Exportações Brasileiras em Janeiro de 2015

 

Exportação por Fator Agregado - Valor Total

As exportações brasileiras somaram US$ 13,704 bilhões no primeiro mês do ano, alcançando o quinto melhor resultado para meses de janeiro desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de janeiro desde 2010.

Exportações brasileiras obtém pior mês de janeiro dos últimos cinco anos

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Produtos Básicos 5.849 42,68 6.893 43,01 -15,14
     Produtos Industrializados 7.440 54,29 8.608 53,71 -13,57
         Produtos Semimanufaturados 2.474 18,05 2.513 15,68 -1,56
         Produtos Manufaturados 4.966 36,24 6.095 38,03 -18,52
     Outros 415 3,03 525 3,28 -21,04

Na comparação com janeiro e dezembro de 2014, as vendas brasileiras para o exterior diminuiram, respectivamente, 14,49% e 21,65%. Todos os tipos de produtos registraram retração no valor total de transações, com destaque para os produtos básicos, que mais uma vez concentraram a maior participação nas vendas (42,68%).

  JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 17.491 100,00 -21,65
     Produtos Básicos 5.849 42,68 7.635 43,65 -23,39
     Produtos Industrializados 7.440 54,29 9.403 53,76 -20,88
         Produtos Semimanufaturados 2.474 18,05 2.515 14,38 -1,63
         Produtos Manufaturados 4.966 36,24 6.889 39,39 -27,91
     Outros 415 3,03 453 2,59 -8,39

 

Exportação por Fator Agregado - Valor Médio por Dia Útil

Considerando apenas os vinte e um dias úteis do mês, o país exportou, em média, US$ 652,6 milhões por dia em janeiro de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que teve vinte e dois dias úteis, houve retração nas vendas de produtos básicos (-11,11%) e manufaturados (-14,62%), enquanto cresceram as vendas de semimanufaturados (+3,11%).

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 652,6 100,00 728,5 100,00 -10,42
     Produtos Básicos 278,5 42,68 313,3 43,01 -11,11
     Produtos Industrializados 354,3 54,29 391,3 53,71 -9,46
         Produtos Semimanufaturados 117,8 18,05 114,2 15,68  3,15
         Produtos Manufaturados 236,5 36,24 277,0 38,03 -14,62
     Outros 19,8 3,03 23,9 3,28 -17,15

Já na comparação com dezembro de 2014, as retrações das vendas externas por fator agregado foram ainda maiores. As vendas de produtos básicos e produtos manufaturados diminuiram respectivamente, 19,74% e 24,47%. Já as vendas de produtos semimanufaturados cresceram 3,06%.

  JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 652,6 100,00 795,0 100,00 -17,91
     Produtos Básicos 278,5 42,68 347,0 43,65 -19,74
     Produtos Industrializados 354,3 54,29 427,5 53,76 -17,12
         Produtos Semimanufaturados 117,8 18,05 114,3 14,38  3,06
         Produtos Manufaturados 236,5 36,24 313,1 39,39 -24,47
     Outros 19,8 3,03 20,5 2,59 -3,41

 

Exportação por Mercado Comprador - Valor Total

A Ásia continua sendo o principal endereço das exportações brasileiras. No primeiro mês do ano, 28,60% do valor total das vendas Brasil para o exterior vieram do continente asiático, com grande destaque para a China, que contribuiu com 9,81% deste total. 

Todos os principais blocos econômicos iniciaram 2015 comprando menos produtos do Brasil

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Ásia 3.920 28,60 4.687 29,25 -16,34
         China 1.345 9,81 2.178 13,59 -38,25
     América Latina e Caribe 2.723 19,87 3.475 21,68 -21,64
          Mercosul 1.407 10,27 1.979 12,35 -28,90
               Argentina 852 6,22 1.207 7,53 -29,41
          Demais América Latina e Caribe 1.316 9,60 1.496 9,33 -12,03
     União Européia 2.698 19,69 3.008 18,77 -10,31
     Estados Unidos e Porto Rico 1.975 14,41 2.133 13,31 -7,41
     Oriente Médio 846 6,17 792 4,94  6,82
     África 644 4,70 807 5,04 -20,20
     Europa Oriental 166 1,21 258 1,61 -35,66
     Outros 732 5,34 866 5,40 -15,47

Na comparação com janeiro de 2014, todos os principais blocos econômicos registraram decréscimo de compras de produtos brasileiros. Apenas as exportações para o Oriente Médio registraram crescimento entre janeiro de 2015 e o mesmo mês do ano anterior. Já na comparação com dezembro de 2014, nem as vendas para o Oriente Médio cresceram.

  JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 17.491 100,00 -21,65
     Ásia 3.920 28,60 5.234 29,92 -25,11
         China 1.345 9,81 2.087 11,93 -35,55
     América Latina e Caribe 2.723 19,87 3.831 21,90 -28,92
          Mercosul 1.407 10,27 1.998 11,42 -29,58
               Argentina 852 6,22 1.005 5,75 -15,22
          Demais América Latina e Caribe 1.316 9,60 1.833 10,48 -28,21
     União Européia 2.698 19,69 3.123 17,85 -13,61
     Estados Unidos e Porto Rico 1.975 14,41 2.444 13,97 -19,19
     Oriente Médio 846 6,17 977 5,59 -13,41
     África 644 4,70 858 4,91 -24,94
     Europa Oriental 166 1,21 315 1,80 -47,30
     Outros 732 5,34 709 4,05  3,24

 

Exportação por Mercado Comprador - Valor Médio por Dia Útil

Pela média diária, as exportações para os Estados Unidos, maior comprador individual de produtos brasileiros no mês de janeiro, registraram queda de 3,09% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Já as exportações para a China, outro importante parceiro comercial brasileiro, decresceram 35,35% entre janeiro de 2015 e janeiro de 2014.

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 652,6 100,00 728,5 100,00 -12,42
     Ásia 186,7 28,61 213,0 29,25 -12,35
         China 64,0 9,81 99,0 13,59 -35,35
     América Latina e Caribe 129,7 19,87 158,0 21,68 -17,91
          Mercosul 67,0 10,27 90,0 12,35 -25,56
               Argentina 40,6 6,22 54,9 7,53 -26,05
          Demais América Latina e Caribe 62,7 9,61 68,0 9,33 -7,79
     União Européia 128,5 19,69 136,7 18,77 -94,00
     Estados Unidos e Porto Rico 94,0 14,40 97,0 13,31 -3,09
     Oriente Médio 40,3 6,18 36,0 4,94  6,82
     África 30,7 4,70 36,7 5,04 -16,35
     Europa Oriental 7,9 1,21 11,7 1,61 -32,48
     Outros 34,9 5,35 39,4 5,40 -11,42

Já na comparação com o mês anterior, a maior queda nas vendas externas foi registrada nas transações comerciais com a Europa Oriental (-44,76%). Ainda pela média diária, as vendas para os Estados Unidos caíram 15,39% e as vendas para a China diminuíram 32,56%.

  JANEIRO 2015 DEZEMBRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 652,6 100,00 795,0 100,00 -21,65
     Ásia 186,7 28,60 237,9 29,92 -21,52
         China 64,0 9,81 94,9 11,93 -32,56
     América Latina e Caribe 129,7 19,87 174,1 21,90 -25,50
          Mercosul 67,0 10,27 90,8 11,42 -26,21
               Argentina 40,6 6,22 45,7 5,75 -11,16
          Demais América Latina e Caribe 62,7 9,60 83,3 10,48 -24,73
     União Européia 128,5 19,69 142,0 17,85 -9,51
     Estados Unidos e Porto Rico 94,0 14,41 111,1 13,97 -15,39
     Oriente Médio 40,3 6,17 44,4 5,59 -9,23
     África 30,7 4,70 39,0 4,91 -21,28
     Europa Oriental 7,9 1,21 14,3 1,80 -44,76
     Outros 34,9 5,34 32,2 4,05  8,39

 

Exportação por Categoria de Uso - Valor Total

As exportações brasileiras em janeiro de 2015, quando comparadas com janeiro de 2014, decresceram em todas as categorias de uso.

