NOVO!! Preços e lista em tempo real para opções dos EUA (OPRA) Clique aqui para conhecer

Importações Brasileiras em Novembro de 2015

Importação por Categoria de Uso - Valor Total

As importações brasileiras somaram US$ 12,609 bilhões no décimo primeiro mês do ano, valores ampliados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Na comparação com novembro de 2014, os valores nas importações decresceram -30,23%. Confira as seguintes variações das categorias de uso:

Categoria de Uso Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
       Bens de Capital 2.670 21,18 3.941 21,81 -32,25
       Bens de Consumo 1.983 15,73 2.988 16,53 -33,63
           Não Duráveis 1.066 8,45 1.391 7,70 -23,36
           Duráveis 917 7,27 1.598 8,84 -42,62
               Automóvel 290 2,30 660 3,65 -56,06
       Combustíveis e Lubrificantes 1.788 14,18 2.960 16,38 -39,59
           Petróleo 680 5,39 1.243 6,88 -45,29
       Matérias-Primas 6.169 48,93 8.184 45,28 -24,62

Na comparação com outubro de 2015 (US$ 14,053 bilhões), as compras brasileiras oriundas do exterior caíram 10,28%.

Categoria de Uso Novembro 2015 Outubro 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 14.053 100,00 -10,28
       Bens de Capital 2.670 21,18 2.762 19,65 -3,33
       Bens de Consumo 1.983 15,73 2.421 17,23 -18,09
           Não Duráveis 1.066 8,45 1.311 9,33 -18,69
           Duráveis 917 7,27 1.110 7,90 -17,39
               Automóvel 290 2,30 373 2,65 -22,25
       Combustíveis e Lubrificantes 1.788 14,18 2.200 15,66 -18,73
           Petróleo 680 5,39 1344 9,56 -49,40
       Matérias-Primas 6.169 48,93 6.670 47,46 -7,51

 

Importação por Categoria de Uso - Valor Médio por Dia Útil

Considerando os vinte dias úteis do mês, o país importou, em média, US$ 630,5 milhões por dia em novembro de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve retração de importação de -30,23%.

Categoria de Uso Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 630,5 100,00 903,7 100,00 -30,23
       Bens de Capital 133,5 21,18 197,1 21,81 -32,25
       Bens de Consumo 99,2 15,73 149,4 16,53 -33,63
           Não Duráveis 53,3 8,45 69,6 7,70 -23,36
           Duráveis 45,9 7,27 79,9 8,84 -42,62
               Automóvel 14,5 2,30 33,0 3,65 -56,06
       Combustíveis e Lubrificantes 89,4 14,18 148,0 16,38 -39,59
           Petróleo 34,0 5,39 62,2 6,88 -45,29
       Matérias-Primas 308,5 48,93 409,2 45,28 -24,62

Já na comparação com outubro de 2015, houve retração de 5,79% no total importado e em quatro das cinco principais categorias na importação diária, com exceção de Bens de Capital que avançou 1,50%.

Categoria de Uso Novembro 2015 Outubro 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 630,5 100,00 669,2 100,00 -5,79
       Bens de Capital 133,5 21,18 131,5 19,65 1,50
       Bens de Consumo 99,2 15,73 115,3 17,23 -14,00
           Não Duráveis 53,3 8,45 62,4 9,33 -14,62
           Duráveis 45,9 7,27 52,9 7,90 -13,26
               Automóvel 14,5 2,30 17,8 2,65 -18,36
       Combustíveis e Lubrificantes 89,4 14,18 104,8 15,66 -14,66
           Petróleo 34,0 5,39 64,0 9,56 -46,88
       Matérias-Primas 308,5 48,93 317,6 47,46 -2,89

 

Importação por Mercado Fornecedor - Valor Total

A China foi o principal fornecedor de produtos para o Brasil no mês, respondendo por 15,60% do valor total importado pelo país em novembro. Foram US$ 1,967 bilhão em valores absolutos. Porém, na comparação com novembro de 2014, houve retração de -37,12% frente ao valor total vendido pela China. Este perfil dissiminado de variações negativas extende-se a todos os blocos econômicos, com grande destaque para Oriente Médio e Europa Oriental, que retrocederam 51,63% e 61,15%, respectivamente.

