Moura Dubeux não conseguiu sair do vermelho e agravou o prejuízo, que passou de R$ 99,1 milhões em 2019 para R$ 104,4 milhões em 2020.

Os resultados da Moura Dubeux (BOV:MDNE3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/03/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A receita líquida registou o montante de R$ 513,3 milhões, alta de 25,9% em relação ao ano anterior. O Ebitda ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – caiu pela metade e somou R$ 57,5 milhões.

No acumulado do ano, foram dez novos empreendimentos, com VGV de R$ 791 milhões. O valor é 107,1% maior do que os R$ 382 milhões de 2019, referentes a quatro lançamentos. Em 2020 foram R$ 779 milhões em vendas, contra R$  762 milhões em 2019 (mais 2,2%). 

“Destacamos a repetição de resultados acima de R$ 300 milhões nos dois últimos trimestres, o que corrobora o bom desempenho da companhia e mostra o dinamismo do mercado imobiliário do Nordeste”, salienta Diego Villar, CEO da Moura Dubeux. A expansão pequena no acumulado de 2020 retrata a gravidade da crise provocada pela Covid-19 no primeiro semestre, mas realça a expressiva recuperação nos últimos seis meses, quando foi consistente a retomada dos lançamentos. 

Com lucro líquido de R$ 9 milhões nos últimos três meses do ano passado, a empresa apresentou resultado positivo por dois semestres consecutivos.

“Ênfase, também, para o fato de termos alcançado R$ 49 milhões de geração de caixa no período, que, somados aos R$ 65 milhões do terceiro semestre, chegam a R$ 114 milhões”, ressalta Diego Villar.

O CEO menciona, considerando o ritmo de crescimento do mercado do Nordeste no segundo semestre de 2020, que as vendas poderão superar a marca de um bilhão de reais em 2021. “Ritmo de nossos lançamentos deverá seguir em ascensão”.

4T20

A Moura Dubeux encerrou o quarto trimestre do ano passado com lucro líquido total de R$ 8,6 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 31,1 milhões reportados nos últimos três meses de 2019.

O Ebitda ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – apresentou leve alta de 1% no trimestre e fechou em R$ 18,6 milhões. A margem Ebitda ajustada caiu 9,3 pontos percentuais no período, para 9,8%.

“Ênfase, também, para o fato de termos alcançado R$ 49 milhões de geração de caixa no período, que, somados aos R$ 65 milhões do terceiro semestre, chegam a R$ 114 milhões”, ressalta Diego Villar.

A Moura Dubeux, maior incorporadora da região, conforme seu balanço consolidado, apresentado nesta quinta-feira, 11 de março, fez seis lançamentos no quarto trimestre de 2020, com valor geral de vendas (VGV) de R$ 516 milhões, representando crescimento de 517,1% sobre os R$ 84 milhões de igual período de 2019 (um lançamento) e 87,8% na comparação com os três meses imediatamente anteriores (R$ 275 milhões, relativos a quatro projetos).

A receita líquida trimestral da Moura Dubeux disparou 96,9%, para R$ 190,3 milhões, impulsionada pelo aumento das vendas.

As vendas aumentaram 49,8% ante o quarto trimestre do ano anterior, passando de R$ 204 milhões para R$ 305 milhões, e 0,2% em relação aos três meses anteriores, quando foram de R$ 304 milhões.

 

Pensando em investir na Moura Dubeux?

Empresa é uma construtora que atua na compra e venda de imóveis, locação, desmembramento ou loteamento de terrenos, incorporação imobiliária ou construção de imóveis destinados à venda, participação em outras sociedades.

→ A Moura Dubeux é uma construtora e incorporadora com foco no Nordeste, atuando há mais de 30 anos na região com valor de mercado de R$ 776 milhões. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

Governança Corporativa

A Companhia celebrou em 10 de fevereiro de 2020 (IPO), o Contrato de Participação no Novo Mercado na B3.

Composição Acionária

Acionistas Quantidade de Ações (Unid.) %
Controladores(1) 28.053.682 33,04%
Diretoria 288.098 0,34%
Conselho de Administração 10.000 0,01%
Safra   8.255.600 9,72%
Navi   7.632.000 8,99%
Fourth Sail  6.571.700 7,74%
Sul America     4.847.600 5,71%
Outros Acionistas   29.250.695 34,45%
Total 84.909.375 100,00%

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações da Moura Dubeux oscilaram entre a mínima de R$ 3,68 e a máxima de R$ 13,18. No último pregão antes da divulgação do resultado do 4T20, a empresa fechou em alta de 4,79%, negociada a R$ 9,41.

Confira o histórico da Moura Dubeux (MDNE3)

Período Abertura Máxima Mínima Preço Médio Vol Méd. Variação Variação %
1 Semana 9,44 9,89 8,65 9,21 287.360 -0,03 -0,32%
1 Mês 10,19 10,64 8,50 9,70 288.767 -0,78 -7,65%
3 Meses 11,43 11,89 8,50 10,22 325.098 -2,02 -17,67%
6 Meses 8,81 12,11 8,08 10,29 343.426 0,60 6,81%
1 Ano 13,18 13,18 3,68 8,84 499.303 -3,77 -28,6%
3 Anos 15,80 18,65 3,68 9,96 550.006 -6,39 -40,44%
5 Anos 15,80 18,65 3,68 9,96 550.006 -6,39 -40,44%
* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters
MOURA DUBEAUX ON (BOV:MDNE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos MOURA DUBEAUX ON.
MOURA DUBEAUX ON (BOV:MDNE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos MOURA DUBEAUX ON.