A Engie informa que o Parque Eólico Campo Largo IX recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica para iniciar suas operações comerciais a partir desta data. Campo Largo IX conta com capacidade instalada de 25,2 MW e faz parte do Conjunto Eólico Campo Largo II, formado por um conjunto de empreendimentos de geração eólica, com capacidade instalada total de 361,2 MW, com energia totalmente direcionada para o Ambiente de Contratação Livre (ACL).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:EGIE3), nesta terça-feira (23). Confira o comunicado na íntegra.

O Conjunto Eólico Campo Largo II está localizado no Município de Umburanas, a aproximadamente 420 km da Cidade de Salvador, no Estado da Bahia, mesma região onde a Companhia já opera comercialmente os Conjuntos Eólicos Campo Largo e Umburanas (686,7 MW de capacidade instalada), beneficiando-se da sinergia das estruturas existentes, como a subestação e a linha de transmissão.

Ao final da implantação da segunda fase de Campo Largo, prevista para ser finalizada no terceiro trimestre de 2021, a capacidade instalada de energia eólica da ENGIE Brasil Energia ultrapassará a marca de 1 gigawatt (GW) na região.

“O início da operação comercial de Campo Largo IX, em meio à pandemia da Covid-19, reforça a capacidade de execução do nosso time e o avanço de nossa estratégia de acelerar a transição para um mundo neutro em carbono”, comentou o Diretor-Presidente da Companhia, Eduardo Sattamini.

Os resultados da Engie (BOV:EGIE3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Lucro líquido de R$ 2,797 bilhões em 2020, alta de 21%, somando R$ 1 bilhão apenas no 4T20

 ENGIE Brasil teve lucro líquido de R$ 2,8 bilhões, alta de 21%, Ebitda de R$ 6,48 bilhões, alta de 25,7% e receita líquida de R$ 12,26 bilhões, alta de 25%.

De acordo com o presidente da EBE, Eduardo Sattamini, a solução da repactuação do risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e a incorporação da Transportadora Associada de Gás (TAG) ajudaram os resultados num ano que foi impactado pela crise causada pela pandemia de covid-19.

“O resultado da TAG foi melhor do que esperávamos em 2020, em função da baixa taxa de juros”, afirmou o executivo.

Ao todo, a TAG contribuiu com R$ 420 milhões no lucro líquido total do grupo ao longo do ano. Já a repactuação da questão do risco hidrológico teve um impacto de R$ 967,7 milhões nos resultados do grupo.

4T20

A Engie Brasil Energia registrou lucro líquido de R$ 1,029 bilhão de reais no quarto trimestre de 2020, alta de 66,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado supera com folga a projeção de analistas consultados pela Refinitiv.

O Ebitda avançou 73,7% no último trimestre de 2020, para R$ 2,28 bilhões. O desempenho foi superior à previsão de analistas, de R$ 1,33 bilhão. A receita operacional líquida avançou 34,9% no período, para R$ 3,77 bilhões, enquanto a dívida líquida subiu 15,6%, para R$ 11,78 bilhões.

Somente no quarto trimestre do ano o lucro da companhia somou R$ 1 bilhão, alta de 66,7% na comparação com os últimos três meses de 2019. Já a receita entre outubro e dezembro somou R$ 3,76 bilhões, alta de 34,9% na comparação anual.