Estamos bem preparados fisicamente, graças a Deus, mas a B3 é onze contra onze, uma caixinha de cerveja, uma faca de dois legumes, se Deus quiser, Graças a Deus, respeitando o adversário, se Deus quiser, vamos dar um bom espetáculo pros investidores que vieram nos prestigiar.

11 ações novatas e IPOs para você diversificar seu jogo

Como vocês gostaram, aqui vai outro conteúdo sobre novatas na B3. Vamos falar a respeito de 11 empresas que já estão aí ou devem abrir o capital em 2021. Bem-vindos à Copa ADVFN de Investimento Júnior!

Vamos começar com duas empresas que, em um campeonato de futebol, estariam na Zona de Rebaixamento. Sua IPO não foi bem, os números pioraram depois e agora lutam para melhorar. Como em um time de futebol, é hora de mudar jogadores, tentar novas estratégias, quem sabe mudar o técnico. Só não dá para torcer contra quem está logo acima de você na tabela.

Vamos ver se é hora da torcida investidora apoiar?

Primeira empresa do Z2 ADVFN:

Moura Dubeux (BOV:MDNE3)

Sabe aquele time que começa mal, mas engrena da metade do campeonato para frente? Esse parece ser o caso da construtora Moura Dubeux. Fez sua IPO em fevereiro de 2020 e, até meados de dezembro, o valor de suas ações despencou mais de 39%. No mesmo dezembro, bancos como o Itaú e o Credit Suisse passaram a elogiar a empresa e seus números, com o veredicto: tá barato.

Para melhorar no campeonato, a Moura Dubeux conta com uma dupla de atacantes imbatível: Praia e Nordeste. Segundo a empresa, um condomínio anunciado dia 3 de setembro na praia de Boa Viagem teve todas suas cotas adquiridas em menos de uma semana. A empresa também se envolve em projetos desafiadores, como a restauração da Igreja Matriz de São José, no Recife, com uma das maiores áreas de telhado colonial restantes em Pernambuco.

Segunda empresa do Z2… Enjoei

Não, gente, não é nada disso. Nós não estamos dizendo que vamos parar de falar do conteúdo. Enjoei (BOV:ENJU3) é a segunda empresa no fim da tabela.

O brechó on-line parece ter futuro, uma vez que fundos de investimentos estão colocando um bom dinheiro na empresa. Somente a SPX Investimentos aumentou, em dezembro, sua participação na companhia para mais de 5%. Aliás, na IPO da empresa houve mais interesse de fundos do que de investidores físicos. O dinheiro levantado na abertura será usado para a expansão da base de usuários, principalmente de conhecidos da internet, e o desenvolvimento de soluções fintech. Para 2021, a companhia passará a vender também produtos novos de empresas.

Agora, vamos para outras companhias que também abriram seu capital em 2020 e prometem. Primeiro, o esquema tático. Se em 2020 o professor só falou em varejo, para 2021 é hora de reforçar a tradicional construção civil e o novo setor de tecnologia. Vamos começar por ele.

Neogrid (BOV:NGRD3)

O setor de tecnologia promete ser um dos que mais vai crescer na B3. A Neogrid é um exemplo. A empresa de software promete usar o dinheiro da IPO para aquisições.

Track & Field (BOV:TFCO4)

A única empresa que optou por não entrar no Novo Mercado. A Track & Field tem uma interessante estratégia de canais de venda: forte presença on-line e uma franquia com mais de 200 lojas. A companhia deve crescer enquanto a vacina não vem para todos. Sim, crescer mesmo com academias, parques e praias fechadas pela pandemia. Afinal, tem coisa mais confortável para usar em casa do que moletom de ginástica? Enquanto as maratonas de verdade não voltam, a Track & Field vai ganhando com maratona de Netflix mesmo.

A seguir, a marca que você mais quer ver quando está atrasado para um compromisso e não encontra vaga de jeito nenhum:

Allpark (BOV:ALPK3)

Dona da marca Estapar, a maior empresa de estacionamento da América Latina se prepara para a mudança na frota nacional. Uniu-se à Enel (ELPL3) para construir 250 estações de recarga para carros elétricos. As tomadas serão espalhadas em 23 cidades do Sul, Sudeste, Nordeste e Distrito Federal.