Mercado Fornecedor Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
       Ásia 3.698 29,33 5.642 31,22 -34,46
           China 1.967 15,60 3.128 17,31 -37,12
       América Latina e Caribe 2.150 17,05 2.964 16,40 -27,46
           Mercosul 1.072 8,50 1.534 8,49 -30,12
               Argentina 840 6,66 1.140 6,31 -26,32
           Demais América Latina e Caribe 1.078 8,55 1.430 7,91 -24,62
       União Européia 2.679 21,25 3.456 19,12 -22,48
       Estados Unidos e Porto Rico 2.087 16,55 2.833 15,68 -26,33
       Oriente Médio 474 3,76 980 5,42 -51,63
       África 791 6,27 1.057 5,85 -25,17
       Europa Oriental 183 1,45 471 2,61 -61,15
       Outros 547 4,34 670 3,71 -18,36

Na comparação com outubro de 2015, o Oriente Médio destaca-se por ter recuado muito acima da média de queda do valor total importado -47,97%.

Mercado Fornecedor Novembro 2015 Outubro 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 14.053 100,00 -10,28
       Ásia 3.698 29,33 4.166 29,64 -11,23
           China 1.967 15,60 2.286 16,27 -13,95
       América Latina e Caribe 2.150 17,05 2.075 14,77 3,61
           Mercosul 1.072 8,50 1.031 7,34 3,98
               Argentina 840 6,66 848 6,03 -0,94
           Demais América Latina e Caribe 1.078 8,55 1.044 7,43 3,26
       União Européia 2.679 21,25 2.809 19,99 -4,63
       Estados Unidos e Porto Rico 2.087 16,55 2.237 15,92 -6,71
       Oriente Médio 474 3,76 911 6,48 -47,97
       África 791 6,27 931 6,62 -15,04
       Europa Oriental 183 1,45 227 1,62 -19,38
       Outros 547 4,34 697 4,96 -21,52

 

Importação por Mercado Fornecedor - Valor Médio por Dia Útil

Pela média diária, as importações de novembro oriundas da China, maior fornecedora individual de produtos para o Brasil, registraram baixa também de -37,12%, já que contaram com o mesmo número de dias úteis que novembro de 2014. Foram US$ 98,4 milhões importados para lá diariamente. Já as importações vindas dos Estados Unidos, outro importante parceiro comercial brasileiro, decresceram -26,33%.

Mercado Fornecedor Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 630,5 100,00 903,7 100,00 -30,23
       Ásia 184,9 29,33 282,1 31,22 -34,46
           China 98,4 15,60 156,4 17,31 -37,12
       América Latina e Caribe 107,5 17,05 148,2 16,40 -27,46
           Mercosul 53,6 8,50 76,7 8,49 -30,12
               Argentina 42,0 6,66 57,0 6,31 -26,32
           Demais América Latina e Caribe 53,9 8,55 71,5 7,91 -24,62
       União Européia 134,0 21,25 172,8 19,12 -22,48
       Estados Unidos e Porto Rico 104,4 16,55 141,7 15,68 -26,33
       Oriente Médio 23,7 3,76 49,0 5,42 -51,63
       África 39,6 6,27 52,9 5,85 -25,17
       Europa Oriental 9,2 1,45 23,6 2,61 -61,15
       Outros 27,4 4,34 33,5 3,71 -18,36

 Já na comparação com o mês anterior, que contou com um dia útil a mais, as importações tiveram queda na média diária de -5,79%. As compras externas vindas da Ásia obtiveram queda de -6,80%. Pelo lado positivo, Mercosul cresceu 9,18%.