A maior parte de bens e serviços exportados pelo Brasil no primeiro mês do ano pertencem à categoria Matéria-Prima e Produtos Intermediários (64,72%). Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, esse tipo de exportação retraiu 13,42%. A segunda categoria mais relevante refere-se aos Bens de Consumo Não Duráveis (14,30%), que também registrou retração frente a janeiro de 2014: -11,71%.

A categoria Bens de Consumo Duráveis, que concentrou 1,95% das exportações brasileiras no primeiro mês de 2015, foi a que registrou a maior queda na comparação com o ano anterior: -42,53%.

Baixo desempenho das exportações brasileiras em janeiro é puxado pela forte queda nas vendas de produtos manufaturados

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Bens de Capital 981 7,16 1,262 7,87 -22,25
     Bens de Consumo 2.226 16,25 2,684 16,75 -17,05
          Não Duráveis 1.959 14,30 2.219 13,85 -11,71
          Duráveis 267 1,95 465 2,90 -42,53
     Combustíveis e Lubrificantes 1.333 9,73 1.414 8,82 -5,70
     Matérias-Primas 8.869 64,72 10.243 63,92 -13,42
     Outros 295 2,15 423 2,64 -30,42

 

Exportação por Estado - Valor Total

No comparativo de 2015 sobre 2014, todas as regiões brasileiras apresentaram quedas em suas exportações. As exportações da Região Sudeste retrocederam 17,3%, passando de US$ 9,0 bilhões para US$ 7,5 bilhões (representando 54,5% do total exportado em janeiro de 2015). Os quatro estados da região apresentaram decréscimo. 

Todas as regiões brasileiras registraram quedas de exportação em janeiro de 2015

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Região Sudeste 7.464 54,47 9.023 56,30 -17,27
          São Paulo 3.169 23,12 3.867 24,13 -18,05
          Minas Gerais 1.915 13,97 2.602 16,24 -26,41
          Rio de Janeiro 1.468 10,71 1.572 9,81 -6,62
          Espirito Santo 912 6,66 982 6,13 -7,06
     Região Sul 2.389 17,43 2.540 15,85 -5,96
          Rio Grande do Sul 967 7,05 1.080 6,74 -10,53
          Paraná 904 6,60 905 5,64 -0,07
          Santa Catarina 519 3,78 556 3,47 -6,66
     Região Centro-Oeste 1.427 10,41 1.490 9,30 -4,25
          Mato Grosso 688 5,02 805 5,02 -14,62
          Goiás 402 2,94 397 2,48   1,27
          Mato Grosso do Sul 324 2,36 270 1,68  20,00
          Distrito Federal 13 0,10 18 0,11 -25,59
     Região Norte 1.068 7,79 1.534 9,57 -30,40
          Pará 925 6,75 1.315 8,21 -29,71
          Amazonas 53 0,39 73 0,46 -27,36
          Rondônia 44 0,32 62 0,39 -29,04
          Amapá 25 0,18 54 0,33 -54,14
          Tocantins 20 0,14 20 0,13  -3,51
          Acre 1 0,01 1 0,00 131,55
          Roraima 0 0,00 9 0,05 -98,09
     Região Nordeste 1.021 7,45 1.135 7,08 -10,05
          Bahia 547 3,99 682 4,26 -19,83
          Maranhão 242 1,77 124 0,78   95,02
          Ceará 100 0,73 133 0,83 -25,10
          Alagoas 51 0,37 79 0,49 -35,35
          Pernambuco 41 0,30 69 0,43 -39,90
          Rio Grande do Norte 20 0,15 25 0,16 -21,21
          Paraíba 10 0,07 11 0,07 -11,89
          Piauí 5 0,04 6 0,03 -3,91
          Sergipe 4 0,03 6 0,04 -22,10
     Não Declarados 335 2,45 304 1,90  10,31

 

Últimas Notícias sobre as Exportações Brasileiras

No Articles Found

Principais Produtos Exportados pelo Brasil em Janeiro de 2015

Mais uma vez, o minério de ferro e seus concentrados foram o principal produto de exportação brasileiro, respondendo por 8,73% do total vendido pelo país no exterior ao longo de janeiro de 2015. Entretanto, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o valor total das transações internacionais envolvendo o minério de ferro caíram 51,79%.

