A Hidrovias do Brasil teve prejuízo de R$ 105,54 milhões em 2020, revertendo lucro de R$ 58,6 milhões em 2019.

Os resultados da Hidrovias do Brasil (BOV:HBSA3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 15/03/2021.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A Hidrovias do Brasil registrou receita líquida em 2020 de R$ 1,46 bilhão, em alta de 56,0% sobre a receita da companhia em 2019, de R$ 937,9 milhões.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 2020 ficou em R$ 426,4 milhões, em queda de 5,1% ante o Ebitda de R$ 449,3 milhões em 2019.

VISÃO DO MERCADO

Credit Suisse

Para o Credit Suisse, os resultados específicos do quarto trimestre mostraram um crescimento anual ainda maior do que o estimado, principalmente por : (1) crescimento de 30% no corredor norte; e (2) crescimento do Ebitda de cerca de 52% no Corredor Sul, devido a depreciação do real.

Os resultados, apontam, mostram não só ganhos de participação no Corredor Sul, mas também entre os players do Arco Norte (47% de market share no porto de Bacarena em 2020, alta de 10 pontos percentuais versus. 2019). A empresa encerrou 2020 com mais de R$ 1 bilhão em caixa e sem vencimentos relevantes até 2024. Em fevereiro, a Hidrovias reestruturou sua divida, estendendo vencimentos de dívida de 4 para 10 anos, enquanto reduziu o custo em 100 pontos-base, aumentando ainda mais a liquidez. A dívida líquida foi reduzida em 0,6 vezes, a 4,3 vezes o Ebitda.

Credit Suisse tem recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 9,50.

Hidrovias DO Brasil ON (BOV:HBSA3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Hidrovias DO Brasil ON.
Hidrovias DO Brasil ON (BOV:HBSA3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Hidrovias DO Brasil ON.