A Superintendência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou a compra pela Gerdau (BOV:GGBR4) de 96,3% das ações da Siderúrgica Latino-Americana (Silat), negócio de US$ 110,8 milhões

O negócio, no valor de US$ 110,8 milhões, sujeito a ajustes, foi anunciado em novembro do ano passado.

O órgão antitruste verificou que a compra poderá superar o domínio mínimo de alguns mercados, nos quais a Gerdau (BOV:GGBR3) deverá ficar com pouco mais de 30%. Mas empresas do setor ouvidas pelo Cade não apontaram potencial prejuízo a suas atividades.

O grupo Dimensão alegou à Superintendência que “o mercado é competitivo, mas sempre regionalmente, pois fretes muito altos impedem a entrada de fornecedores de outras regiões”. Já a Catatau Aço disse que esse setor “é competitivo, pois existem vários pequenos fabricantes desse produto”.

A ArcelorMittal também disse que o mercado é competitivo porque além das usinas produtoras, existem diversos fabricantes independentes. A Ferronorte seguiu a mesma linha, ao afirmar que existem centenas de fabricantes no mercado.

“Considerando que é um produto que não exige certificação compulsória, as pequenas empresas têm maior facilidade para entrar no ramo”, ressaltou a companhia.

Assim, a Superintendência verificou que, apesar de a Gerdau ter forte participação neste setor, outras companhias poderão continuar competindo com ela. “Entendeu-se inexistirem indícios de que a operação geraria aumento de probabilidade de exercício de poder de mercado”, concluiu esse órgão antitruste ao dar aval a esse negócio.

GERDAU PN (BOV:GGBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2020 até Ago 2020 Click aqui para mais gráficos GERDAU PN.
GERDAU PN (BOV:GGBR4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2019 até Ago 2020 Click aqui para mais gráficos GERDAU PN.