Mercado Fornecedor Novembro 2015 Outubro 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 630,5 100,00 669,2 100,00 -5,79
       Ásia 184,9 29,33 198,4 29,64 -6,80
           China 98,4 15,60 108,9 16,27 -9,65
       América Latina e Caribe 107,5 17,05 98,8 14,77 8,80
           Mercosul 53,6 8,50 49,1 7,34 9,18
               Argentina 42,0 6,66 40,4 6,03 4,01
           Demais América Latina e Caribe 53,9 8,55 49,7 7,43 8,42
       União Européia 134,0 21,25 133,8 19,99 0,14
       Estados Unidos e Porto Rico 104,4 16,55 106,5 15,92 -2,04
       Oriente Médio 23,7 3,76 43,4 6,48 -45,37
       África 39,6 6,27 44,3 6,62 -10,79
       Europa Oriental 9,2 1,45 10,8 1,62 -15,35
       Outros 27,4 4,34 33,2 4,96 -17,60

 

Importação por Fator Agregado - Valor Total

A maior parte dos produtos importados pelo Brasil no décimo primeiro mês de 2015 pertencem à categoria Produtos Manufaturados (83,14%). Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a importação desse tipo de produtos caiu -29,53%.

O segundo tipo de produto mais relevante dentre as importações brasileiras foram os Produtos Básicos, que representaram 12,48% do valor total importado pelo país em novembro de 2015. Na comparação com novembro de 2014 também houve forte queda de -37,49%.

Fator Agregado Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
     Produtos Básicos 1.574 12,48 2.518 13,93 -37,49
     Produtos Industrializados 11.035 87,52 15.555 86,07 -29,06
         Produtos Semimanufaturados 552 4,38 679 3,76 -18,70
         Produtos Manufaturados 10.483 83,14 14.876 82,31 -29,53
     Outros 0 0,00 0 0,00 #DIV/0!

 

Importação por Estado - Valor Total

Todas as regiões brasileiras apresentaram queda nas importações em novembro de 2015, na comparação com novembro de 2014. A região Sudeste e a região Sul caíram, respectivamente, -21,30% e -39,38%.

ESTADO IMPORTADOR Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
     Região Sudeste 7.242 57,44 9.202 50,92 -21,30
         São Paulo 4.807 38,12 5.852 32,38 -17,86
         Rio de Janeiro 1.317 10,44 1.805 9,99 -27,04
         Minas Gerais 759 6,02 1.009 5,58 -24,78
         Espirito Santo 358 2,84 537 2,97 -33,33
     Região Sul 2.643 20,96 4.360 24,12 -39,38
         Paraná 877 6,96 1.598 8,84 -45,12
         Santa Catarina 926 7,34 1.350 7,47 -31,41
         Rio Grande do Sul 841 6,67 1.412 7,81 -40,44
     Região Nordeste 1.553 12,32 2.554 14,13 -39,19
         Bahia 661 5,24 846 4,68 -21,87
         Pernambuco 353 2,80 684 3,78 -48,39
         Ceará 165 1,31 164 0,91 0,61
         Maranhão 282 2,24 690 3,82 -59,13
         Rio Grande do Norte 12 0,10 54 0,30 -77,78
         Paraíba 16 0,13 30 0,17 -46,67
         Alagoas 38 0,30 61 0,34 -37,70
         Sergipe 19 0,15 13 0,07 46,15
         Piauí 7 0,06 13 0,07 -46,15
     Região Norte 564 4,47 1.009 5,58 -44,10
         Amazonas 453 3,59 866 4,79 -47,69
         Pará 56 0,44 70 0,39 -20,00
         Rondônia 38 0,30 50 0,28 -24,00
         Tocantins 11 0,09 17 0,09 -35,29
         Amapá 6 0,05 5 0,03 20,00
         Roraima 1 0,01 1 0,01 0,00
         Acre 0 0,00 1 0,01 -100,00
     Região Centro-Oeste 596 4,73 934 5,17 -36,19
         Goiás 249 1,97 324 1,79 -23,15
         Mato Grosso do Sul 212 1,68 391 2,16 -45,78
         Mato Grosso 89 0,71 150 0,83 -40,67
         Distrito Federal 45 0,36 69 0,38 -34,78
     Não Declarados 11 0,09 14 0,08 -21,43

 

Últimas Notícias sobre as Importações Brasileiras 

No Articles Found

Principais Produtos Importados pelo Brasil em Novembro de 2015

Óleos brutos de petróleo foram um dos principais produtos importados pelo Brasil em novembro de 2015, respondendo por 5,39% do valor total de importações do país. Na comparação com novembro de 2014, houve um recuo 45,29% no valor nas importações do produto. Em segundo lugar ficaram os Medicamentos humanos e veterinários, diminuindo da balança comercial US$ 407 milhões ou uma fatia de 3,23%. Em terceiro lugar, ficou Partes e peças para veículos, mesmo retraindo19,57% de um ano para o outro.