Minério de ferro fecha janeiro de 2015 como o principal produto de exportação do Brasil

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Minério de ferro 1.197 8,73 2.482 15,49 -51,79
     Óleo bruto de petróleo 1.189 8,67 1.111 6,94 -6,95
     Açúcar de cana em bruto 615 4,49 705 4,40 -12,80
     Milho em grão 593 4,33 573 3,57  3,62
     Café crú em grão 546 3,99 339 2,12  61,10
     Celulose 423 3,09 514 3,20 -17,66
     Carne de frango 418 3,05 480 2,99 -12,78
     Farelo da extração de óeo de soja 408 2,97 495 3,09 -17,71
     Semimanufatura de ferro ou aço 366 2,67 228 1,43   60,11
     Carne de bovino 326 2,38 459 2,86 -28,88
     Óxido e hidróxido de alumínio 266 1,94 191 1,19  39,38
     Mínério de cobre 252 1,84 75 0,47  237,56
     Açúcar refinado 222 1,62 149 0,93  49,01
     Liga de ferro 207 1,51 231 1,44 -10,33
     Couro e pele 182 1,33 200 1,25 -8,81
     Ouro semimanufaturado 182 1,33 164 1,02  10,90
     Parte e peça para veículos 149 1,09 190 1,19 -21,63
     Polímero de etileno ou propileno 145 1,06   189  1,18  -23,35 
     Avião 141 1,03   128  0,80   10,59 
     Motor para veículos 137 1,00  164   1,02 -16,64 
     Laminado plano de ferro ou aço 134 0,97 139  0,87 -4,22
     Fumo em folhas 132 0,96 104  0,65   26,41
     Óleo combustível 130 0,95 270  1,69 -51,90
     Tubo de ferro fundido, ferro ou aço 125 0,91 189  1,18 -33,78
     Ferro fundido bruto e ferro spiegel 124 0,91 91  0,57 -36,51
     Outros 5.097 37,19 6.167  39,48 -17,35

 

Principais Países Compradores das Exportações Brasileiras em Janeiro de 2015

Os Estados Unidos destacaram-se por terem sido os maiores compradores de produtos brasileiros em janeiro de 2015, quando compraram um total de US$ 1,967 bilhões – o equivalente a 14,35% do valor exportado pelo país ao longo do mês. Em janeiro de 2014, o país norte-americano ficara na segunda posição, atrás dos chineses. 

Estados Unidos foram os maiores compradores de produtos brasileiros no primeiro mês de 2015

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Estados Unidos 1.967 14,35 2.118 13,22 -7,14
     China 1.345 9,81 2.178 13,59 -38,27
     Argentina 852 6,22 1.207 7,53 -29,40
     Países Baixos 772 5,64 1.182 7,37 -34,65
     Alemanha 444 3,24 318 1,98  39,55
     Japão 425 3,10 529 3,30 -19,70
     Índia 417 3,04 396 2,47   5,49
     Reino Unido 303 2,21 255 1,59   19,19
     Chile 295 2,15 368 2,30 -19,88
     Itália 281 2,05 325 2,03 -13,36
     Indonésia 273 1,99 160 1,00  70,34
     Emirados Árabes Unidos 266 1,94 176 1,10   51,13
     Coréia do Sul 260 1,90 342 2,13  -24,02
     Arábia Saudita 239 1,74 200 1,25  19,28
     Hong Kong 236 1,73 297 1,85  -20,43
     México 234 1,71 269 1,68  -12,88
     Malásia 233 1,70 182 1,14   27,65
     Bélgica 227 1,65 232 1,45  -2,40
     Uruguai 224 1,63 186 1,16   20,09
     Vietnã 210 1,53 98 0,61   114,38
     Paraguai 181 1,32 299 1,86 -39,51
     Canadá 169 1,23 169 1,06 -0,26
     Irã 152 1,11 165 1,03 -7,84
     Venezuela 150 1,10 287 1,79 -47,66
     Egito 148 1,08 203 1,27 -27,14
     França 146 1,07 193 1,20 -24,11
     Rússia 141 1,03 222 1,39 -36,28
     Tailândia 140 1,02 76 0,47  83,31
     Colômbia 128 0,93 181 1,13 -29,52
     Peru 126 0,92 115 0,72  9,46
     Outros 2.720 19,85 3.098 19,33  -12,18

