O marketplace de venda de itens usados Enjoei.com registrou prejuízo líquido de R$ 8,147 milhões no terceiro trimestre de 2020, ante perdas de R$ 1,697 milhão no mesmo período de 2019. O montante é quase cinco vezes maior que o prejuízo apurado um ano antes, de R$ 1,69 milhão.

Os resultados do Enjoei (BOV:ENJU3), referente a suas operações do terceiro trimestre de 2020, foram divulgados no dia 16 de novembro.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) –  foi negativo em R$ 5,365 milhões entre julho e setembro, ante resultado negativo de R$ 170 mil um ano antes.

A receita líquida da companhia fechou o trimestre em R$ 22,378 milhões, crescimento de 52% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado financeiro foi negativo em R$ 1,060 milhão, ante despesas líquidas de R$ 111 mil no terceiro trimestre do ano passado.

Outras informações do balanço

A empresa, que estreou na B3 há uma semana. O desempenho foi afetado pelo aumento dos custos – que passaram de R$ 9,5 milhões a R$ 14,5 milhões – e das despesas operacionais, que somaram R$ 14,9 milhões, alta de 119%.

Segundo a companhia, há um grande volume de investimentos em marketing, e neste ano de 2020, houve um aumento de gastos com a mídia off-line, que em 9 meses somaram R$ 5,762 milhões.

O valor bruto de mercadorias vendidas (GMV, na sigla em inglês) chegou a R$ 136,4 milhões no terceiro trimestre deste ano, um avanço de 88,7% em relação ao mesmo período de 2019.

Segundo o Enjoei, a greve dos Correios afetou de forma moderada a atividade dos usuários da segunda semana de agosto até a segunda semana de setembro, tendo um efeito negativo de R$ 5 milhões nas vendas brutas. A greve também adiou o faturamento no período, devido ao aumento dos prazos de entrega, provocando um descasamento entre os resultados, o que deve se refletir no desempenho do quarto trimestre.

O resultado operacional da companhia foi negativo em R$ 7 milhões. No mesmo período de 2019, o prejuízo operacional era de R$ 1,59 milhão.

O Enjoei planeja, a partir do início de 2021, permitir que empresas vendam itens na sua plataforma. No relatório que acompanha o balanço do terceiro trimestre, a administração do Enjoei diz que está em conversas abertas com o mercado de moda e que, atualmente, 15 marcas estão em fase final de testes para vendas na plataforma.

O site foi criado para que pessoas físicas vendessem produtos. No terceiro trimestre, a companhia tinha 614 mil vendedores ativos e 660 mil compradores ativos.

Enjoei ON (BOV:ENJU3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos Enjoei ON.
Enjoei ON (BOV:ENJU3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2020 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos Enjoei ON.