Principais Produtos Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
     Medicamentos humanos e veterinários 407 3,23 455 2,52 -10,55
     Óleos brutos de petróleo 680 5,39 1.243 6,88 -45,29
     Automóveis de passageiro 290 2,30 660 3,65 -56,06
     Partes e peças para veículos 374 2,97 465 2,57 -19,57
     Inseticidas, formicidas e herbicidas 311 2,47 333 1,84 -6,61
     Óleos combustíveis 342 2,71 714 3,95 -52,10
     Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 259 2,05 233 1,29 11,16
     Cloreto de potássio 173 1,37 313 1,73 -44,73
     Adubos ou fertilizantes 176 1,40 371 2,05 -52,56
     Motores, geradores e transformadores eletrônicos e suas partes 137 1,09 274 1,52 -50,00
     Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 170 1,35 331 1,83 -48,64
     Instrumentos e aparelhos de medida e verificação 191 1,51 239 1,32 -20,08
     Partes de motores e turbinas para aviação 161 1,28 158 0,87 1,90
     Partes de aparelhos transmissores ou receptores 87 0,69 214 1,18 -59,35
     Gás natural 158 1,25 276 1,53 -42,75
     Gás natural liquefeito 97 0,77 137 0,76 -29,20
     Hulhas não aglomeradas 163 1,29 169 0,94 -3,55
     Rolamentos e engrenagens 138 1,09 179 0,99 -22,91
     Veículos de carga 157 1,25 291 1,61 -46,05
     Circuitos impressos para telefonias 193 1,53 327 1,81 -40,98
     Parte e acessórios de máquinas para processamento de dados 112 0,89 181 1,00 -38,12
     Nafta 305 2,42 413 2,29 -26,15
     Bombas, compressores, ventiladores e suas partes 116 0,92 186 1,03 -37,63
     Polímeros de etileno, propileno e estireno 143 1,13 207 1,15 -30,92
     Outros 7.156 56,75 9.563 52,91 -25,17

 

Principais Países Fornecedores das Importações Brasileiras em Novembro de 2015

Os Estados Unidos da América foram os principais fornecedores de produtos para o Brasil no mês, respondendo por 16,39% do valor total importado pelo país em novembro. Foram US$ 2,066 bilhões em valores absolutos. Porém, na comparação com novembro de 2014, houve retração de -26,29% frente ao valor total vendido. Pouco atrás, a China vendeu para o Brasil um total de US$ 1,967 bilhão ou 15,60% do total importado pelo Brasil.  

PAÍSES VENDEDORES Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
     China 1.967 15,60 3.128 17,31 -37,12
     Estados Unidos 2.066 16,39 2.803 15,51 -26,29
     Argentina 840 6,66 1.139 6,30 -26,25
     Alemanha 835 6,62 989 5,47 -15,57
     França 352 2,79 509 2,82 -30,84
     México 314 2,49 410 2,27 -23,41
     Japão 347 2,75 497 2,75 -30,18
     Chile 328 2,60 372 2,06 -11,83
     Coreia do Sul 343 2,72 569 3,15 -39,72
     Itália 325 2,58 448 2,48 -27,46
     Índia 385 3,05 429 2,37 -10,26
     Espanha 207 1,64 296 1,64 -30,07
     Reino Unido 185 1,47 196 1,08 -5,61
     Suíça 161 1,28 203 1,12 -20,69
     Nigéria 420 3,33 724 4,01 -41,99
     Canadá 130 1,03 168 0,93 -22,62
     Países Baixos 170   280 1,55 -39,29
     Rússia 148 1,17 359 1,99 -58,77
     Bolívia 163 1,29 281 1,55 -41,99
     Taiwan (Formosa) 127 1,01 221 1,22 -42,53
     Arábia Saudita 215 1,71 447 2,47 -51,90
     Malásia 95 0,75 142 0,79 -33,10
     Tailândia 107 0,85 165 0,91 -35,15
     Bélgica 125 0,99 112 0,62 11,61
     Peru 103 0,82 162 0,90 -36,42
     Vietnã 122 0,97 167 0,92 -26,95
     Indonésia 98 0,78 144 0,80 -31,94
     Colômbia 87 0,69 110 0,61 -20,91
     Argélia 223 1,77 176 0,97 26,70
     Outros 1.519 12,05 2.254 12,47 -32,61

