Ibovespa em Setembro de 2017

O Ibovespa subiu 4,88% em Setembro de 2017, fechando cotado em 74.293,51 pontos. Ao longo do mês, a cotação do principal índice do mercado acionário brasileiro oscilou entre 70.846,02 pontos (valor mínimo registrado no pregão de 01 de Setembro de 2017) e 76.419,58 pontos (valor máximo registrado no pregão de 20 de Setembro de 2017).

Mês Fechamento Variação Variação % Mínimo Máximo Volume
Set 2017 74.293,51 3.458,46 4,88% 70.846,02 76.419,58 71.040.637

Na comparação com a cotação de fechamento do mês anterior, o Ibovespa ganhou 3.458,46 pontos de seu valor. No dia 31 de Agosto de 2017, último pregão do mês anterior, o principal índice do Mercado Bovespa fechou cotado em 70.835,05 pontos.

Por sua vez, a comparação com o mesmo mês do ano anterior mostra que o principal índice de ações do país cresceu 15.926,47 pontos nos últimos 12 meses (27,29%). No último pregão de Setembro de 2016 o Ibovespa fechou cotado em 58.367,04 pontos.

 

Principais cotações do Ibovespa em Setembro de 2017

O maior valor de fechamento do Índice Bovespa no nono mês de 2017 foi registrado no dia 20 de Setembro (76.004,15), décimo terceiro pregão do mês. Já o menor valor de fechamento ocorreu no primeiro pregão do mês, em 01 de Setembro (71.923,11).

Data Cotação Variação % Variação Mínimo Máximo Volume
29/09/17 74.293,51 726,26 0,99% 73.571,31 74.517,60 3.223.284
28/09/17 73.567,24 -229,46 -0,31% 73.276,61 74.010,52 3.178.161
27/09/17 73.796,71 -522,01 -0,70% 73.125,48 74.743,67 3.905.801
26/09/17 74.318,72 -124,75 -0,17% 74.318,72 74.971,31 3.675.693
25/09/17 74.443,48 -946,28 -1,26% 74.303,16 75.469,55 3.480.927
22/09/17 75.389,75 -214,59 -0,28% 75.028,83 75.734,16 2.888.306
21/09/17 75.604,34 -399,81 -0,53% 75.282,24 76.251,05 3.328.387
20/09/17 76.004,15 29,97 0,04% 75.074,21 76.419,58 4.011.237
19/09/17 75.974,18 -16,23 -0,02% 75.299,63 76.071,40 3.119.726
18/09/17 75.990,41 233,89 0,31% 75.621,37 76.403,58 3.543.678
15/09/17 75.756,52 1.099,83 1,47% 74.647,74 75.820,26 4.974.194
14/09/17 74.656,68 -130,89 -0,18% 74.396,69 74.949,07 3.305.320
13/09/17 74.787,57 249,02 0,33% 74.196,43 75.146,31 3.311.948
12/09/17 74.538,55 219,33 0,30% 74.294,08 75.332,23 3.702.789
11/09/17 74.319,22 1.240,36 1,70% 73.095,62 74.635,55 3.384.611
08/09/17 73.078,85 -333,56 -0,45% 72.925,44 73.646,10 3.210.440
06/09/17 73.412,41 1.261,54 1,75% 72.156,81 73.607,91 4.373.720
05/09/17 72.150,88 22,05 0,03% 71.827,21 73.179,52 4.361.801
04/09/17 72.128,83 205,72 0,29% 71.670,89 72.141,04 2.059.764
01/09/17 71.923,11 1.088,06 1,54% 70.846,02 72.216,84 4.000.850

A maior variação positiva foi registrada no dia 06 de Setembro, quando o índice ganhou 1.261,54 pontos – um acréscimo de 1,75% ao valor de fechamento registrado na sessão de negociação do dia anterior. Por outro lado, a maior variação negativa do índice no mês foi de 946,28 pontos, registrada em 25 de Setembro, quando o Ibovespa perdeu 1,26% de seu valor.

 

Composição do Ibovespa em Setembro de 2017

Das cinquenta e nove ações que participaram da composição do Ibovespa ao longo de Setembro de 2017, quarenta e quatro registraram valorização mensal. Confira abaixo a tabela comparativa entre os valores de fechamento das ações que participam da composição do Ibovespa em 31 de Agosto e 29 de Setembro de 2017.

ATIVO Fechamento - Set/2017 Fechamento - Ago/2017 Variação Variação %
ESTC3 30,99 25,81 5,18 20,07%
LREN3 36,06 30,60 5,46 17,84%
RAIL3 12,09 10,33 1,76 17,04%
SMLE3 80,48 69,51 10,97 15,78%
BBAS3 34,90 30,70 4,20 13,68%
PETR3 15,81 13,97 1,84 13,17%
USIM5 7,78 6,89 0,89 12,92%
ELET3 19,76 17,62 2,14 12,15%
PETR4 15,30 13,65 1,65 12,09%
KROT3 20,05 17,97 2,08 11,57%
BRKM5 42,43 38,11 4,32 11,34%
CSNA3 9,61 8,69 0,92 10,59%
ELET6 22,69 20,53 2,16 10,52%
HYPE3 32,20 29,51 2,69 9,12%
QUAL3 37,90 34,85 3,05 8,75%
LAME4 19,25 17,77 1,48 8,33%
BVMF3 23,95 22,12 1,83 8,27%
RADL3 75,00 69,35 5,65 8,15%
ITSA4 11,03 10,20 0,83 8,14%
ITUB4 43,35 40,35 3,00 7,43%
BRFS3 45,67 42,52 3,15 7,41%
KLBN11 18,35 17,12 1,23 7,18%
ECOR3 11,41 10,70 0,71 6,64%
ABEV3 21,04 19,86 1,18 5,94%
NATU3 31,20 29,50 1,70 5,76%
CYRE3 13,80 13,18 0,62 4,70%
SUZB5 18,31 17,50 0,81 4,63%
WEGE3 21,40 20,46 0,94 4,59%
BBDC4 35,05 33,58 1,47 4,38%
PCAR4 75,00 71,99 3,01 4,18%
BBDC3 33,40 32,25 1,15 3,57%
SBSP3 33,28 32,15 1,13 3,51%
BRML3 14,07 13,60 0,47 3,46%
VIVT4 50,47 48,84 1,63 3,34%
BBSE3 28,63 27,72 0,91 3,28%
FIBR3 42,85 41,79 1,06 2,54%
UGPA3 75,31 73,45 1,86 2,53%
TIMP3 11,55 11,28 0,27 2,39%
MRVE3 13,76 13,49 0,27 2,00%
CCRO3 17,71 17,46 0,25 1,43%
CPFE3 27,22 27,09 0,13 0,48%
EGIE3 36,25 36,10 0,15 0,42%
MULT3 73,33 73,09 0,24 0,33%
EQTL3 61,25 61,12 0,13 0,21%
EMBR3 17,89 17,93 -0,04 -0,22%
ENBR3 15,14 15,24 -0,10 -0,66%
TAEE11 22,25 22,50 -0,25 -1,11%
SANB11 27,64 28,04 -0,40 -1,43%
CPLE6 28,23 28,74 -0,51 -1,77%
JBSS3 8,50 8,67 -0,17 -1,96%
CIEL3 21,98 22,43 -0,45 -2,01%
RENT3 57,71 59,55 -1,84 -3,09%
CMIG4 7,98 8,38 -0,40 -4,77%
CSAN3 36,20 38,59 -2,39 -6,19%
GOAU4 5,29 5,66 -0,37 -6,54%
GGBR4 11,04 11,85 -0,81 -6,84%
VALE3 31,87 35,08 -3,21 -9,15%
MRFG3 6,47 7,13 -0,66 -9,26%
BRAP4 24,10 26,88 -2,78 -10,34%

A composição do Ibovespa é revisada a cada quatro meses. Para o período entre Setembro e Dezembro de 2017 apenas duas alterações foram realizadas na composição do indicador em relação ao quadrimestre anterior: a saída da ação preferencial da Vale (VALE5) e a entrada das units da Taesa (TAEE11).

