maior quantidade entre as unidades federativas. Nove estados não contabilizaram mortos, enquanto sete não informaram os dados.

Os Estados Unidos já registraram mais de 1 milhão de mortes por Covid-19, de acordo com uma contagem da Reuters, atingindo um número outrora impensável cerca de dois anos após os primeiros casos da doença terem transformado a vida cotidiana no país. A marca de 1 milhão de mortes é um forte lembrete do luto e da perda espantosa causada pela pandemia, mesmo quando a ameaça representada pelo vírus diminui na cabeça de muitas pessoas. O número representa cerca de uma morte para cada 327 americanos, ou mais do que toda a população de São Francisco. Quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a Covid-19 uma pandemia global em 11 de março de 2020, o vírus já havia tirado 36 vidas nos Estados Unidos. Nos meses seguintes, o vírus mortal se espalhou como um incêndio, encontrando terreno fértil em áreas urbanas densamente povoadas como Nova York, e depois alcançando todos os cantos do país.

Brasil

Por meio do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex), o governo federal aprovou na quarta-feira (11) a redução do Imposto de Importação, via inclusão na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum do Mercosul (Letec), para alguns produtos de alimentação e vergalhões de aço, além de ácido sulfúrico — produto utilizado na produção de fertilizantes — e um tipo de fungicida. Segundo o Ministério da Economia, a medida prioriza itens que têm maiores impactos sobre a cesta de consumo de camadas mais pobres da população, a fim de ajudar no combate à inflação, considerando mercadorias que integram o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Foram reduzidas a zero (0%), até 31 de dezembro de 2022, alíquotas de importação sobre carne de boi desossadas; carne de frango, pedaços e miudezas, congelados; trigo e farinha de trigo; milho em grão — que já estava na Letec, mas foi ampliado o prazo de inclusão; bolachas e biscoitos; e outros produtos de padaria, pastelaria e indústria de biscoitos. Essas alíquotas variavam entre 7,2% e 16,2%. Pelo mesmo prazo, foram reduzidas, de 10,8% para 4%, as tarifas de dois tipos de vergalhão de aço usados pela construção civil (CA-50 e CA-60) — dentados, com nervuras, sulcos (entalhes) ou relevos, obtidos durante a laminagem, ou torcidas após laminagem.

Poderes

O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse na quarta-feira que uma das primeiras medidas à frente do cargo será a solicitação de estudos sobre a desestatização da Petrobras, conforme discurso realizado em Brasília, na sede da pasta. Sachsida afirmou que também vai solicitar ao ministro Paulo Guedes, presidente do Conselho do PPI, que leve ao colegiado a inclusão da estatal do pré-sal PPSA para avaliar as alternativas para sua desestatização.

Economia

O índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 1,06% em abril na comparação com março, acelerando-se em relação à alta apurada no período anterior (+1,62%), segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o maior aumento para um mês de abril desde 1996 (+1,26%). O resultado ficou acima das expectativas do mercado financeiro, de +1,01%.

Cerca de 70% dos brasileiros que fazem uso do cartão de crédito possuem três ou mais cartões, de acordo com um levantamento feito pela Serasa em todo o país. Com a inflação nos dois dígitos há mais de oito meses, muitas famílias têm feito uso desta opção para pagar contas.

Agenda Econômica

🇪🇺 Produção industrial mensal e anual (06h00)
🇧🇷 Pesquisa PNAD contínua trimestral (09h00)⭐️
🇺🇸 Variação de preço de bens importados e exportados mensal (09h30)
🇺🇸 Confiança do consumidor Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Fed – Discurso do diretor Neel Kashkari (12h00)
🇺🇸 Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, fechou em alta de 1,25%, a 104.396 pontos, impulsionado pela valorização das ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) e da Vale (VALE3), que conseguiram segurar o índice mesmo com a pressão trazida pelos dados de inflação dos Estados Unidos e do Brasil.

Maiores altas do Ibovespa

PETR3: +5,04% a R$ 36,44
PRIO3: +5,03% a R$ 25,49
VALE3: +4,17% a R$ 78,69
BRAP4: +4,11% a R$ 26,60
BRKM5 +4,11% a R$ 40,82

Maiores baixas do Ibovespa

QUAL3: -12,80% a R$ 10,49
HAPV3: -5,97% a R$ 7,56
LWSA3: -5,71% a R$ 5,12
CVCB3: -5,47% a R$ 11,24
RDOR3: -5,38% a R$ 31,85

Na Toro, traders podem usar a plataforma Profit Pro grátis

Dólar    

O dólar fechou em R$ 5,143 para venda, com ganho de 0,17%. O dia foi de muita volatilidade, com a moeda americana se alternando entre os territórios negativo e positivo. De um lado, a expectativa de juros altos nos Estados Unidos seguiu sustentando a moeda. Em contrapartida, a alta das commodities no mercado internacional limitou a reação do dólar.

Juros

O DI para janeiro de 2023 tinha taxa de 13,330% de 13,270% % no ajuste anterior; o DI para janeiro de 2024 projetava taxa de 13,045%, de 12,865%, o DI para janeiro de 2025 ia a 12,445%, de 12,300% antes.

Ifix   

O índice fechou a sessão em queda de 0,15%, aos 2.764 pontos. A mínima para foi de  2.762 pontos enquanto a máxima foi de 2.772 pontos. No acumulado para maio, o índice concentra uma queda de 1,74%. Já no ano, recua 1,45%.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, correio braziliense, estadão, isto é dinheiro.

Deixe um comentário