ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Braskem firma parceria com New Iridium para desenvolvimento de tecnologias para conversão do CO2

LinkedIn

A Braskem firmou uma parceria com a norte-americana New Iridium, startup do Colorado, para desenvolvimento de tecnologias para conversão do CO2 gerado por operações industriais.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:BRKM5) nesta quinta-feira (11).

Em nota, a petroquímica destaca que a parceria com a New Iridium tem como foco a conversão de CO2 por meio da fotocatálise, tecnologia de especialidade da startup, uma solução que tem como base o uso de fontes luminosas (LEDs) e CO2 de emissões industriais, combinando-os com matérias-primas de baixo custo.

A empresa explica que a tecnologia, em fase inicial de desenvolvimento, cria um produto químico em versões com menor pegada de carbono, com potencial de mitigar de maneira significativa emissões de CO2 ao incorporá-lo a um produto químico.

“A iniciativa da Braskem com a New Iridium estudará as possibilidades e alternativas de reaproveitamento do CO2 gerado nas operações da companhia por meio da fotocatálise. O projeto insere-se perfeitamente no portfólio de inovação da Braskem para soluções mais sustentáveis, em que tecnologias promissoras como a fotocatálise podem desempenhar um papel de destaque na conversão de CO2”, explica na nota Gus Hutras, responsável pela área global de Tecnologia de Processos da Braskem.

A parceria com a Braskem é a primeira experiência da startup no negócio de commodities. Após o investimento inicial, os trabalhos foram iniciados na primeira etapa, com foco na produção de provas de conceito desses processos químicos. Ambas as companhias esperam estabelecer em 2023 as bases para novos investimentos, a fim de viabilizar as etapas seguintes de desenvolvimento, que incluem o escalonamento e a industrialização da tecnologia.

Informações Broadcast

Deixe um comentário