As ações ordinárias da Estácio lideraram as altas do mês de Setembro, com avanço de 20,07%. Foram seguidas por Lojas Renner ON (17,84%), Rumo ON (17,04%), Smiles ON (15,78%), Banco do Brasil ON (13,68%) e Petrobras ON (13,17%).

Na ponta negativa, as piores quedas do índice no nono mês do ano foram registradas por Bradespar PN (-10,34%), Marfrig ON (-9,26%), Vale ON (-9,15%), Gerdau PN (-6,84%) e Gerdau Met PN (-6,54%).

Das 59 ações de empresas que compõem o principal índice de ações do país, 15 acumularam desvalorização em Setembro.

 

O dia a dia do Ibovespa em Setembro de 2017

Confira abaixo o que ocorreu em cada dia de cotação do Ibovespa mercado de ações brasileiro ao longo de Setembro de 2017.

Ibovespa em 01 de Setembro de 2017 - Ibovespa começa setembro com alta de 1,54%

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, iniciou o mês de agosto em alta e retomou o patamar de 66 mil pontos, em sessão de destaque para as ações da Suzano Papel e Celulose, que lideraram os ganhos, após o conselho de administração da empresa aprovar migração para o segmento Novo Mercado da B3.

Ibovespa em 04 de Setembro de 2017 - Ibovespa fecha com leve alta, ultrapassando os 72 mil pontos

Com a Bolsa americana fechada por causa feriado nos Estados Unidos e as tensões geopolíticas se formando graças ao teste nuclear da Coreia do Norte, os investidores se mostraram cautelosos hoje. O Ibovespa fechou com leve alta e sem grandes movimentações.

Ibovespa em 05 de Setembro de 2017 - Depois de atingir a maior alta desde 2008 durante o dia, Ibovespa fecha estável

Depois de ultrapassar os 73.000 pontos no começo do dia, chegando a 73.969,18 pontos às 10h26min, o maior nível desde 2008, com o anúncio da possibilidade de anulação do acordo da JBS  com a Procuradoria Geral da República, o Ibovespa fechou o dia de forma estável, perdendo o folego por causa do mercado externo.

Ibovespa em 06 de Setembro de 2017 -Ibovespa fecha em alta de 1,75% após aprovação da TLP

Após encostar no pagar máximo histórico de maio de 2008, o Ibovespa fechou em alta. A aprovacão da TLP e das novas metas ficais incentivam os investidores a adotarem uma postura mais confiante da economia nacional.

Ibovespa em 08 de Setembro de 2017 - Ibovespa fecha com queda de 0,45%

Após as recentes altas e a proximidade com as máximas históricas, o Ibovespa fechou o dia em queda, já que os investidores aproveitaram para arrecadar seus lucros.

Ibovespa em 11 de Setembro de 2017 - Ibovespa quebra recorde histórico e passa dos 74.000 pontos

Com um cenário internacional tranquilo e o governo ganhando confiança, o Ibovespa superou em 1,09% o patamar histórico de fechamento de 20 de maio de 2008, quando atingiu 73.516 pontos.

Ibovespa em 12 de Setembro de 2017 - Ibovespa atinge nova máxima histórica pelo segundo dia consecutivo

O Ibovespa atingiu um novo patamar histórico de fechamento pelo segundo dia consecutivo. Ao longo do dia, ele chegou a ultrapassar os 75.000 pontos, mas perdeu a força com novas preocupações políticas relacionadas ao presidente Michel Temer.

Ibovespa em 13 de Setembro de 2017 - Bovespa fecha com 3º dia seguido de recorde na cotação

O Ibovespa fechou hoje renovando a máxima histórica pelo terceiro dia seguinte, graças à prisão do Wesley Batista, presidente da JBS. Por outro lado, o novo inquérito contra o presidente Michel Temer no STF também preocupam os investidores.

