A ENGIE Brasil teve lucro líquido de R$ 2,8 bilhões, alta de 21%, Ebitda de R$ 6,48 bilhões, alta de 25,7% e receita líquida de R$ 12,26 bilhões, alta de 25%.

Os resultados da Engie (BOV:EGIE3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

De acordo com o presidente da EBE, Eduardo Sattamini, a solução da repactuação do risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e a incorporação da Transportadora Associada de Gás (TAG) ajudaram os resultados num ano que foi impactado pela crise causada pela pandemia de covid-19.

“O resultado da TAG foi melhor do que esperávamos em 2020, em função da baixa taxa de juros”, afirmou o executivo.

Ao todo, a TAG contribuiu com R$ 420 milhões no lucro líquido total do grupo ao longo do ano. Já a repactuação da questão do risco hidrológico teve um impacto de R$ 967,7 milhões nos resultados do grupo.

4T20

A Engie Brasil Energia registrou lucro líquido de R$ 1,029 bilhão de reais no quarto trimestre de 2020, alta de 66,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado supera com folga a projeção de analistas consultados pela Refinitiv.

O Ebitda avançou 73,7% no último trimestre de 2020, para R$ 2,28 bilhões. O desempenho foi superior à previsão de analistas, de R$ 1,33 bilhão. A receita operacional líquida avançou 34,9% no período, para R$ 3,77 bilhões, enquanto a dívida líquida subiu 15,6%, para R$ 11,78 bilhões.

Somente no quarto trimestre do ano o lucro da companhia somou R$ 1 bilhão, alta de 66,7% na comparação com os últimos três meses de 2019. Já a receita entre outubro e dezembro somou R$ 3,76 bilhões, alta de 34,9% na comparação anual.

Teleconferência

De acordo com Sattamini, a solução da repactuação do risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês), assim como a incorporação da Transportadora Associada de Gás (TAG), ajudaram os resultados da Engie ao longo do ano. “O resultado da TAG foi melhor do que esperávamos no ano, em função da baixa taxa de juros”, afirmou o executivo.

Apesar das boas perspectivas para o ano, a ENGIE Brasil vê com preocupação os possíveis impactos que o cenário de baixo volume de chuvas em 2021 pode trazer para o setor elétrico. Sattamini ressalta que o mercado já mostra recuperação da queda de demanda observada em meio à pandemia, mas o cenário hidrológico gera preocupações.

“Estamos em um ano hidrológico mais fraco e isso vai gerar efeitos nocivos à indústria em geral. Estamos buscando hedges e proteções contra essa situação. Vai ser um ano bastante difícil para o setor elétrico”, disse o executivo.

Segundo Sattamini, não há risco de racionamento de energia, mas deve haver necessidade de aumentar a geração em usinas termelétricas para compensar a menor geração hidrelétrica. A Engie é hoje a maior geradora privada de energia do país, com mais de 10,5 mil megawatts (MW) de capacidade instalada, dos quais mais de 80% estão em usinas hidrelétricas.

Após decisões recentes de reter parte dos lucros, a elétrica Engie Brasil Energia possui cerca de R$ 1,7 bilhão em reservas, que em tese poderiam ser distribuídas aos acionistas a qualquer momento, a critério da companhia, disse nesta sexta-feira o diretor financeiro, Marcelo Malta.

Esses recursos, no entanto, devem ser preferencialmente utilizados para novos empreendimentos ou aquisições, disse o presidente da elétrica, Eduardo Sattamini.

“À medida que nós não tenhamos projetos, ou que estejamos com endividamento muito baixo, é possível que a gente avalie sim uma distribuição adicional de dividendo… mas mantemos sempre o que chamamos de ‘hedge room’, um espaço para que a gente possa tomar decisões rápidas de investimento e volume”, explicou ele, durante teleconferência com investidores e analistas.

“Não tivemos ainda situações onde não tivemos oportunidades… a gente vive um momento de oportunidades”, acrescentou ele.

“Enquanto encontrarmos oportunidades de gerar valor para nossos acionistas… vamos continuar investindo, e aí a possibilidade de dividendo extraordinário é pequena… não é previsto isso por enquanto.”

Dividendos de R$ 609,6 milhões

O conselho de administração da Engie Brasil Energia aprovou pagamento de dividendos de R$ 0,747 por ação, num valor total de R$ 609,6 milhões.

