Investing.com – Com foco no processo de expansão, o Banco Inter (BOV:BIDI4) vai ter um parceiro estrangeiro, que irá contribuir para que a instituição deixe de ser só um banco digital e passe a ser também um fornecedor de serviços não financeiros. As informações são da edição desta sexta-feira da Coluna do Broad, do Estadão.

De acordo com a publicação, o processo foi iniciado assim que o banco obteve a autorização do governo para permitir a participação estrangeira no capital, o que estava impedindo a formação da parceria.

Com isso, informa o jornal, o Inter já entrou em contato com outras instituições para comandar esse procedimento. Uma possibilidade seria a entrada de um investidor estrangeiro por meio da realização de uma oferta secundária de ações (follow on) ou um Private Investment in Public Company (PIPE) no exterior

A coluna lembra ainda que o banco prepara, para o segundo semestre, o lançamento de um super app, uma plataforma para reunir vários aplicativos de serviços não financeiros.

O presidente do Inter, João Vítor Menin, destaca que existe a possibilidade de os serviços bancários deixem de ser protagonistas com a chegada do novo negócio, o que, segundo ele, justificaria a abertura de capital.

A coluna destaca ainda que um potencial parceiro do Inter seria o japonês Softbank, que está disposto a investir US$ 5 bilhões na América Latina.

BANCO INTER PN (BOV:BIDI4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2020 até Ago 2020 Click aqui para mais gráficos BANCO INTER PN.
BANCO INTER PN (BOV:BIDI4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2019 até Ago 2020 Click aqui para mais gráficos BANCO INTER PN.