Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com alta de 1,14% e todos os destaques de hoje (28/07/2022)

LinkedIn

O Ibovespa fechou aos 102.597 pontos, após uma alta de 1,14%, impulsionada pela subida de Petrobras (PETR3 e PETR4) e Vale (VALE3). A petroleira anunciou distribuição recorde de dividendos nesta quinta, e a mineradora se beneficiou da expectativa positiva do mercado por seu balanço do segundo trimestre.

Às 15h30 (horário de Brasília) desta quinta, a Bolsa brasileira interrompeu as negociações das ações da Petrobras para que a estatal soltasse um fato relevante anunciando o pagamento de proventos referentes aos lucros do período de abril a junho.

O documento informou um pagamento recorde de dividendos pela petroleira, de R$ 87,8 bilhões, equivalente a R$ 6,732 por ação ON (PETR3) e PN (PETR4).

A distribuição será feita em duas parcelas: a primeira em 31/08, no valor de R$ 3,366/ação, e a segunda, em 20/09, de R$ 3,366/ação. Receberão os proventos os acionistas da Petrobras com posição nas ações em 11 de agosto de 2022.

Protagonista do dia, a Petrobras também anunciou redução no preço da gasolina, do querosene de aviação (QAV) e da gasolina de aviação (GAV). As baixas foram de 3,88%, 2,60% e 5,70%, respectivamente.

Ao final da sessão, as ações da Petrobras no Ibovespa fecharam com alta de 2,12%, a R$ 34,73 os papéis ordinários. As ações preferenciais avançaram 3,00%, a R$ 32,29.

Já a Vale não fez anúncios durante o pregão. Ontem (27), a mineradora informou sua saída do setor de siderurgia ao vender sua participação na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) por aproximadamente US$ 2,2 bilhões.

Mas os ganhos da sessão de hoje estavam mais relacionados às expectativas pelos números da mineradora e pelo anúncio de distribuição de dividendos, que é esperado pelo mercado. As ações VALE3 subiram 0,24%, a R$ 70,69.

O Ibovespa também acompanhou as bolsas norte-americanas, que tiveram uma sessão positiva após os dados do PIB norte-americano. O Dow Jones subiu 1,02%, a 32.526,86 pontos, o S&P 500 ganhou 1,21%, a 4.072,17 pontos, e o Nasdaq subiu 1,08%, a 12.162,59 pontos.

A economia norte-americana entrou em recessão técnica no segundo trimestre depois que o PIB registrou duas quedas trimestrais consecutivas. O indicador caiu 0,9%, em taxa anualizada, no segundo trimestre de 2022. No primeiro, a perda foi de 1,6%, em taxa anualizada.

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, afirmou que essa segunda contração trimestral da economia norte-americana é sinal de uma desaceleração inevitável do país, mas que ainda há “caminho para reduzir a inflação enquanto mantemos o mercado de trabalho forte”.

Segundo Marcelo Oliveira, fundador da Quantzed, a contração do PIB mostrou que os EUA estão fragilizados. “Para o mercado financeiro é uma sinalização positiva, pois mostra que o Federal Reserve [banco central dos EUA] não precisa elevar tanto os juros no próximo encontro, o que é o grande temor.”

Ontem, o presidente do Fed, Jerome Powell, sinalizou que o aumento do próximo encontro poderia ser “incomumente alto”, levando o mercado a considerar uma nova alta de 0,75 ponto percentual, como as duas últimas.

Porém, com os dados de contração divulgados hoje, as novas apostas voltam para um cenário de reajuste de 0,50 ponto percentual, ou até mesmo 0,25 ponto percentual.

O dólar comercial chegou ao menor valor desde meados de junho, ao cair 1,67% e fechar cotado a R$ 5,1633.

No Brasil, a temporada de resultados também chama a atenção, com várias empresas mostrando seus números. Além de Vale e Petrobras, esta noite serão divulgados os balanços de Ecorodovias (ECOR3), Multiplan (MULT3) e Hypera (HYPE3).