Alphaville (BOV:AVLL3)

No começo do ano de 2020, a Alphaville Urbanisno pegou uma flor e começou um bem me quer, mal me quer diferente: protocola a IPO, cancela, protocola, cancela. A última pétala foi “protocola” e, no apagar das luzes de 2020, ela entrou na Bolsa. E o dezembro da empresa foi gordo. Dia 5 lançou seu novo empreendimento em Sorocaba, o Nova Esplanada. Em pouco tempo, 40% das unidades estavam vendidas. Estreou na Bolsa dia 11, com seus papéis subindo 1,7%.

Agora, os reforços do time. Cinco IPOs interessantes que podem ocorrer em 2021:

Iguá Saneamento

Essa aprendeu com a Alphaville o jogo do protocola-cancela-protocola-cancela, mas agora parece que tem tudo para ser a primeira empresa totalmente privada de saneamento… tá, a gente pausa para você fazer piada com “privada de saneamento”. Pronto? Parou de rir? Vamos em frente. Ela está hoje em São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Alagoas. A maior parte do dinheiro arrecadado deverá ir para seus planos de expansão e reforço de capital. Afinal, sem capital a empresa entra pelo cano.

Mosaico

Dona dessas marcas:

  • Zoom
  • Buscapé
  • QueBarato!
  • Bondfaro

A empresa quer usar o dinheiro da IPO para ampliar sua participação no comércio eletrônico local e em novas tecnologias, seja desenvolvendo, seja comprando quem desenvolve.

MPM Corpóreos

Mais uma empresa única que quer entrar na B3. O que ela faz?

Certo, vamos ser justos. A MPM – ou, como é mais conhecida, Espaçolaser – faz depilações a laser. Mesmo com a pandemia, a empresa passou 2020 investindo. Importou equipamento próprio para depilar melhor a pele negra, passou a patrocinar o surfista Gabriel Medina. Além de um mercado único, parte do dinheiro que ela levantar na IPO também terá um destino único. A Espaçolaser quer comprar alguns franqueados, transformando as lojas em próprias.

Boa Safra

Outra empresa diferente que pode ir para seu portfólio. A Boa Safra produz sementes de milho, soja e feijão, e pretende usar metade dos recursos da abertura de capital para reforçar seu capital de giro, e a outra metade em “aquisições estratégicas”. Dá para saber até onde será essa estratégia. 21% das sementes de milho, soja e feijão vendidas em Minas Gerais são da Boa Safra. No Mato Grosso do Sul, menos de um por cento. No Paraná, zero. Vazio. Nada. Necas de pitibiriba. Ou seja, espaço para crescer não falta.

E, finalmente, para fechar o time, a última. Não, essa empresa é a última mesmo.

Administradora de Cemitérios Cortel

Essa empresa gerencia últimas moradas em São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas e, principalmente, Rio Grande do Sul, onde tem várias unidades, incluindo um crematório para bichinhos de estimação.

O prospecto da empresa é vago sobre o destino dos recursos levantados. Fala em capitalizar a companhia, mas sem detalhes.

Aí está nossa escalação, mostrando que existem cada vez mais empresas únicas e setores diferentes para você colocar seu dinheiro. Mas… ainda falta. Que empresa você colocaria no banco de reservas? Comenta aí que falta pouco para o árbitro apitar o início do jogo. E você já sabe, em caso de dúvida, consulte o VAR:

V – Visite

A – ADVFN

R – Regularmente

Gostou deste artigo? Aproveita para compartilhar o conteúdo com seus amigos e conferir o vídeo deste material, que está aqui embaixo ⇓. E lá não se esqueça de dar o seu “curtir” e se inscrever no canal, ativar o sininho e pronto: você passa a receber vídeo novo sempre em primeira mão!

Enjoei ON (BOV:ENJU3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos Enjoei ON.
Enjoei ON (BOV:ENJU3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2020 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos Enjoei ON.