A Raia Drogasil teve lucro líquido de R$ 174,7 milhões de reais no terceiro trimestre, crescimento de 19,5% em relação ao mesmo período anterior. A rede de farmácias apresentou crescimento de 13% da receita bruta no terceiro trimestre, com aumento de 17,3% das vendas de medicamentos isentos de prescrição (OTC, na sigla em inglês) e de 15% do segmento de higiene e perfumaria. Mas o aumento das despesas operacionais e financeiras reduziu o lucro.

Em termos ajustados, o lucro cresceu 13,4%, para 172,9 milhões de reais no período.

Os resultados da Raia Drogasil (BOV:RADL3) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 11/08/2020.

Ebtida ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização –aumentou em 10,5%, para 397,2 milhões de reais, com margem de 7,4%, ligeira queda em relação aos 7,5% um ano antes.

A companhia chamou a atenção para um ganho inflacionário sobre os estoques no trimestre, em função do adiamento do aumento de preços de março para maio.

O ciclo de caixa no terceiro trimestre foi 8,9 dias maior quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Os estoques aumentaram em 2,8 dias, enquanto recebíveis aumentaram 1,8 dia.

→ A Raia Drogasil – Gente Saúde e Bem-estar, é a empresa líder no mercado brasileiro de drogarias, com mais de 1.800 lojas em 22 estados brasileiros. Foi criada em novembro de 2011 a partir da fusão entre Raia S.A. e Drogasil S.A. A RD possui R$ 37,1 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

A receita bruta consolidada alcançou 5,4 bilhões de reais, um incremento de 12,8% ante o terceiro trimestre do ano passado, com o segmento OTC (produtos de saúde que não exigem prescrição médica) sendo o destaque, com crescimento de 17,3%. A margem bruta passou de 27,7% para 27,8%.

“Conforme as medidas de distanciamento social implementadas para combater a pandemia do Covid-19 foram afrouxando ao longo do trimestre, obtivemos melhoras consideráveis nas receitas… Nosso crescimento em mesmas lojas alcançou 6,7%, enquanto lojas maduras cresceram 1,4%”, observou.

A RD inaugurou 64 lojas entre julho e setembro, 12 a mais do que no mesmo período de 2019, com 3 fechamentos, terminando o trimestre com um total de 2.223 estabelecimentos.

“Com isso, totalizamos 158 aberturas brutas em 2020 e reiteramos nosso guidance de 240 para o ano”, afirmou a companhia, também lembrando do novo guidance de 240 aberturas brutas por ano para 2021 e para 2022.

A rede registrou um fluxo de caixa livre positivo de R$ 351,8 milhões e uma geração total de caixa de R$ 331,3 milhões no terceiro trimestre.

Dos R$ 184,4 milhões investidos no trimestre, R$ 87,3 milhões foram destinados a abertura de novas lojas, R$ 37,6 milhões foram para a reforma e ampliação de lojas existentes e R$ 59,5 milhões foram para infraestrutura.

A empresa encerrou o trimestre com uma dívida líquida ajustada de R$ 1,18 bilhão, versus R$ 876,9 milhões no mesmo período de 2019. A dívida líquida ajustada sobre o Ebitda ficou em 0,9 vez, 0,2 vez maior quando comparada ao mesmo período do ano passado, mas 0,3 vez menor na base trimestral.

“Esperamos normalizar nosso nível de alavancagem financeira nos próximos dois trimestres”, afirmou.

Teleconferência

Em teleconferência com analistas, que começa teste piloto de seu “marketplace” (shopping virtual) nas próximas semanas, com dois vendedores inicialmente.

A companhia comunicou que comprou um site de pesquisa de preços de itens manipulados em farmácias pelo país, conhecido como Manipulaê.

A Raia Drogasil pretende aumentar sua área de atuação, sendo assim, vem sendo discutido pela Abrafarma, novas atuações das farmácias no país.

“Vamos ter quatro lojas com conceito completo até o fim do ano, mais focada em ‘healthy’. Não estamos falando nas regiões onde estarão”, disse Marcilio Pousada, presidente da rede, com 2,3 mil lojas no país.

O diretor da empresa Eugenio De Zagottis mencionou que a Raia Drogasil poderia, por exemplo, fazer parcerias com laboratórios para coleta de sangue em loja. “Por que não fazer coleta de sangue com parceria com laboratório como Dasa ou Fleury, com toda segurança e seguindo normas de higiene?”, perguntou, ao mencionar eventuais iniciativas para complementar os serviços da rede.

Lojas de shoppings centers

A Abrasce, informou que das 11 mil lojas que fecharam nos shoppings, 45% não voltaram a reabrir mais.