➡️ Veja o fechamento desta quinta-feira:

JBSS3: +2,97%, a R$ 32,56
IRBR3: +1,59%, a R$ 1,92
PETR3: +1,44%, a R$ 33,79
POSI3: +1,42%, a R$ 6,44
ENBR3: +1,29%, a R$ 21,97

🇺🇸 Nova York

QUAL3: −8,10%, a R$ 9,19
MGLU3: −6,45%, a R$ 2,61
VIIA3: −6,35%, a R$ 2,36
BPAN4: −5,88%, a R$ 6,40
CASH3: −5,61%, a R$ 1,01

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/07/2022  0,42% 98.953,90 R$ 28,8 bilhões
 04/07/2022   -0,35%  98.608,76  R$ 11,4 bilhões
05/07/2022 -0,32% 98.294,64 R$ 26,2 bilhões
06/07/2022 0,43% 98.718,98  R$ 21,9 bilhões
07/07/2022  2,04% 100.729,72  R$ 28,7 bilhões
08/07/2022 -0,44% 100.288,94  R$ 17,3 bilhões
11/07/2022 -2,07%   98.212,46 R$ 16,3 bilhões
12/07/2022  0,06% 98.271,21 R$ 19,6 bilhões
13/07/2022 -0,40% 97.881,16 R$ 20,7 bilhões
14/07/2022 -1,80% 96.120,85 R$ 24,4 bilhões
15/07/2022 0,45% 96.551,00 R$ 20,4 bilhões
18/07/2022  0,38% 96.916,13 R$ 17,8 bilhões
19/07/2022 1,37% 98.244,80 R$ 18,7 bilhões
20/07/2022 0,04% 98.286,83 R$ 21,9 bilhões
21/07/2022 0,76% 99.033,17 R$ 23,1 bilhões
22/07/2022 -0,11% 98.924,82  R$ 18,1 bilhões
25/07/2022  1,36%   100.269,85   R$ 18,1 bilhões
26/07/2022 -0,50% 99.771,69 R$ 17,4 bilhões
27/07/2022 1,67% 101.437,96 R$ 18,7 bilhões
28/07/2022 1,14% 102.596,66 R$ 21,8 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

QUAL3:+7,65%, a R$ 10,27
NTCO3: +6,00%,a R$ 16,26
PETZ3: +4,75%,a R$ 9,93
HAPV3: +4,61%,a R$ 6,13
EZTC3: +4,49%,a R$ 17,24

  • BAIXAS IBOVESPA

MRFG3: –4,76%, a R$ 13,22
GOLL4: –4,65%, a R$ 8,61
JBSS3: –3,32%, a R$ 32,08
ENBR3: –3,22%, a R$ 21,66
BEEF3: –2,50%, a R$ 13,27

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

Ambev (ABEV3)

Ambev registrou lucro líquido ajustado de R$ 3,0858 bilhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), crescimento de 4,2% em relação aos R$ 2,9627 bilhões no 2T21, informou a companhia. Saiba mais…

Assaí (ASAI3)

Assaí registrou lucro líquido de R$ 319 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representa alta de 4,6% em relação ao mesmo período de 2021. Saiba mais…

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil já desembolsou R$ 4,6 bilhões em empréstimos na nova rodada do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), reaberto na segunda-feira, 25, informou a instituição financeira ao Broadcast. Ao todo, 43.338 empresas foram contempladas com o crédito nos três primeiros dias. Saiba mais…

Dexco (DXCO3)

A Dexco – fabricante de louças e metais sanitários, revestimentos cerâmicos, painéis de madeira e celulose – teve lucro líquido recorrente de R$ 202,909 milhões no segundo trimestre de 2022, montante 19,2% inferior ao registrado no mesmo período de 2021. Saiba mais…

EDP Brasil (ENBR3)

Energias do Brasil registrou lucro líquido de R$ 381,1 milhões no segundo trimestre deste ano, alta de 10,7% na comparação com o mesmo trimestre de 2021. Saiba mais…

