A CVC fechou a aquisição dos 39,94% restantes do capital das empresas Biblos e Avantrip, ambas sediadas na Argentina. A companhia já possuía 60,06%, e assim, passa a deter 100% das duas empresas.

Os valores da transição não foram revelados.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CVCB3) nesta sexta-feira (23), após o pregão. Veja o documento na íntegra!

Segundo a companhia, a operação é uma continuidade às ações de “priorização e fortalecimento de suas operações nos mercados considerados estratégicos e com relevância competitiva”.

Em nota, a CVC informou que a conclusão da aquisição não representou impactos relevantes em suas demonstrações financeiras.

A empresa pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 14 de maio.

Prejuízo líquido de R$ 1,2 bilhão atribuído aos controladores em 2020

A CVC Brasil registrou prejuízo líquido atribuído aos controladores de R$ 1,2 bilhão em 2020, ante perda de R$ 3 milhões em 2019.

receita líquida somou R$ 624,8 milhões no ano, recuo de 63% na comparação com o ano anterior.

No acumulado do ano, a empresa realizou o embarque de 5,9 milhões de pessoas, contra 12,6 milhões no ano de 2019, “mostrando o impacto causado pela pandemia da covid-19”, afirmou.