O secretário da Fazenda do governo de São Paulo, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira, 15, que o Estado pretende fazer a privatização da Emae ainda neste ano, deixando para 2022 a capitalização da Sabesp, um processo considerado mais complexo. “Temos a Emae, que tem a usina São Paulo, e que está sendo objeto de processo de privatização. Estamos na fase de seleção de consultores para fazer a privatização da Emae em 2021”, disse Meirelles durante live do Broadcast.

Por outro lado, o secretário informou que o governo ainda avalia se fará uma capitalização parcial (sem entrega do controle) ou total, o que corresponderia a uma privatização, da Sabesp (BOV:SBSP3).

“A privatização da Sabesp é um processo mais complexo… Em qualquer hipótese capitalização total ou parcial, veremos aporte de recursos substancial ao Estado”, assinalou Meirelles, acrescentando que o “mais provável” é que a operação da Sabesp seja efetivada em 2022.

VISÃO DO MERCADO

Credit Suisse 

De acordo com o Credit Suisse, a sinalização de Meirelles de que São Paulo continua analisando alternativas para a Sabesp, incluindo privatização, é positiva. Contudo, os analistas apontam que o mercado aguarda um cronograma para os estudos em andamento, detalhes sobre alternativas e prazos para decisão.

Guide Investimentos 

A expectativa do mercado não era que a capitalização da companhia acontecesse neste ano, em virtude do agravamento da pandemia e dificuldade da tramitação de pautas polemicas. Em todo caso, avaliamos que a privatização deva acontecer nos próximos anos, mas não descartamos uma nova postergação, visto que 2022 é um ano eleitoral e também de difícil aprovação de pautas complexas.

A Sabesp pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 13 de maio.

Lucro líquido de R$ 973,3 milhões em 2020, bem abaixo do lucro de R$ 3,36 bilhões do ano anterior

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registrou lucro líquido de R$ 973,3 milhões, queda de 71,1% sobre o lucro líquido de R$ 3,36 bilhões em 2019.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

No acumulado do ano de 2020, a receita operacional líquida da companhia foi de R$ 17,7 bilhões, queda de 1,0% sobre 2019.

Para 2020, o Ebitda ajustado da Sabesp alcançou R$ 6,42 bilhões, um recuo de 14,5% sobre um ano antes.

SABESP ON (BOV:SBSP3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2021 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos SABESP ON.
SABESP ON (BOV:SBSP3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2020 até Dez 2021 Click aqui para mais gráficos SABESP ON.