Gol (GOLL4)

A companhia aérea Gol registrou no segundo trimestre de 2022 um prejuízo líquido de R$ 2,85 bilhões, revertendo assim o valor positivo de R$ 642,9 milhões de um ano antes. Saiba mais…

GPA (PCAR3)

Grupo Pão de Açúcar (GPA) reportou prejuízo líquido consolidado de R$ 172 milhões, após registrar lucro consolidado de R$ 1,4 bilhão no 1T22 e ante lucro de R$ 3 milhões no 2T21, informou a varejista. Saiba mais…

Hapvida (HAPV3)

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu submeter ao colegiado de conselheiros do órgão a análise da compra de ativos da Plamed Plano de Assistência Médica pela Hapvida. O despacho que encaminha o ato de concentração para a análise do Tribunal está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 28. Saiba mais…

Intelbras (INTB3)

Intelbras teve lucro líquido de R$ 96,776 milhões no segundo trimestre deste ano, aumento de 13,5% sobre os ganhos de R$ 85,276 milhões em igual período do ano 2021, segundo demonstrações financeiras enviadas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Saiba mais…

Kepler Weber (KEPL3)

Kepler Weber, líder no mercado de equipamentos para armazenagem de grãos, apresentou lucro líquido de R$ 60,2 milhões, crescimento de 410,2% no segundo trimestre ante o mesmo período de 2021. Saiba mais…

Log Commercial (LOGG3)

Log Commercial Properties, empresa de condomínios logísticos, reportou lucro líquido ajustado de R$ 111,8 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), desempenho 42,6% superior ao registrado em igual etapa de 2021. Saiba mais…

Marfrig (MRFG3)

A Marfrig informou a assinatura de um contrato com a BRF para distribuição, pela Quickfood, de 2,5 mil toneladas de produtos da marca Sadia na Argentina. Saiba mais…

Natura (NTCO3) 

A Natura aprovou o cancelamento das debêntures da 9ª e da 10ª emissão de papéis.

Odontoprev (ODPV3)

OdontoPrev registrou lucro líquido de R$ 99,5 milhões no segundo trimestre, o que representa uma alta de 14,9% quando comparado ao mesmo período de 2021. Saiba mais…

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras aprovou a celebração, junto à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para compensação de multas de conteúdo local relacionadas a 22 concessões nas quais a Petrobras possui 100% de participação, situadas nas bacias de Barreirinhas, Campos, Espírito Santo, Parecis, Potiguar, Recôncavo, Santos, Sergipe-Alagoas e Solimões. Saiba mais…

Um dia após lançar uma diretriz para a política de preços dos combustíveis da companhia, dando maior poder ao Conselho de Administração, a Petrobras anunciou a queda R$ 0,15 no preço do litro da gasolina nas sua refinarias a partir de amanhã, 29. Saiba mais…

Santander (SANB11)

Em junho, cerca de 40% das compras com cartões no e-commerce foram realizadas com o uso de cartões virtuais, de acordo com levantamento do Santander Brasil em sua base de clientes. O banco, que chama esse produto de cartão online, afirma que o crescimento foi de sete pontos porcentuais em um ano, e de 13 p.p. em relação a janeiro de 2021. Saiba mais…

Suzano (SUZB3)

Suzano, maior produtora mundial de celulose de eucalipto, registrou lucro líquido de R$ 182 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22). Mesmo assim, o lucro é bem menor do que o registrado um ano atrás, de R$ 10,037 bilhões, e no primeiro trimestre de 2022, quando ficou em R$ 10,306 bilhões. Saiba mais…

O conselho de administração da Suzano aprovou, um novo programa de recompra de ações da Companhia. Saiba mais…

Vale (VALE3)

A Vale assinou, em conjunto com seus sócios Posco e Dongkuk, um acordo vinculante com a ArcelorMittal para a venda de suas respectivas participações na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Saiba mais…

  • (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário