Taxa de Administração no Tesouro Direto

A instituição financeira que você escolheu para intermediar a transação pode ou não cobrar uma taxa pela administração do serviço. A taxa cobrada pela instituição financeira (Agente de Custódia) é livremente pactuada com o investidor.

A taxa pode ser uma cobrada anualmente, semestralmente ou por operação. A modalidade mais comum é a cobrança anual da taxa de administração. Algumas instituições financeiras nem chegam a cobrar qualquer taxa.

Clique aqui e conheça o valor da taxa cobrada por todas as instituições financeiras habilitdas no Tesouro Direto.

No primeiro ano de aplicação (no caso das taxas anuais), a taxa de administração é cobrada no momento da compra dos títulos, sobre o valor da transação (preço unitário dos títulos vezes a quantidade adquirida). Essa taxa é vigente até D+2+365 dias (onde D é o dia da compra). Caso o investidor venda o título antes de completar um ano de sua aquisição, essa taxa não é devolvida. Caso o título adquirido tenha prazo de vencimento inferior a um ano, a taxa cobrada no momento da compra é proporcional ao prazo do papel.

Para os demais anos de aplicação (ainda em relação às taxas anuais), as taxas passam a ser acumuladas diariamente e, por isso, são proporcionais ao período em que o investidor mantiver os títulos em carteira.

 

Quando ocorre a cobrança da taxa de administração?

Em relação ao modo de cobrança, em regra geral, para títulos adquiridos a partir de 06 de abril de 2009, as taxas são cobradas no primeiro dia útil de janeiro ou de julho, quando o valor das taxas de toda a carteira ultrapassar R$ 10,00, ou, por título, na ocorrência de um evento de custódia (pagamento de juros e vencimento do título) ou na venda antecipada, o que ocorrer primeiro. Enquanto esses eventos não ocorrem, as taxas devidas são diariamente acumuladas no extrato, sob o status de devida, o que, não quer dizer que é exigido o pagamento imediato. As informações sobre o recolhimento dos recursos para o pagamento das taxas devem ser obtidas junto à sinstituição financeira (Agente de Custódia).

De maneira detalhada, a cobrança ocorre da seguinte maneira:

1) Em eventos de custódia (resgate do principal, pagamento de juros) e venda antecipada, o que ocorrer primeiro, são cobradas as taxas acumuladas até então, relativas aos títulos envolvidos na operação, independente do valor acumulado por título; e

2) Quando a soma das taxas devidas de todos os títulos em carteira à BM&FBovespa e à instituição financeira (Agente de Custódia), por conta (em cada Agente de Custódia), ultrapassar R$ 10,00, será feita a cobrança no 1º dia útil de janeiro ou 1º dia útil de julho, o que ocorrer primeiro.

Clique aqui e conheça o valor da taxa cobrada por todas as instituições financeiras habilitdas no Tesouro Direto.

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20201128 02:04:15