A Light (BOV:LIGT3) fará uma oferta pública de distribuição de 850 mil debêntures simples e não conversíveis em ações, da 22ª emissão, com valor nominal de R$ 1.000,00 no dia 15 de abril, perfazendo o montante total de, inicialmente, de R$ 850 milhões, sem considerar as debêntures adicionais.

O coordenador líder será o Banco Santander, tendo BTG, Itaú BBA e UBS BB como demais coordenadores.

A Light pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 13 de maio.

Lucro líquido de R$ 493 milhões em 2020, alta de 178%

A elétrica Light registrou lucro líquido de R$ 493 milhões em 2020, alta de 178% sobre 2019.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Em 2020, a receita líquida avançou 2,7%, para R$ 11,8 bilhões, e o Ebitda aumentou 28,3%, para R$ 2,2 bilhões.

4T20

A Light apresentou um lucro líquido recorrente de R$ 235 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo prejuízo de R$ 48 milhões no mesmo período do ano anterior, contando com a ajuda do reconhecimento de montantes de um acordo relacionado ao déficit hídrico com o governo.

Na unidade geradora de energia da Light, houve um aumento relevante no lucro, em razão do reconhecimento do registro do ativo intangível referente ao acordo, no valor de R$ 433,8 milhões.

LIGHT ON (BOV:LIGT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos LIGHT ON.
LIGHT ON (BOV:LIGT3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos LIGHT ON.