 “Tenho visitado shopping e vemos que agora no quarto trimestre ele avança com mais força”, diz Marcilio Pousada, CEO do grupo.

Sobre o 3T20, Marcílio informa que a companhia entende que o período começou “a mostrar normalidade do negócio”, disse Pousada. “Estamos enxergando a empresa agora como ela era antes do furacão”.

“Avenida Paulista é uma fração do que era, já as lojas de bairro, de vizinhança crescem. Nesse novo normal de shopping pode ser que a venda passe a ser 90% do que era antes da pandemia, e a Avenida Paulista, 70% do que era antes. E lojas de vizinhança sejam 110%, 120%, quero dizer, podem sair maiores. Então isso tudo ainda está acontecendo, as coisas estão passando por mudanças que ainda não sabemos como ficará”, disse.

Por fim, Marcílio informa que mesmo com o distanciamento no combate à pandemia, pode-se dizer quer houve melhoras nas receitas com o desenvolvimento alcançando 12,8% no valor bruto, em comparação a 6,3% de alta registrado no 2T20.

VISÃO DE MERCADO

BB Investimentos

Para o BB Investimentos, os números comprovaram a resiliência da empresa, mesmo em períodos de crise. No ano, as ações da companhia subiram 17,3%.

“Ao nosso ver, essa valorização se deve, em parte, a sua capacidade de execução superior aos seus concorrentes, dada sua habilidade de manter uma expansão acelerada combinada com manutenção de rentabilidade”, afirmou os analista Georgia Jorge.

“Nossa aposta é de que a Raia Drogasil deverá continuar sustentando essas vantagens competitivas frente à concorrência”, pontuou.

BB Investimentos eleva recomendação da RD para compra com preço-alvo em R$ 31,40…

BTG Pactual

Como esperado, a RD relatou um conjunto melhor de resultados, com o SSS (vendas nas mesmas lojas) ainda impactado pelos efeitos da Covid-19, mas acelerando em relação ao fundo do poço no 2T. A receita líquida cresceu 13% a/a (1,2% acima de nossa estimativa, com drogarias + 13,1% e 4Bio + 8,3%), com produtos OTC e HPC sendo os principais destaques, crescendo 17,3% e 15% a/a, respectivamente. Após o 1T, quando os consumidores correram para as lojas durante os primeiros dias da pandemia e uma grande desaceleração no 2T (em que o SSS caiu 2,6% a/a), a empresa relatou uma expansão de SSS de 6,7% a/a no 3T, contra 5,5 % em nossos números (ou + 1,4% nas lojas maduras). Se excluirmos as lojas em shopping centers, o SSS cresceu 10,6% no trimestre (e 5,3% nas lojas maduras). A RD registrou 64 aberturas líquidas no trimestre e reiterou seu guidance de 240 aberturas em 2021 e 2022. A empresa viu uma forte demanda em sua plataforma digital, que representou 7,1% do total das vendas no varejo no período (vs. 7,6% no 2T20 e 2,5% no 3T19), enquanto 74% das vendas digitais foram amparadas pelas lojas (através do modelo omnichannel).

A margem bruta atingiu 27,8% (+ 10 bps a/a e 10 bps abaixo de nossa projeção), ajudada por um ganho de 60 bps devido ao aumento do preço dos medicamentos desde maio, enquanto as despesas com vendas e gerais (como % da receita líquida) foram impactadas pela desalavancagem operacional, dado o desempenho de vendas ainda fraco em lojas maduras. Como resultado, o EBITDA ajustado (já considerando os efeitos do IFRS16) foi de R$ 567 milhões (alta de 9% a/a, e 3% abaixo de nossa estimativa), com margem EBITDA de 10,5% (-40 bps a/a). Por sua vez, o lucro líquido atingiu R$ 155 milhões (alta de 14% a/a), enquanto o ciclo de caixa da RD piorou em 9 dias a/a (para 65 dias) devido ao maior nível de estoque e menores prazos de fornecedores no período.

Embora os resultados trimestrais mostrem uma tendência de melhora esperada, a RD é negociada com um grande prêmio para os varejistas brasileiros (46x P/L 2021E vs. 30x para o setor), o que poderia limitar a alta de curto prazo. No entanto, sua execução superior, juntamente com um plano de expansão agressivo (em novas regiões e novos formatos), um roteiro completo de investimentos em sua plataforma digital, foco na experiência do cliente e um sólido CAGR de lucro líquido de 28% reforçam nossa visão estrutural otimista sobre o nome e nosso rating de Compra.

Guide Investimentos

De acordo com Luis Sales, analista de empresas, o Impacto é Positivo. A Raia Drogasil divulgou fortes resultados, que contaram com muitas lojas novas sendo inauguradas, crescimento da receita e grande aceleração digital.