 

Principais Empresas Importadoras em Novembro de 2015

Muito a frente de todas as empresas citadas pelo Ministério do desenvolvimento, a Petrobras foi novamente a empresa brasileira que mais importou bens e serviços de outros países em novembro de 2015, respondendo por somente esta 13,32% do valor importado pelo país no período. No entanto, comparando as importações feitas pela empresa em novembro de 2014, houve no entanto uma queda de 41,85%.

EMPRESAS IMPORTADORAS Novembro 2015 Novembro 2014 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 12.609 100,00 18.073 100,00 -30,23
     Petrobras 1.680 13,32 2.889 15,99 -41,85
     Estaleiro Brasfels 16 0,13 12 0,07 33,33
     Syngenta Proteção de Cultivos 154 1,22 146 0,81 5,48
     Paranapanema 141 1,12 193 1,07 -26,94
     Yara Brasil Fertilizantes 163 1,29 301 1,67 -45,85
     Embraer 230 1,82 201 1,11 14,43
     Bayer 169 1,34 80 0,44 111,25
     Cisa Trading 168 1,33 346 1,91 -51,45
     Toyota do Brasil 131 1,04 227 1,26 -42,29
     Volkswagen do Brasil 97 0,77 140 0,77 -30,71
     Braskem 154 1,22 247 1,37 -37,65
     GE Celma 177 1,40 141 0,78 25,53
     Ford Motor Company Brasil 132 1,05 212 1,17 -37,74
     Basf 61 0,48 85 0,47 -28,24
     Samsung Eletrônica da Amazônia 172 1,36 301 1,67 -42,86
     FCA Fiat Chrysler Automóveis 83 0,66 146 0,81 -43,15
     Flextronics Tecnologia 156 1,24 214 1,18 -27,10
     Mosaic Fertilizantes do Brasil 62 0,49 91 0,50 -31,87
     General Motors do Brasil 68 0,54 92 0,51 -26,09
     Arcelormittal Brasil 102 0,81 66 0,37 54,55
     Fertilizantes Heringer 76 0,60 171 0,95 -55,56
     Honda Automóveis do Brasil 63 0,50 55 0,30 14,55
     Mercedez-Benz do Brasil 63 0,50 108 0,60 -41,67
     LG Electronics do Brasil 40 0,32 187 1,03 -78,61
     Ministério da Saúde 23 0,18 36 0,20 -36,11
     Companhia Siderúrgica Nacional 27 0,21 21 0,12 28,57
     Du Pont do Brasil 41 0,33 100 0,55 -59,00
     Foxconn Brasil 37 0,29 38 0,21 -2,63
     Renault do Brasil 82 0,65 108 0,60 -24,07
     Caoa Montadora de Veículos 45 0,36 33 0,18 36,36
     Moto Honda da Amazônia 36 0,29 30 0,17 20,00
     John Deere Brasil 38 0,30 54 0,30 -29,63
     Trop Comércio Exterior 41 0,33 55 0,30 -25,45
     Produtos Roche 43 0,34 45 0,25 -4,44
     Sertrading Brasil 55 0,44 46 0,25 19,57
     Dow Brasil 51 0,40 44 0,24 15,91
     Caterpillar Brasil 26 0,21 65 0,36 -60,00
     Vale 21 0,17 28 0,15 -25,00
     Outros 7.668 60,81 10.699 59,20 -28,33
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20230401 04:53:04