A Copel informou que fechou contrato de compra e venda de ações da Copel Telecom.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:CPLE3) (BOV:CPLE5) (BOV:CPLE6) nesta quinta-feira (14). Confira o comunicado na íntegra.

O contrato foi celebrado com a Bordeaux Participações S.A., sociedade do grupo econômico do Bordeaux Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, vencedor do certame licitatório.

Assim, 100% das ações de emissão da Copel Telecomunicações serão alienadas.

A conclusão da operação de alienação está sujeita ao cumprimento das condições definidas no edital e no CCVA, inclusive às aprovações do Cade (Conselho Administrativo de  Defesa Econômica) e da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

A Copel – Companhia Paranaense de Energia – gera, transmite, distribui e comercializa energia, e também no segmento de telecomunicações. A empresa é uma das maiores companhias elétricas do Brasil. Veja a análise completa com informações exclusivas!

Lucro líquido de R$ 685 milhões, alta de 19,8%

Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 685 milhões no terceiro trimestre, alta de 19,8% na comparação anual. 

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – atingiu R$ 1,134 bilhão, 11,1% menor que os R$ 1,2 bilhão registrado no 3T19. Esse resultado é reflexo, basicamente, da variação de R$ 280 milhões em provisões e reversões, decorrente do aumento nas provisões de litígios e da reversão de impairment dos ativos eólicos ocorrida no 3T19.