XP Investimentos

Os resultados da Raia Drogasil vieram em linha com nossas estimativas. A receita bruta de R$ 5,4 bilhões (+ 12,8% A/A e + 11% de crescimento orgânico), ficou 2,4% abaixo de nossas estimativas, mas 3% acima do consenso de mercado. As vendas no conceito mesmas lojas da empresa aumentaram 6,7% no comparativo anual (+ 1,4% para lojas maduras) contra nossa estimativa em +5,5% (+0,5% lojas madura), enquanto este número seria de +10,6% (+ 5,63% madura) se excluíssemos as lojas de shoppings, que tem sido mais prejudicadas por medidas de restrição. O EBITDA ajustado veio em linha com nossas estimativas em R$ 397 milhões (margem EBITDA de 7,4% e aumento de 10,5% A/A), já que menores despesas operacionais, principalmente relacionadas a descontos em aluguéis nos shoppings e ajudas governamentais relacionadas a pessoal, compensaram nossa premissa de margem bruta ligeiramente superior. Por fim, o lucro líquido foi de R$175 milhões (aumento de 19,4% A/A).

Esperamos uma reação positiva do mercado, por conta da aceleração do ritmo de vendas, com vendas no conceito mesmas lojas alcançando patamares positivos, mesmo com uma base de comparação difícil (vendas mesmas lojas maduras em +7.7% no 3T19). Além disso, acreditamos que o mercado receberá bem o desempenho sólido digital, pois não perdeu tanta participação em relação ao segundo trimestre, quando as restrições e a pandemia estavam no auge.

O e-commerce continuou sendo um dos principais destaques do trimestre, atingindo 7,1% das vendas (vs. 7,6% no 2T20 e 2,7% no 1T20), reforçando que o consumidor parece realmente ter se tornado omnicanal. Segundo a administração da companhia, 431 lojas localizadas em 204 cidades já operam como mini-CDs (vs. 345 no 2T20), e concentram ~91% das vendas das lojas. Além disso, 74% das vendas digitais foram atendidas pelas lojas (por exemplo: Clique e Retire, entregas na vizinhança etc.), sendo 85% das entregas feitas em menos de 4h.

As regiões de mais alta renda vêm perdendo participação de mercado, dada a maior adesão às medidas de isolamento. Como resultado, a participação de mercado e o desempenho de vendas da RaiaDrogasil estão sendo prejudicados temporariamente, uma vez que a companhia é mais exposta a esse segmento. No entanto, com a normalização das vendas, a empresa espera recuperar a participação perdida e reduzir a diferença de desempenho. A companhia divulgou o desempenho de vendas dos diferentes formatos, com as lojas populares apresentando um crescimento de vendas mesmas lojas de +16,5% (+9,1% das lojas maduras) vs. SSS das lojas nobres de +1,4% (-2,8% das lojas maduras).

A RD reforçou sua estratégia de expandir fora de São Paulo, com lojas do formato popular representando 86% das aberturas dos últimos 12 meses. Além disso, a companhia conseguiu ganhar participação de mercado no Norte (+1,6 p.p. A/A) e no Nordeste (+0,9 p.p. A/A).

A empresa reportou geração de caixa de R$ 351 mn no trimestre, puxada pela melhora operacional combinada com um ganho de capital de giro em relação ao trimestre anterior por conta de uma redução em níveis de estoque e contas a pagar. Apesar da geração de caixa positiva, a companhia ainda está queimando caixa no acumulado do ano por conta do impacto da crise. A alavancagem também foi impactada pelo efeito da pandemia, mas melhorou em relação ao trimestre anterior para 0.9x Dívida Líquida / EBITDA. A RD espera que os níveis de ciclo de caixa e alavancagem normalizem até o 1T21.

Esperamos uma reação positiva do mercado, por conta da aceleração do ritmo de vendas, com vendas no conceito mesmas lojas alcançando patamares positivos, mesmo com uma base de comparação difícil (vendas mesmas lojas maduras em +7.7% no 3T19). Além disso, acreditamos que o mercado receberá bem o desempenho sólido digital, pois não perdeu tanta participação em relação ao segundo trimestre, quando as restrições e a pandemia estavam no auge. Entretanto, mantemos nossa recomendação de Neutro para a ação e preço-alvo de R$22,4/ação para o final de 2020.

 

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista.FaleComEspecialista

 

RAIA DROGASIL ON (BOV:RADL3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos RAIA DROGASIL ON.
RAIA DROGASIL ON (BOV:RADL3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2020 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos RAIA DROGASIL ON.