Bradespar, holding que detém participação na Vale, registrou lucro líquido de R$ 796,608 mi no terceiro trimestre de 2020, o que representa um aumento de 120,4% ante igual período do ano passado. No acumulado deste ano, a empresa apresentou lucro líquido de R$ 1,141 bilhão, contra um prejuízo de R$ 15,234 milhões de igual período do ano passado.

Os resultados da Bradespar (BOV:BRAP3) (BOV:BRAP4) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 12/11/2020.

Nos comentários do resultado deste trimestre, a Bradespar destaca que esse é o maior resultado em um terceiro trimestre da história da companhia, reflexo, principalmente, do desempenho da Vale o período.

→ A Bradespar é uma companhia de investimentos controlado pelo Bradesco e detém participação na Vale, atuando de forma direta na administração superior. A Bradespar possui R$ 17,3 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Outras informações do balanço

Como companhia de investimentos, a Bradespar tem sua receita operacional originada do resultado de equivalência patrimonial e juros sobre o capital próprio da mineradora Vale.

Entre julho e setembro a empresa registrou receita operacional de R$ 889,2 milhões, com expansão de 144,4% ante igual etapa de 2019. No acumulado dos primeiros nove meses do ano, a linha atingiu o montante de R$ 1,24 bilhão, receita negativa de R$ 14,709 milhões do ano anterior.

“O sólido desempenho da Vale é destaque no período, totalizando Ebitda de US$ 6,2 bilhões no trimestre, 73,6% superior ao registrado no segundo trimestre de 2020, sendo o maior resultado desde o quarto trimestre de 2013, devido, principalmente,ao aumento de 26% dos preços realizados de minério de ferro e pelo aumento de 20% no volume de vendas do insumo no trimestre”, destaca.

No terceiro trimestre, o resultado financeiro da Bradespar atingiu o valor positivo de R$ 986 mil e, no acumulado dos primeiros nove meses do ano, R$ 4,2 milhões, decorrentes de aplicações financeiras e atualização monetária sobre Impostos a Recuperar.

O resultado financeiro foi impactado com o resgate antecipado total da Terceira Emissão de Notas Promissórias no montante de R$ 2,458 bilhões e a amortização parcial antecipada da Sétima Emissão Pública de Debêntures Simples no montante de R$ 512,7 milhões, ocorrida em exercícios anteriores. Com isso, a dívida líquida da companhia é, atualmente, praticamente nula.

O Conselho de administração da Bradespar também aprovou a proposta da diretoria para pagamento de proventos no montante de R$ 675 milhões, sendo R$ 385 milhões em dividendos e R$ 290 milhões em juros sobre o capital próprio, com as ações sendo negociadas “ex-proventos” a partir desta quinta-feira (12).

VISÃO TÉCNICA


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Aprenda a analisar graficamente os seus ativos. Acesse: www.youtrade.pro.br

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações.
Clique e fale com o especialista da YouSave ou acesse www.yousave.com.br


FaleComEspecialista