O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, reforçou que o governo está otimista de que a Medida Provisória que trata da capitalização da Eletrobras (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELET6) seja aprovada pelo Congresso Nacional até junho deste ano.

Albuquerque ressaltou que o texto proposto pelo Executivo foi elaborado em conjunto com as lideranças de partidos.

“A expectativa dita pelos próprios presidentes da Câmara e do Senado, é que nós tenhamos essa Medida Provisória transformada em lei em junho deste ano”, afirmou durante evento “Conexão Band News”.

O ministro voltou a falar que a capitalização é importante para que a empresa possa voltar a investir e se tornar mais competitiva no setor elétrico.

“Quando se fala em energia renovável, a Eletrobras é a maior empresa de energia renovável da América Latina e assim deve continuar assim”, afirmou.

Biocombustíveis

Questionado sobre mudanças na matriz energética, o ministro afirmou que biocombustível é uma pauta permanente do Estado brasileiro e que a transição energética começou há 50 anos, com o Proálcool (Programa Nacional do Álcool).

“A nossa política de transição energética, considera o biocombustível como elemento fundamental para transição e para que a gente possa atender não só a necessidade de combustível, mas também termos combustível sustentável, contribuindo para a descarbonização do mundo”, afirmou.

A empresa pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 12 de maio.

Lucro líquido de R$ 6,3 bilhões em 2020, queda de 43% influenciado pela variação cambial decorrente da pandemia

A Eletrobras registrou no consolidado do exercício de 2020 um lucro líquido de R$ 6,387 bilhões, 43% inferior aos R$ 11,133 bilhões obtidos no ano anterior. A companhia salienta que o lucro de 2019, é composto do resultado das operações continuadas de R$ 7,848 bilhões e de R$ 3,285 bilhões referente às operações descontinuadas (distribuição), com destaque para privatização da distribuidora Amazonas Energia. Com isso, pelo critério de operações continuadas, o lucro recuou 19%.

A Eletrobras registrou um lucro líquido de R$ 1,269 bilhão no quarto trimestre de 2020, queda de 44% na comparação com os R$ 2,273 bilhões apurados no mesmo intervalo de 2019, conforme valores reapresentados pela companhia seguindo orientação dos órgãos reguladores.

 Informações Broadcast