A Even registrou lucro líquido em 2020, antes do impacto contábil da descontinuidade da operação de negócio do Rio de Janeiro, de R$ 215 milhões, representando um crescimento de 80% versus 2019.

Os resultados da Even (BOV:EVEN3) referentes suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 18/03/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A receita líquida caiu 5,12%, indo a R$ 455 milhões. Por outro lado, o Ebitda, que mede o resultado operacional, disparou 239% para R$ 133 milhões. A margem Ebitda pulou de 8,3% para 29,4%.

Em 2020, foram lançados 13 empreendimentos, somando R$ 1,4 bilhão.

“Ressaltando que os lançamentos em São Paulo foram retomados no 3T20, após percebermos a retomada de confiança do consumidor com a flexibilização das regras de confinamento provocados pela pandemia do Covid-19”, afirmou.

4T20

A construtora Even registrou prejuízo líquido de R$ 89,273 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo o lucro de R$ 30,580 milhões no mesmo período do ano anterior.

Desconsiderando o efeito da descontinuidade da operação da unidade de negócio do Rio de Janeiro, o resultado líquido do trimestre seria R$ 111 milhões.

A companhia somou Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de R$ 133,830 milhões, com crescimento de 3,36 vezes o indicador do mesmo intervalo de 2019.

A companhia realizou três lançamentos no trimestre, com valor geral de vendas (VGV) de R$ 482 milhões. No total, o VGV entregue foi de R$ 28,274 milhões, 24,8 vezes menor que no mesmo período de 2019.

As vendas contratadas somaram R$ 658,784 milhões no último trimestre de 2020, queda de 2,82% em relação ao mesmo intervalo de comparação. As vendas sobre ofertas (VSO) consolidadas foram de 26,6%, ante 22,7% no mesmo período de 2019.

Dividendos

A construtora e incorporadora anunciou que vai propor aos acionistas, na assembleia geral marcada para 28 de abril, o pagamento de R$ 116,8 milhões em dividendos, sem retenção de imposto de renda na fonte.

De acordo com a Even, o valor do dividendo corresponde a 100% do lucro líquido ajustado em 2020, no valor de R$ 14 milhões, mais a totalidade dos lucros decorrentes da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) e da reorganização societária da Melnick (MELK3), no valor de R$ 89 milhões e todo o saldo da reserva de retenção de lucros, que soma R$ 14 milhões.

Caso a proposta seja aprovada, terão direito ao dividendo aqueles com ações da Even na carteira em 28 de abril, com o pagamento sendo realizado até 28 de maio.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

O Bradesco BBI avalia que os resultados da Even indicam uma estratégia de sucesso em monetizar projetos para um equilíbrio maior. O banco diz que ainda busca uma visão mais clara sobre a estratégia de usar o excesso de caixa, que poderia ser devolvido aos acionistas como dividendos ou na aceleração das operações.

Bradesco BBI mantém recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 15,00.

Credit Suisse

A direção da Even compartilhou uma visão positiva sobre as conquistas de 2020, como a venda de estoques no Rio de Janeiro e também o projeto Fasano, reforçando a visão de que a empresa está bem estruturada para o ciclo que se aproxima, destacou o Credit Suisse, que acompanhou a teleconferência de resultados da Even.

“Embora os custos de construção pareçam estar ultrapassando o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), os aumentos de preços podem compensar esse efeito nas margens. Além disso, a empresa está otimista em relação ao conjunto de projetos para o ano, no entanto, é mais cética quanto ao lançamento em meio às restrições sociais”, diz o relatório.

Segundo o banco, o foco continua sendo em altos níveis de retorno e geração de caixa por meio de uma estrutura de capital enxuta.

A Even possui um cronograma de projetos bem estruturado para o ano em fases avançadas de aprovação. O lançamento desses empreendimentos deve atender à demanda e as restrições sociais impostas podem resultar em redução das vendas no curto prazo.

Apesar disso, a empresa espera realizar lançamentos em patamares semelhantes aos de 2019, está ansiosa para o ano e espera entregar um volume de vendas forte no primeiro trimestre.

Segundo o Credit Suisse, a Even deve continuar gerando caixa em 2021. Até o momento, no primeiro trimestre, os recursos da operação do Fasano adicionaram R$ 248 milhões ao caixa da empresa.

O Credit Suisse classificou os resultados da Even para o quarto trimestre como neutros e manteve a recomendação outperform da empresa, destacando que a empresa zerou sua exposição no Rio de Janeiro. O banco espera que a empresa gere dados mais fortes no futuro, e mantém preço-alvo de R$ 17,00

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters
EVEN ON (BOV:EVEN3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2022 até Mai 2022 Click aqui para mais gráficos EVEN ON.
EVEN ON (BOV:EVEN3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mai 2021 até Mai 2022 Click aqui para mais gráficos EVEN ON.