 

Principais Empresas Exportadoras em Janeiro de 2015

A Vale foi a empresa que mais exportou no Brasil em janeiro de 2015, respondendo por 6,75% do valor exportado pelo país no período. No entanto, comparando o desempenho da empresa com janeiro de 2014, houve uma queda de 53,72% – muito semelhante à queda na exportação de minério de ferro entre os dois meses (-51,79%).

Apesar da crise, Vale e Petrobras mantiveram a liderança (com folga) entre as principais empresas brasileiras exportadoras em janeiro de 2015

  JANEIRO 2015 JANEIRO 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 13.704 100,00 16.026 100,00 -14,49
     Vale 925 6,75 1.998 12,47  -53,72
     Petrobras 814 5,94 796 4,96     2,32
     Samarco Mineração 252 1,84 229 1,43   10,29
     JBS 251 1,83 293 1,83  -14,37
     BRF 222 1,62 316 1,97  -29,55
     Braskem 220 1,60 301 1,88  -26,99
     Arcellormittal Brasil 173 1,26 105 0,66   64,49
     Cooperativa de Produtores de Açúcar 166 1,21 199 1,24  -16,34
     Cargill Agrícola 162 1,18 126 0,79   28,35
     Bunge Alimentos 152 1,11 232 1,45  -34,61
     QPI Brasil Petróleo 147 1,07 0 0,00  -
     Companhia Siderúrgica Nacional 146 1,06 150 0,93    -2,64
     Alunorte 145 1,06 117 0,73   23,33
     Cia Brasileira de Metalurgia e Mineração 137 1,00 144 0,90   -4,59
     Embraer 136 0,99 160 1,00  -14,89
     Louis Dreyfus Commodities Brasil 134 0,98 92 0,57   46,01
     Thyssenkrupp 134 0,98 145 0,90   -7,45
     Salobo Metais 127 0,92 0 0,00   -
     Suzano Papel e Celulosei 127 0,92 148 0,92  -14,38
     Seara Alimentos 124 0,91 142 0,88  -12,17
     GE Celma 122 0,89 115 0,72     5,66
     BG E&P Brasil 113 0,83 212 1,32  -46,51
     Raizen Energia 110 0,80 131 0,82  -16,24
     Caterpillar Brasil 110 0,80 140 0,87  -21,79
     ADM do Brasil 106 0,77 123 0,77  -14,02
     Fibria Celulose 103 0,75 160 1,00  -35,89
     Citrosuco Agroindustria 99 0,72 98 0,61     0,87
     Shell Brasil Petroleo 96 0,70 73 0,46   31,66
     Gerdau 92 0,67 77 0,48   18,99
     Cooperativa Regional de Guaxupé 88 0,64 27 0,17  227,41
     OGX Petróleo e Gás 84 0,61 0 0,00   -
     Anglogold Ashanti 83 0,61 50 0,31    64,83
     Petrobras Distribuidora 81 0,59 111 0,69   -27,54
     Minerva 80 0,59 107 0,67   -24,81
     Ammargi Exportação e Importação 78 0,57 86 0,54    -9,97
     Nidera Sementes 77 0,56 38 0,24  103,52
     FCI Fiat Chrysler Automóveis 74 0,54 117 0,73  -37,15
     Bianchini Indústria e Agricultura 67 0,49 43 0,27   57,58
     Eldorado Brasil Celulose 65 0,48 64 0,40    2,87
     Biosev Bioenergia 63 0,46 49 0,31   28,93
     Outros 7.221 52,69 8.514 53,13 -15,19
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20230203 16:45:37