Bom dia, Investidor! 10 de setembro de 2019

Data : 10/09/2019 @ 09:38
Fonte :ADVFN News
Ativo : Petrobras PN (PETR4)
Cotação : 27.04  -0.25 (-0.92%) @ 19:45
Cotação Gráfico

Bom dia, Investidor! 10 de setembro de 2019




Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Oi (BOV:OIBR4): A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) deve analisar hoje as emendas do Plenário ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 79/2016, que modifica a Lei Geral de Telecomunicações (Lei 9.472, de 1997). A relatoria é da senadora Daniella Ribeiro (PP-PB) e a reunião da comissão está marcada para as 14h30. Essa alteração vem sendo considerada essencial para que a Oi consiga dar andamento no seu plano de recuperação judicial, com uma possível venda de suas operações.

Banrisul (BOV:BRSR6): O banco estatal Banrisul informou em fato relevante a realização de uma oferta pública de distribuição secundária de 96.323.426 ações ordinárias pertencentes ao Governo do Rio Grande do Sul. Com base na cotação de 9 de setembro, de R$ 23,18 por ação, o montante da oferta poderia atingir R$ 2,232 bilhões. O preço, porém, será fechado dia 17 de setembro.

Petrobras (BOV:PETR3)(BOV:PETR4): A coluna da Miriam Leitão no jornal O Globo destaca que a Petrobras tem como meta a redução da sua dívida dos atuais US$ 100 bilhões para US$ 60 bilhões em dois anos. Mesmo sendo considerada agressiva pelo setor, é o valor que a companhia está esperando, pontua a colunista.

Vale (BOV:VALE3): A agência de classificação de risco Fitch manteve o rating da Vale em BBB-, mas removeu a observação negativa, o que indica uma perspectiva estável para a nota de crédito da companhia. A revisão da nota reflete as menores incertezas, diante da maior visibilidade quanto às multas e reparações por conta do desastre do rompimento da barragem de Brumadinho no início deste ano.

Braskem (BOV:BRKM5): A Braskem informou ontem que a BlackRock adquiriu ações da companhia, atingindo, de forma agregada, 17.411.659 ações preferenciais classe A, representando 5,04% do total desta classe de papeis. Além disso, a gestora atingiu 1.212.230 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações preferenciais classe A com liquidação financeira, representando aproximadamente 0,35% do total de ações preferenciais classe A.

Suzano (BOV:SUZB3) | Klabin (BOV:KLBN11): Os preços da celulose de fibra curta (BHKP) na China atingiram hoje US$ 478,25 a tonelada, montante estável na comparação semanal e US$ 17,6 menos na comparação mensal, segundo relatório a clientes publicado pelo Itaú BBA. Já a fibra longa (NBSK) na China atingiu US$ 568,11, retração de US$ 2,2 na semana e de US$ 3,9 no mês.

Usiminas (BOV:USIM5): A Coluna do Broadcast traz que o conglomerado japonês Nippon Steel já se prepara para a indicação da presidência da Usiminas. Com 31% de participação, os japoneses teriam, como “plano A”, diz a coluna, o nome do executivo Roberto Maia para o cargo. Essa alteração, porém, seria apenas em 2022.

Recomendação de ativos

Neoenergia (BOV:NEOE3): O BB Investimentos iniciou a cobertura das ações da Neoenergia com recomendação market perform (desempenho em linha com a média do mercado) e preço-alvo de R$ 22,30 – upside (potencial de valorização) de 10,6% em relação ao último fechamento.

Notícias

Commodities

Minério de ferro: A jornada desta terça-feira foi marcada por uma nova valorização nas cotações dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo encerrou a 655,50 iuanes por tonelada, ganhos de 3,31%.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em Outubro, foram negociados na entrega a US$ 58,17 por barril no momento da escrita, avançando 0,55%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro caíram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em dezembro, encerraram a jornada a US$ 1.497,95 por onça troy, recuando 0,87%.

Dólar

O dólar opera em queda nesta terça-feira (10), na contramão do movimento da véspera. Às 9h03, a moeda norte-americana caía 0,1%, a R$ 4,0945.Na segunda-feira, o dólar fechou em alta de 0,49%, a R$ 4,0985, acumulando alta de 5,79% no ano.

Agenda econômica

■ Indicadores Nacionais

  • Primeira prévia do índice IGP-M (setembro) – FGV

■ Indicadores Internacionais

  • Reino Unido – Taxa de desemprego mensal (julho)
  • EUA – Indice Redbook mensal (agosto) 
  • EUA – Variação semanal de estoques de petróleo – API

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
USIM5  +8,08% R$ 8,24
SUZB3  +6,57% R$ 31,62
GGBR4  +5,47% R$ 13,11
CYRE3 -6,41% R$ 21,90
BTOW3  -5,64% R$ 43,50
VVAR3  -5,01% R$ 7,01

 

Petrobras (BOV:PETR4)
Gráfico Histórico do Ativo

1 Ano : De Set 2018 até Set 2019

Click aqui para mais gráficos Petrobras.

Petrobras (BOV:PETR4)
Gráfico Intraday do Ativo

Hoje : Sábado, 21 de Setembro de 2019

Click aqui para mais gráficos Petrobras.
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Cotações da NYSE e AMEX têm defasagem de no mínimo 20 minutos.
Quaisquer outras cotações têm defasagem de no mínimo 15 minutos quando não especificado.
Em caso de dúvidas por favor entre em contato com o suporte: suporte@advfn.com.br ou (11) 4950 5808.
P: V:br D:20190921 19:25:06