BRF comunica que seus produtos são devidamente fiscalizados por órgãos competentes

LinkedIn

Com relação à notícia sobre os resultados de testes de presença de resíduos de agrotóxicos em alimentos ultraprocessados de origem animal, apresentados pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), dia 28 de julho, a BRF (BOV:BRFS3) esclarece que:

“seus produtos são devidamente fiscalizados por órgãos competentes, como a Anvisa e o MAPA (Ministério da Agricultura), que utilizam padrões internacionais de pesquisa para detecção de eventuais resíduos de defensivos agrícolas, eventualmente utilizados pelos produtores de insumos na ração animal. A Companhia ressalta que aplica internamente rigorosos padrões de qualidade que atendem à regulamentação da própria Anvisa e do MAPA e são reconhecidos por diversos organismos de controle. A Companhia informa, também, que retornou o contato do IDEC respondendo a todos os questionamentos levantados pelo instituto.”

Informações Broadcast

Deixe um comentário