Mercado de Câmbio Brasileiro em 20 de Março de 2014

O dólar comercial fechou em queda de 0,95% nesta quinta-feira, cotado a R$ 2,327 na venda e a R$ 2,3249 na compra. É o menor valor desde 06 de março, quando a moeda norte-americana encerrou o dia a R$ 2,321. 

Data Compra Venda % Variação Variação Máximo Mínimo
20/03/14 2,3249 2,3267 -0,95% -0,0223 2,3545 2,3232

Dados positivos sobre a economia dos Estados Unidos geraram otimismo no mercado, fazendo com que os investidores preferissem aplicar em negócios de maior risco, colocando dinheiro no Brasil. Entradas de dólares no país fazem com que a moeda norte-americana fique mais barata em relação ao real. 

Além disso, o Banco Central brasileiro manteve sua política intervencionista no mercado de câmbio, ofertando contratos de swap cambial, equivalentes à venda futura de dólares.

Publicidade

Abertura do Mercado de Câmbio

O dólar abriu em alta nesta quinta-feira, ainda sob efeito do novo corte no programa de compra de títulos públicos patrocinado pelo banco central norte-americano (Federal Reserve) anunciado na vespera. 

A moeda norte-americana abriu com valorização de 0,15%, cotado a R$ 2,3524 na venda e R$ 2,3515 na compra. 

 

Federal Reserve 

Havia cautela no mercado por conta da sinalização do Federal Reserve de que pode elevar as taxas de juros já em 2015.

Janet Yellen, presidente da instituição indicou que pode começar a elevar a taxa de juros em torno de seis meses depois de encerrar o programa de compra mensal de títulos. Desde dezembro, o banco central anunciou três cortes de US$ 10 bilhões no estímulo, atualmente em US$ 55 bilhões.

O mercado reagiu às declarações, entendendo que o aumento nos juros pode vir mais cedo do que se esperava, atraindo recursos atualmente aplicados em economias emergentes de volta para a maior economia do mundo. 

 

Indicadores Econômicos dos Estados Unidos

O humor dos investidores estrangeiros melhorou depois da divulgação de novos dados sobre a economia dos EUA.

O Federal Reserve de Filadélfia informou que seu índice de atividade empresarial acelerou em março, indicando que a economia está se recuperando do recente arrefecimento provocado pelo clima. O indicador, que afere a atividade industrial na região centro-leste dos EUA, recuperou-se para 9,0% em março, ante -6,3% registrado em fevereiro. Qualquer leitura acima de zero indica expansão na manufatura da região.

Em outro relatório, o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos informou que apenas 320.000 pessoas entraram com pedidos de auxílio-desemprego na semana passada – 5.000 pessoas a mais do que o registrado na semana anterior e 5.000 pessoas a menos do que o projetado pelos economistas. Foi um dos menores crescimentos semanais dos últimos três meses.

 

Banco Central (BC)

No Brasil, a constante atuação do Banco Central brasileiro ajudava a conter as oscilações do câmbio. Nesta sessão, o BC deu continuidade às intervenções diárias vendendo a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares. Foram 1 mil contratos para 01 de outubro e 3 mil para 01 de dezembro deste ano, com volume equivalente a US$ 198 milhões.

Além disso, também vendeu a oferta total de até 10 mil swaps para a rolagem dos vencimentos em 01 de abril. Com isso, a autoridade monetária já rolou cerca de 45% do lote total para o próximo mês, equivalente a US$ 10,148 bilhões.

 

Fechamento do Mercado de Câmbio

O dólar fechou perto da estabilidade nesta quarta-feira, acompanhando a piora do humor nos mercados internacionais após a divulgação da ata do BC dos EUA, que decidiu reduzir os estímulos à economia e deu indicações de que pode subir os juros antes do esperado pelo mercado.

A moeda norte-americana fechou em queda de 0,3%, a R$ 2,3490 na venda e R$ 2,3475 na compra.

Na semana, a moeda tem queda de 0,11% e no ano, de 0,36%. Em março há alta de 0,17%.

 

Fluxo Cambial

O bom momento do real ante o dólar pode ser explicado pelo fluxo cambial positivo acumulado na primeira quinzena de março. No mês, a entrada de dólares superou a retirada da moeda no país em US$ 3,016 bilhões. O fluxo comercial registra um saldo positivo de US$ 890 milhões. Com um desempenho ainda melhor, o fluxo financeiro apresenta um superávit de US$ 2,125 bilhões.

 

Fechamento do Mercado de Câmbio

O dólar fechou em queda nesta quinta-feira, com investidores aproveitando para comprar mais reais por conta do aumento do apetite por risco em função dos dados positivos sobre a economia norte-americana.

