ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Como funciona o FOREX?

A operação no FOREX envolve a compra de uma moeda e a simultânea venda de outra, ou seja, as moedas são negociadas em pares, por exemplo: dólar e iene (USD/JPY), ou mesmo real e dólar. O investidor não compra dólares ou ienes, fisicamente, mas uma relação monetária de troca entre eles.

Assim, quando alguém faz uma operação nesse mercado, não está comprando uma determinada divisa, mas um determinado par, uma taxa de câmbio entre duas moedas. Graças à flutuação nessas taxas, com a variação do valor relativo entre as moedas estrangeiras (ou entre a moeda nacional e as moedas estrangeiras), podem ser estruturadas diferentes estratégias de investimento, que podem resultar em lucros ou em prejuízos. Normalmente, as cotações das moedas não variam drasticamente em curto espaço de tempo.

 

Alavancagem

A maioria das corretoras autorizadas a operar no mercado de FOREX oferecem a utilização de margem para operar, mecanismo de alavancagem que permite negociar um volume maior de dinheiro aplicando apenas uma fração dos valores negociados.

Como a operação é liquidada apenas pela diferença entre as valorizações de diferentes moedas, não é necessário que o investidor tenha disponível todo o montante de recursos envolvido na operação. O FOREX permite que seja depositada, efetivamente, apenas uma margem para cobrir as variações diárias dos pares de moedas.

A margem dá ao investidor maior poder para operar, podendo, assim, realizar operações de grande valor.

Os altíssimos níveis de alavancagem adicionam um risco altíssimo a negociadores despreparados, que por muitas vezes, preocupam-se apenas com a possibilidade de grandes lucros, esquecendo-se que o mesmo fator multiplicará os prejuízos.