Importações Brasileiras em Março de 2016

Os Produtos Básicos representaram 10,15% do valor total importado pelo país em março de 2016. Na comparação com março de 2015 esse tipo de importação retraiu -81,36%. Os produtos industrializados corresponderam por 89,85% do valor total importado, porém na comparação com março de 2015 retraiu -29,155%. A importação de Produtos Semimanufaturados, nesta comparação, retraiu -7,91% e os Produtos Manufaturados decresceu -30,00%.

Fator Agregado Março 2016 Março 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 525,4 100,00 750,9 100,00 -30,03
     Produtos Básicos 53,3 10,15 286,0 38,09 -81,36
     Produtos Industrializados 472,1 89,85 666,3 88,74 -29,15
         Produtos Semimanufaturados 23,3 4,43 25,3 3,37 -7,91
         Produtos Manufaturados 448,8 85,42 641,0 85,37 -29,99

Já na comparação com fevereiro de 2016, apenas os Produtos Básicos apresentaram retração (-6,83%). Os Produtos Semimanufaturados aumentaram 22,20% e os Produtos Manufaturados 5,28%.

Fator Agregado Março 2016 Fevereiro 2016 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Exportação Total 525,4 100,00 490,7 100,00 7,07
     Produtos Básicos 53,3 10,15 60,0 12,22 -11,07
     Produtos Industrializados 472,1 89,85 430,7 87,77 9,61
         Produtos Semimanufaturados 23,3 4,43 20,0 4,07 16,64
         Produtos Manufaturados 448,8 85,42 446,6 91,01 0,49

 

Importação por Estado - Valor Total

Todas as regiões brasileiras apresentaram quedas nas importações na comparação março 2015/2014. As variações de um ano para o outro por região foram estas: Sudeste (-28,67%); Sul (-29,84%); Centro-Oeste (-14,02%); Nordeste (-32,73%) e Norte (-44,82%).

Estado Importador Março 2016 Participação Março 2015 Participação Variação
  US$ Milhões  % US$ Milhões %  
Importação Total 11.559 100,00 16.519 100,00 -30,03
     Região Sudeste 6.189 53,54 8.676 52,52 -28,67
          São Paulo 4.280 37,03 5.953 36,04 -28,10
          Rio de Janeiro 1.028 8,89 1.405 8,51 -26,83
          Minas Gerais 569 4,92 790 4,78 -27,97
          Espirito Santo 312 2,70 528 3,20 -40,91
     Região Sul 2.412 20,87 3.438 20,81 -29,84
          Paraná 930 8,05 1.127 6,82 -17,48
          Santa Catarina 805 6,96 1.287 7,79 -37,45
          Rio Grande do Sul 677 5,86 1.024 6,20 -33,89
     Região Nordeste 1.513 13,09 2.249 13,61 -32,73
          Bahia 434 3,75 964 5,84 -54,98
          Pernambuco 329 2,85 526 3,18 -37,45
          Ceará 612 5,29 215 1,30 184,65
          Maranhão 411 3,56 370 2,24 11,08
          Rio Grande do Norte 12 0,10 13 0,08 -7,69
          Paraíba 23 0,20 56 0,34 -58,93
          Alagoas 75 0,65 68 0,41 10,29
          Sergipe 10 0,09 19 0,12 -47,37
          Piauí 7 0,06 18 0,11 -61,11
     Região Norte 709 6,13 1.285 7,78 -44,82
          Amazonas 468 4,05 1.082 6,55 -56,75
          Pará 186 1,61 113 0,68 64,60
          Rondônia 42 0,36 57 0,35 -26,32
          Tocantins 12 0,10 28 0,17 -57,14
          Amapá 1 0,01 3 0,02 -66,67
          Roraima 0 0,00 1 0,00 -100,00
          Acre 0 0,00 0 0,00 0,00
     Região Centro-Oeste 736 6,37 856 5,18 -14,02
          Goiás 248 2,15 344 2,08 -27,91
          Mato Grosso do Sul 191 1,65 333 2,02 -42,64
          Mato Grosso 135 1,17 89 0,54 51,69
          Distrito Federal 162 1,40 90 0,54 80,00
     Não Declarados 0 0,00 15 0,09 -100,00

 

Principais Produtos Importados pelo Brasil em Março de 2016

Os três principais produtos mais comprados pelo Brasil em março de 2016 foram, pela ordem de valores gastos, Medicamentos para medicina Humana e Veterinária (US$ 577 milhões ou 4,99% do total importado), Partes e peças para veículos (US$ 403 milhões ou 3,49%) e Óleos brutos de petróleo (US$ 277 milhões ou 2,40%). Na comparação Março 2016/15, as compras de Medicamentos subiram 13,58%, Partes e peças para veículos decresceram 25,09% e Óleos brutos de petróleo tiveram forte queda de -49,08%.