Ibovespa em 14 de Setembro de 2017 - Após três dias de recorde, Ibovespa fecha com queda

Mesmo com as máximas recordes nos últimos três pregões, o Ibovespa fechou o dia com queda. Além dos investidores estarem retirando seus lucros recentes, o cenário político nacional gerou com a possibilidade de uma nova denúncia de Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer.

Ibovespa em 15 de Setembro de 2017 - Ibovespa fecha com recorde acima de 75.700 pontos

Mesmo com um cenário político agitado após a denúncia contra o presidente Michel Temer, o Ibovespa fechou mais 75.700 pontos, renovando o seu patamar recorde pela quarta vez nesta semana.

Ibovespa em 18 de Setembro de 2017 - Bovespa renova pela quinta vez seu recorde de pontuação

O Ibovespa quebrou novamente o recorde de pontuação, chegando a ultrapassar ao longo do dia os 76.000 pontos pela primeira vez na história. O cenário externo favorável a ativos de risco sustentou a alta de hoje.

Ibovespa em 19 de Setembro de 2017 - Com cautela no cenário político, Ibovespa permanece estável

O Ibovespa permaneceu estável, após ter começado a semana quebrando recordes. Os investidores estão evitando grandes apostas na expectativa pela decisão, que deve sair amanhã, do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer.

Ibovespa em 20 de Setembro de 2017 - Com leve variação, Ibovespa fecha acima dos 76.000 pela primeira vez

O Ibovespa passou o dia oscilando entre altas e baixas, mas mesmo assim foi capaz de renovar a marca histórica. As expectativas sobre a taxa de juros do banco central dos Estados Unidos e o julgamento da denúncia contra o presidente Temer no STF movimentaram o indicador hoje. 

Ibovespa em 21 de Setembro de 2017 - Pressionada por Vale e Petrobras, Ibovespa fecha em queda

O Ibovespa fechou em queda, após ter renovado o patamar histórico ontem. Mesmo que os dados econômicos apresentem uma desaceleração da inflação no Brasil, tanto a Vale quanto a Petrobras pressionaram o mercado hoje.

Ibovespa em 22 de Setembro de 2017 - Ibovespa fecha em queda após semana em alta

O Ibovespa começa a cair depois de duas semanas de altas históricas. O cenário geopolítico externo está conturbado com as novas ameaças da Coreia do Norte, enquanto internamente os investidores aguardam o desenrolar da denúncia contra Temer. 

Ibovespa em 25 de Setembro de 2017 - Bovespa fecha em queda diante da denúncia contra Temer

O Ibovespa fechou o dia em queda, após o mercado passar o dia concentrada na leitura da denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados. 

Ibovespa em 26 de Setembro de 2017 - Ibovespa continua em queda pelo quarto dia seguido

Com cautela diante da leitura da denúncia contra o presidente Michel Temer, o Ibovespa continua a cair com leve variação.

Ibovespa em 27 de Setembro de 2017 - Ibovespa cai novamente de olho no cenário político

Ao mesmo tempo em que os investidores repercutiram os leilões das áreas de petróleo, gás e das hidrelétricas pertencentes à Cemig, o mercado se mostrou preocupado com cenário político, influenciando negativamente o Ibovespa. 

Ibovespa em 28 de Setembro de 2017 - Bovespa cai com atraso nas reformas

O Ibovespa continuou em queda, após mais um dia com um cenário interno pessimista. As negociações do governo para barrar a denúncia contra o presidente Temer indicam um atraso no avanço das reformas. 

Ibovespa em 29 de Setembro de 2017 - Bovespa volta a subir após seis quedas seguidas

Para fechar a semana, o Ibovespa voltou a subir, como um movimento de ajuste. Ao mesmo tempo, o cenário externo começa a se mostrar um pouco menos propenso ao risco.

Páginas Relacionadas

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:41 V:br D:20180821 20:14:05