A oferta inicial de ações (IPO) da construtora Plano & Plano pode movimentar mais de R$ 1 bilhão, segundo função dos coordenadores da operação.

A precificação da oferta está prevista para 15 de setembro e estreia das ações na B3 no dia 17, sob a sigla (BOV:PLPL3).

De acordo com o aviso ao mercado publicado nesta terça-feira, a faixa de estimativa de preço do negócio é de 11,75 a 15,25 reais por ação.

Consideração o preço médio dessa faixa, de 13,50 reais, e que a companhia venda todos os papéis ofertados, incluindo lotes suplementar adicional, num total de 86,17 milhões de ações, uma oferta movimentaria 1,16 bilhão de reais.

Uma operação, que prevê distribuição primária (papéis novos, recursos vão para a caixa da companhia) e secundária, (ações detidos por atuais sócios), tem Itaú BBA, Bradesco BBI, BTG Pactual, Morgan Stanley e Caixa Econômica Federal como coordenadores.

A empresa, que se apresenta como uma das maiores incorporadoras brasileiras do segmento de baixa renda, é fruto de uma joint venture formada em 2006 com a Cyrela, que será vendida na oferta secundária.