A moeda norte-americana caiu 0,95%, para R$ 2,3267 na venda e R$ 2,3249 na compra. A divisa acumula queda de 1,06% na semana; de 0,78% em março e de 1,31% no ano.

Lista Completa de Cotações Intraday

Data Compra Venda % Variação Variação Máximo Mínimo
09:09:00 2,3517 2,3524 0,15% 0,0034 2,3517 2,3517
09:19:00 2,3545 2,3560 0,30% 0,0070 2,3545 2,3517
09:29:00 2,3545 2,3560 0,30% 0,0070 2,3545 2,3517
09:39:00 2,3520 2,3535 0,19% 0,0045 2,3545 2,3517
09:49:00 2,3520 2,3535 0,19% 0,0045 2,3545 2,3517
09:59:00 2,3490 2,3505 0,06% 0,0015 2,3545 2,3490
10:09:00 2,3490 2,3505 0,06% 0,0015 2,3545 2,3490
10:19:00 2,3450 2,3465 -0,11% -0,0025 2,3545 2,3450
10:29:00 2,3463 2,3472 -0,08% -0,0018 2,3545 2,3450
10:39:00 2,3458 2,3467 -0,10% -0,0023 2,3545 2,3450
10:49:00 2,3485 2,3500 0,04% 0,0010 2,3545 2,3450
10:59:00 2,3458 2,3467 -0,10% -0,0023 2,3545 2,3450
11:09:00 2,3400 2,3415 -0,32% -0,0075 2,3545 2,3400
11:19:00 2,3385 2,3400 -0,38% -0,0090 2,3545 2,3385
11:29:00 2,3405 2,3420 -0,30% -0,0070 2,3545 2,3385
11:39:00 2,3427 2,3434 -0,24% -0,0056 2,3545 2,3385
11:49:00 2,3427 2,3434 -0,24% -0,0056 2,3545 2,3385
11:59:00 2,3410 2,3417 -0,31% -0,0073 2,3545 2,3385
12:09:00 2,3397 2,3404 -0,37% -0,0086 2,3545 2,3385
12:19:00 2,3408 2,3417 -0,31% -0,0073 2,3545 2,3385
12:29:00 2,3363 2,3372 -0,50% -0,0118 2,3545 2,3363
12:39:00 2,3390 2,3396 -0,40% -0,0094 2,3545 2,3363
12:49:00 2,3350 2,3365 -0,53% -0,0125 2,3545 2,3350
12:59:00 2,3343 2,3353 -0,58% -0,0137 2,3545 2,3343
13:09:00 2,3337 2,3344 -0,62% -0,0146 2,3545 2,3337
13:19:00 2,3337 2,3344 -0,62% -0,0146 2,3545 2,3337
13:29:00 2,3287 2,3294 -0,83% -0,0196 2,3545 2,3287
13:39:00 2,3267 2,3274 -0,92% -0,0216 2,3545 2,3267
13:49:00 2,3232 2,3239 -1,07% -0,0251 2,3545 2,3232
13:59:00 2,3266 2,3279 -0,90% -0,0211 2,3545 2,3232
14:09:00 2,3290 2,3297 -0,82% -0,0193 2,3545 2,3232
14:19:00 2,3296 2,3309 -0,77% -0,0181 2,3545 2,3232
14:29:00 2,3301 2,3314 -0,75% -0,0176 2,3545 2,3232
14:39:00 2,3315 2,3330 -0,68% -0,0160 2,3545 2,3232
14:49:00 2,3275 2,3290 -0,85% -0,0200 2,3545 2,3232
14:59:00 2,3248 2,3257 -0,99% -0,0233 2,3545 2,3232
15:09:00 2,3239 2,3257 -0,99% -0,0233 2,3545 2,3232
15:19:00 2,3273 2,3282 -0,89% -0,0208 2,3545 2,3232
15:29:00 2,3242 2,3249 -1,03% -0,0241 2,3545 2,3232
15:39:00 2,3233 2,3242 -1,06% -0,0248 2,3545 2,3232
15:49:00 2,3255 2,3262 -0,97% -0,0228 2,3545 2,3232
15:59:00 2,3260 2,3280 -0,89% -0,0210 2,3545 2,3232
16:09:00 2,3264 2,3282 -0,89% -0,0208 2,3545 2,3232
16:19:00 2,3255 2,3275 -0,92% -0,0215 2,3545 2,3232
16:29:00 2,3285 2,3297 -0,82% -0,0193 2,3545 2,3232
16:39:00 2,3267 2,3274 -0,92% -0,0216 2,3545 2,3232
16:49:00 2,3249 2,3267 -0,95% -0,0223 2,3545 2,3232
16:59:00 2,3249 2,3267 -0,95% -0,0223 2,3545 2,3232
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Faça o login em ADVFN
Registrar agora

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20230204 08:37:30