Biomm assinou um acordo exclusivo com a Bio-Thera de distribuição do medicamento bevacizumabe, voltado para o tratamento de diversos tipos de câncer.

O Fato Relevante foi divulgado pela empresa (BOV:BIOM3) na manhã desta quinta-feira (17).

De acordo com a empresa, o remédio trata câncer colorretal, de pulmão, mama, rins, entre outros e está em linha com a estratégia da companhia de incorporar outros medicamentos biotecnológicos e oncológicos ao seu portfólio.

A importação, comercialização e distribuição do medicamento no Brasil estarão sujeitas, ainda, à obtenção do registro perante a ANVISA e à publicação do preço pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos – CMED.

Em novembro, a Biomm anunciou a assinatura de um acordo com a indiana Enzene Biosciences para comercializar no Brasil, com exclusividade, o medicamento biossimilar teriparatida, indicado para o tratamento de osteoporose.

Prejuízo no 3T20

A Biomm registrou um prejuízo líquido de R$ 12,3 milhões no terceiro trimestre de 2020, queda de 15,9% na comparação com igual período do ano passado. De acordo com a empresa, o resultado foi impactado pela desvalorização cambial. No ano, o prejuízo totalizou R$ 46,1 milhões, contra prejuízo de R$ 43,8 milhões do mesmo período de 2019

BIOMM ON (BOV:BIOM3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos BIOMM ON.
BIOMM ON (BOV:BIOM3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos BIOMM ON.