Principais Produtos Março 2016 Março 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 11.559 100,00 16.519 100,00 -30,03
     Medicamentos humanos e veterinários 577 4,99 508 3,08 13,58
     Óleos brutos de petróleo 277 2,40 544 3,29 -49,08
     Automóveis de passageiro 270 2,34 540 3,27 -50,00
     Partes e peças para veículos 403 3,49 538 3,26 -25,09
     Inseticidas, formicidas e herbicidas 76 0,66 109 0,66 -30,28
     Óleos combustíveis 317 2,74 396 2,40 -19,95
     Compostos heterocíclicos, seus sais e sulfonamidas 174 1,51 156 0,94 11,54
     Cloreto de potássio 213 1,84 141 0,85 51,06
     Adubos ou fertilizantes 183 1,58 105 0,64 74,29
     Motores, geradores e transformadores eletrônicos e suas partes  145 1,25 289 1,75 -49,83
     Circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos 233 2,02 365 2,21 -36,16
     Instrumentos e aparelhos de medida e verificação 185 1,60 239 1,45 -22,59
     Partes de motores e turbinas para aviação 206 1,78 193 1,17 6,74
     Partes de aparelhos transmissores ou receptores 97 0,84 265 1,60 -63,40
     Gás natural 117 1,01 218 1,32 -46,33
     Gás natural liquefeito 97 0,84 265 1,60 -63,40
     Hulhas não aglomeradas 113 0,98 241 1,46 -53,11
     Rolamentos e engrenagens 149 1,29 199 1,20 -25,13
     Circuitos impressos para telefonias 190 1,64 353 2,14 -46,18
     Nafta 201 1,74 381 2,31 -47,24
     Bombas, compressores, ventiladores e suas partes 105 0,91 171 1,04 -38,60
     Polímeros de etileno, propileno e estireno 129 1,12 192 1,16 -32,81
     Outros 7.102 61,44 10.111 61,21 -29,76

 

Principais Países Vendedores das Importações Brasileiras em Março de 2016

O principal país fornecedor de importações brasileiras em março de 2016 foram os Estados Unidos da América: US$ 2,076 bilhões em valores absolutos – o equivalente a 17,96% do total importado ao longo do mês. Na comparação com março de 2015, houve uma queda considerável de -19,97% no valor das importações brasileiras made in USA.

A China foi o segundo país que mais forneceu produtos para o Brasil em março, respondendo por 16,67% do valor total importado pelo país. Foram US$ 1,927 bilhão em valores absolutos. Na comparação com março de 2015, houve retração de -39,65% frente ao valor total vendido pela China.

A Argentina tomou a terceira colocação de principal fornecedor do Brasil, tendo fornecido 7,30% (ou US$ 844 milhões) sobre o valor total importado. Na comparação com março de 2015, houve queda de -23,69% no valor total de pedidos de compra realizados à Argentina.

PAÍSES VENDEDORES Março 2016 Março 2015 VARIAÇÃO
US$ Milhões % US$ Milhões % %
Importação Total 11.559 100,00 16.519 100,00 -30,03
     China 1.927 16,67 3.193 19,33 -39,65
     Estados Unidos 2.076 17,96 2.594 15,70 -19,97
     Argentina 844 7,30 1.106 6,70 -23,69
     Alemanha 853 7,38 1.053 6,37 -18,99
     França 336 2,91 391 2,37 -14,07
     México 300 2,60 466 2,82 -35,62
     Japão 285 2,47 484 2,93 -41,12
     Coreia do Sul 326 2,82 632 3,83 -48,42
     Itália 313 2,71 401 2,43 -21,95
     Índia 207 1,79 423 2,56 -51,06
     Espanha 208 1,80 262 1,59 -20,61
     Reino Unido 174 1,51 200 1,21 -13,00
     Suíça 149 1,29 220 1,33 -32,27
     Nigéria 131 1,13 303 1,83 -56,77
     Canadá 219 1,89 155 0,94 41,29
     Países Baixos 190 1,64 208 1,26 -8,65
     Rússia 134 1,16 233 1,41 -42,49
     Bolívia 119 1,03 222 1,34 -46,40
     Taiwan (Formosa) 124 1,07 220 1,33 -43,64
     Arábia Saudita 95 0,82 28 0,17 239,29
     Malásia 105 0,91 149 0,90 -29,53
     Tailândia 101 0,87 182 1,10 -44,51
     Bélgica 116 1,00 122 0,74 -4,92
     Vietnã 138 1,19 217 1,31 -36,41
     Indonésia 104 0,90 128 0,77 -18,75
     Argélia 138 1,19 174 1,05 -20,69
     Demais países 1.847 15,98 2.753 16,66 -32,91

 

Últimas Notícias sobre as Importações Brasileiras

No Articles Found
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20210414 10:48:20