Tesla compra US$ 1,5 bilhão em bitcoin e planeja começar a aceitá-lo como pagamento por produtos

LinkedIn

A Tesla anunciou na segunda-feira (08) que comprou US$ 1,5 bilhão em bitcoins, de acordo com um arquivamento da SEC.

A empresa disse que comprou bitcoins para “ter mais flexibilidade para diversificar e maximizar o retorno sobre nosso caixa”, de acordo com o documento. Além da compra, a Tesla disse que também passaria a aceitar pagamentos em bitcoin em troca de seus produtos. Isso tornaria a Tesla a primeira grande montadora a aceitar bitcoin como forma de pagamento.

A mudança levantou questões imediatas sobre o comportamento do CEO Elon Musk no Twitter nas últimas semanas, onde ele foi creditado por aumentar os preços de criptomoedas como bitcoin e dogecoin, postando mensagens positivas sobre eles e, portanto, incentivando mais pessoas a comprar.

Os preços do Bitcoin subiram para novas máximas na segunda-feira após o anúncio da Tesla, atingindo um preço de pelo menos US$ 43.200. As ações da Tesla subiram mais de 2% no pré-mercado. A Tesla alertou os investidores sobre a volatilidade do preço do bitcoin em seu registro na SEC.

A mudança da Tesla na segunda-feira representa um investimento de uma porcentagem significativa de seu dinheiro no investimento. A empresa tinha mais de US$ 19 bilhões em dinheiro e equivalentes em caixa no final de 2020, de acordo com seu arquivo mais recente.

Deixe um comentário