A CVC Brasil comunicou que irá descontinuar as operações de sua subsidiária Almundo no México e na Colômbia, que atuam exclusivamente no segmento online, citando baixo volume de vendas e efeito da pandemia da Covid-19.

O comunicado foi enviado ao mercado pela empresa (BOV:CVCB3) na manhã desta sexta-feira (18).

Os impactos nos resultados para a conclusão deste processo, de acordo com a operadora de turismo, serão principalmente 23 milhões de reais em impairment de ativos locais, e 3 milhões de reais em despesas legais, indenizações e outras.

De acordo com o comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as operações da Almundo no Brasil serão transferidas para o Submarino Viagens, uma vez que a empresa procura sinergias administrativas, tecnológicas e comerciais.

“Estimamos que a implementação dessas ações seja concluída no primeiro trimestre de 2021”, acrescentou.

Prejuízo líquido de R$ 172,2 milhões, nos resultados 3T20

A CVC tem prejuízo líquido das operações no Brasil de R$ 172,2 milhões no 3º trimestre deste ano, frente a um lucro líquido de R$ 5,5 milhões no 3 trimestre de 2019 pro forma, fortemente impactado pela queda na receita líquida decorrente da pandemia de covid-19.

A receita líquida das operações do Brasil caiu 85,7% no 3 trimestre de 2020 em comparação ao 3º trimestre de 2019 pro forma, totalizando R$ 56,9 milhões em linha com a queda das reservas totais. O take-rate (margem) consolidado se manteve estável comparado ao 3 trimestre de 2019 pro forma.

CVC BRASIL ON (BOV:CVCB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2021 até Set 2021 Click aqui para mais gráficos CVC BRASIL ON.
CVC BRASIL ON (BOV:CVCB3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Set 2020 até Set 2021 Click aqui para mais gráficos CVC BRASIL ON.