Embraer ainda trabalha com 22 pedidos de KC-390 da Força Aérea do Brasil

LinkedIn

A Embraer ainda está trabalhando com um número de 22 pedidos da FAB para a aeronave KC-390, afirma seu chefe de Defesa e Segurança, após o governo sinalizar que queria cortar os pedidos para 15.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:EMBR3) nesta terça-feira (31).

Jackson Schneider disse durante um evento hoje que a empresa foi informada sobre o desejo da Força Aérea de reduzir os pedidos, mas que internamente estava mantendo o valor previamente acordado.

“Temos um contrato de 22 aeronaves. Tínhamos 28, mas a FAB decidiu reduzi-lo, e eles tinham o direito de fazê-lo. Seguimos as regras”, disse Schneider.

A companhia informou que discute com vários países sobre possíveis novos pedidos, observando que algumas das nações nem estavam no radar da empresa anteriormente.

O executivo acrescentou que a Embraer também espera boas notícias sobre a aeronave de ataque leve Super Tucano em breve, mas não deu detalhes.

Informações BDM

Deixe um comentário