A proposta ainda precisa ser ratificada pela assembleia geral ordinária. Com isto, ao todo, a companhia vai pagar R$ 2,016 bilhões, ou R$ 2,4717 por ação, em proventos relativos ao ano de 2020. O montante equivale a todo o lucro líquido ajustado da empresa no ano, desconsiderando os valores relativos à repactuação do risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês).

Durante o primeiro semestre, a empresa optou por não distribuir parte dos lucros, em meio às incertezas causadas pela pandemia.

Investimentos 2021

A ENGIE Brasil vai investir R$ 3,5 bilhões ao longo do ano de 2021. Até 2023, o plano é investir cerca de R$ 6 bilhões.

A estratégia do grupo no Brasil é crescer nos setores de energia renováveis e infraestrutura.

“Dentro desses valores estão novas linhas de transmissão ou projetos de energia eólica e solar, por exemplo”, disse o presidente da EBE, Eduardo Sattamini.

O grupo também tem interesse na licitação do projeto da hidrelétrica Foz do Areia, da Copel, no Paraná. A usina deve ter o controle privatizado para a extensão do contrato de concessão, que atualmente se encerra em 2023.

VISÃO DO MERCADO

XP Investimentos 

Segundo a XP Investimentos, a Engie Brasil reportou lucro muito acima da estimativa de R$ 426,7 milhões da corretora. “A diferença pode ser explicada por um efeitos não recorrentes positivos (mas sem efeito caixa) de R$ 868,9 milhões, resultado de: (i) ganho de R$ 967,7 milhões relativo à recuperação de custos de energia em decorrência da repactuação do risco hidrológico, como previsto na Lei 14.052/2020; e (ii) efeito negativo de R$ (98,8) milhões oriundo de impairment (baixa de ativos)” diz a XP.
XP Investimentos mantém recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 44,00.

Pensando em investir na ENGIE Brasil?

A ENGIE Brasil é a maior produtora privada de energia elétrica do Brasil, com capacidade instalada própria de 10.211MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. A empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE é agora também detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, que atravessam 10 estados e 191 municípios.
Além disso, o Grupo atua no Brasil na comercialização de energia no mercado livre e está entre as maiores empresas em geração fotovoltaica distribuída. A empresa possui ainda um portfólio completo em soluções integradas responsáveis em reduzir custos e melhorar infraestruturas para empresas e cidades, como eficiência energética, monitoramento e gerenciamento de energia, gestão de contratos de fornecimento de eletricidade, iluminação pública, sistemas de HVAC, telecomunicação, segurança e mobilidade urbana.

→ A Engie é uma geradora privada de energia no Brasil. A empresa possui valor de mercado de R$ 37,5 bilhões. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

Governança Corporativa

A ENGIE é listada no Novo Mercado na Bolsa de Valores Brasileira (B3).

Composição Acionária

Acionistas Qtd. de Ações %
ENGIE Brasil Participações Ltda. 560.640.791 68,71
Banco Clássico S.A 80.464.085 9,86
Outros 174.822.864 21,43
TOTAL 815.927.740 100,00

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações da Engie oscilaram entre a mínima de R$ 35,56 e a máxima de R$ 52,14. No último pregão antes da divulgação do resultado do 4T20, a empresa fechou em alta de 1,6%, negociada a R$ 45,82. No pregão seguinte a divulgação do resultado, as ações fecharam em alta de 0,17%, negociada a R$ 45,90.

Confira o histórico da Engie (EGIE3)

Período Abertura Máxima Mínima Preço Médio Vol Médio Variação Variação %
1 Semana 45,30 46,60 44,35 45,21 1.353.440 0,60 1,32%
1 Mês 45,00 46,60 42,60 44,30 1.418.142 0,90 2,0%
3 Meses 43,89 46,60 42,34 43,78 1.616.522 2,01 4,58%
6 Meses 44,91 46,60 39,47 43,01 1.623.318 0,99 2,2%
1 Ano 51,07 52,14 35,56 42,93 1.869.069 -5,17 -10,12%
3 Anos 28,16 54,33 26,52 40,92 1.443.748 17,74 63,0%
5 Anos 33,112 54,33 24,24 38,16 1.238.930 12,79 38,62%
* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters
ENGIE BRASIL ON (BOV:EGIE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2021 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos ENGIE BRASIL ON.
ENGIE BRASIL ON (BOV:EGIE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2020 até Ago 2021 Click aqui para mais gráficos ENGIE BRASIL ON.